Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Uma loja dentro de um monumento histórico? Conheça a Coef Men Utrecht

21/09/2020

A marca Coef ganhou um novo espaço que não poderia ser mais interessante: dentro da residência mais antiga da cidade holandesa Utrecht, construída no século 12.

Drakenborch pode ser considerada a residência mais antiga da cidade de Utrecht, na Holanda, construída no século 12. Esse edifício e monumento nacional, que antes era a moradia da família Van Drakenborch, hoje é um espaço que abriga uma loja de roupas masculina da marca Coef.

O estúdio Carbon, em colaboração com a KUUB, ambos localizados em Amsterdam, foram os responsáveis pela revitalização e design de interiores do local, que, diga-se de passagem, possui várias limitações arquitetônica e histórias, deixando o projeto mais complexo e desafiador. Em contrapartida, estas mesmas limitações formaram o partido principal para este grande projeto de retail design.

Fachada da loja, onde era a antiga residência da familia van Drakenborch Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Fachada da loja, onde era a antiga residência da familia van Drakenborch Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Por ser um edifício histórico, era fundamental e obrigatório que as paredes e o teto fossem mantidas, por carregar resquicíos da história holandesa. Sendo assim, os arquitetos e designers decidiram usar expositores e mobiliários autossustentável, sem comprometer a estrutura do interior onde estão colocados. Estes expositores e móveis foram fabricados em estruturas metálicas, sustentados por uma malha também metálica sobreposta no chão da loja. Além de trazer estabilidade para todo o conjunto, essa malha oferece um toque de textura moderna, contrastando com o entorno antigo. Os detalhes dos móveis possuem um acabamento arredondado para combinar com a arquitetura de arcos do interior do edifício, e também quebram um pouco a rigidez e a industrialidade do metal para, ao mesmo tempo, combinar com os traços arredondados da arquitetura antiga.

Detalhes do mobiliário e expositores autosustentável de metal sobre uma malha metálida no chão. Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Detalhes do mobiliário e expositores autosustentável de metal sobre uma malha metálida no chão. Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Um conto medieval pintado nas paredes da antiga residência se desenrrola pelas paredes de um dos cômodos. Este, ganhando destaque para os clientes observarem e entrarem na história do edifício. O conto é parecido com o de Romeu e Julieta. As pinturas contam sobre a batalha entre duas famílias governantes (a Van Drakenborch e a Van Oudaen), que controlavam os lados de Oudegracht, rio que atravessa a cidade. A antiga residência que hoje virou a loja Coef possui uma vista para ele.

Cada detalhe deste cômodo é pensado para ressaltar essas pinturas na parede. A superfície do expositor central é espelhada justamente para refletir o conto no centro do espaço também.

Porão com teto arqueado de 5 metros destibnado especialmenbte a exposição de sneakers. Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Porão com teto arqueado de 5 metros destibnado especialmenbte a exposição de sneakers. Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Para os fãs de sneakers, o porão com o teto arqueado de cinco metros de altura é dedicado somente a este produto. Espelhos, vidros, azulejos brancos e linhas de luz foram utilizadas para melhorar a falta de iluminação natural que o espaço possui. Luminárias redondas inspiradas em tradicionais luminárias de rua, trazem um toque de aconchego para o ambiente.

A Europa parece ser especialista quando se trata de revitalizar lugares antigos, presenvando-os, ressaltando-os e dando a volta por cima, oferecendo um novo sentido e função a eles. É incrível ver que cada cantinho com tanta história passa a adaptar-se para uma realidade atual, sem destruir a história e a arquitetura do passado.

O novo mescla-se com o antigo em perfeita harmonia. E a loja da Coef, projetada por KUUB e Carbon Studio é um grande exemplo disso. Os dois estúdios em colaboração conseguem manter o look&feel e a história dessa antiga residência holandesa do século 12, trazendo também códigos atuais e mesclando com soluções funcionais para a venda da marca.

Gostou de saber um pouco mais dessa arquitetura que preserva os lugares antigos? Então continue conosco e conheça os mistérios da arquitetura e a história do Monastério de Montserrat!

Foto de destaque: Parede pintada com conto medieval sobre as famílias Van Drakenborch e Van Oudaen é ressaltada, fazendo parte da decoração da loja Foto: Maarten Willemstein/ Cortesia Carbon Studio

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *