Menu
Projetos e Obras
Busca

As lastras são opções modernas e sustentáveis de revestimento de mármore (Foto: Portobello S.A.)

Portobello Matérias

Revestimento de mármore: o potencial de uso das lastras como superfícies

11/01/2021

Entenda o que são as lastras, como usá-las quando elas interpretam revestimento de mármore e quais são as vantagens que oferecem para os seus projetos!

Não é de hoje que o mármore é o clássico da arquitetura. Sabemos que desde os tempos da Grécia Antiga, exploramos esse material para diferentes aplicações. Porém, com as inovações tecnológicas e práticas da sustentáveis em todo o mundo, o revestimento de mármore passa por transformações.

Atualmente, as opções mais sustentáveis, que reproduzem o mesmo efeito decorativo sem agredir tanto a natureza, são as lastras que interpretam o mármore. Siga a leitura e saiba mais sobre essa solução!

O uso do mármore na arquitetura

Basicamente, o mármore é uma rocha metamórfica originada de calcário exposto a altas temperaturas e pressão de baixa a moderada.

Existem vários tipos de mármore, com cores que variam de acordo com o grau metamórfico de cada composição.

Na arquitetura, essa pedra tem diferentes funções e usos, como pisos, paredes, colunas, escadas, peitoris, lareiras e muitos outros.

O Taj Mahal é um símbolo clássico do uso do mármore na arquitetura, pois o material reveste totalmente o monumento (Foto: Dhirad)

O processo de extração do mármore é feito em jazidas — reservas naturais em grandes montanhas rochosas.

O primeiro pedaço de rocha retirado é a bancada ou prancha, com cerca de 12 m de comprimento, 6 m de altura e 1,8 m de largura.

Em seguida, são recortados outros blocos, que são fatiados posteriormente em espessuras menores e usados para fabricar bancadas, pisos e revestimentos de mármore, entre outras peças.

O material também se diferencia em relação aos acabamentos, podendo ser:

  • escovado: escovação da rocha com escovas abrasivas diamantadas que deixam a superfície levemente irregular e com brilho acetinado;
  • levigado: acabamento intermediário, conferindo um aspecto liso e opaco, com a cor natural da rocha;
  • bruto: o mármore é apenas serrado e deixado com a aparência de quando foi retirado da jazida;
  • polido: é o mais usado. O polimento da superfície deixa a peça com aspecto liso e brilhante.

Ainda pode haver a aplicação de uma resina sobre a pedra para cobrir as porosidades e imperfeições.

Os diferentes tipos de mármore podem ser usados em cozinhas, banheiros, salas, lavabos, halls e muito mais.

Tipos de mármore

Existem vários tipos de mármore. Alguns dos mais usados na arquitetura são:

  • carrara: tem cores claras e veios cinzas. É bastante requintado. Esse mármore é originário da Itália e foi muito usado na arquitetura renascentista e nas obras de arte desse período;
  • travertino: também é originário da Itália e tem como característica os veios longos e as cores que variam entre diferentes tonalidades de bege;
  • calacatta oro: é um dos mais caros do mercado. Ele é um mármore branco com veios em tons de cinza e dourado;
  • preto ou nero: tem origem espanhola e longos veios brancos que se destacam na pedra preta;
  • piguês: mármore grego, de cor branca e superfície homogênea.

A inovação das lastras como revestimento de mármore

Embora o revestimento de mármore esteja marcado na história da arquitetura e seja desejado por muitas pessoas, ele não é uma das alternativas mais sustentáveis.

Afinal, a sua exploração depende da retirada de jazidas naturais que, com o tempo, tendem a se esgotar.

Atualmente, a indústria possui uma alternativa muito interessante e mais ecológica, que nada deixa a desejar para as pedras naturais: as lastras que recriam perfeitamente o mármore.

As lastras são opções modernas e sustentáveis de revestimento, que recriam a superfície de diferentes tipos de mármore (Projeto: Portobello S.A.)

As lastras marmorizadas são superfícies contínuas produzidas em porcelanato com tamanhos acima de 90×180 cm. A impressão das peças permite reproduzir diferentes texturas dos vários tipos de mármore.

Assim como outros tipos de revestimento de mármore, as lastras são extremamente versáteis e podem ser aplicadas em diferentes locais, como pisos, paredes, tetos e mobiliários, graças à sua alta resistência a manchas e riscos.

Também podem ser aplicadas nas fachadas, especialmente em projetos de fachadas ventiladas, que além de embelezarem, ajudam a reduzir a temperatura no interior do imóvel e diminuir a necessidade de ar condicionado, ventiladores e outros, contribuindo para um uso racional da energia elétrica.

As vantagens das lastras como revestimento de mármore

Usar as lastras como revestimento de mármore traz uma série de vantagens:

  • permite a criação de peças únicas e ambientes personalizados, que são práticos de manter e contam com todos os benefícios do porcelanato (como alta resistência, menor chance de manchas, menor absorção de água, facilidade de limpeza etc.);
  • dá a possibilidade de reprodução de qualquer material disponível na natureza, incluindo os diferentes tipos de mármore, graças à tecnologia de impressão digital, com um resultado extremamente fidedigno;
  • é uma solução sustentável (veja mais na ilustração abaixo) pois nas jazidas são retiradas camadas superficiais de argila, além de 99% da matéria-prima ser reutilizada nos processos. Portanto, não há perdas para o ambiente;
  • evita sujidades e desgastes associados ao rejunte, sendo ideal para locais onde há necessidade de uma maior assepsia;
  • entrega versatilidade de uso, permitindo a aplicação em pisos, paredes, móveis, fachadas e muitos outros locais;
  • estimula a sensação de amplitude, já que são peças maiores e que, portanto, exigem menos rejunte;
  • é um material bacteriostático (não permite que um micro-organismo se prolifere);
  • oferece mais beleza e funcionalidade.

As lastras que reproduzem mármore da Portobello

O Projeto Lastras teve início em 2019. Trata-se de uma iniciativa da Portobello para trazer de maneira pioneira essa inovação do universo do porcelanato para o Brasil. Afinal, desde que chegaram ao mercado, esses produtos revolucionam a forma de se pensar e fazer arquitetura.

Como não têm fragmentações, as lastras são mais que um simples revestimento de mármore e exigem que os profissionais ampliem as formas de projetar o ambiente, utilizando o conceito de superfícies contínuas e criando resultados fantásticos, com inúmeras possibilidades de aplicações.

Bianco Covelano aplicado em balcão, trazendo elegância e sofisticação ao ambiente comercial (Projeto: Portobello S.A.)

Abaixo, destacamos as principais lastras da Portobello que podem ser usadas como revestimento de mármore nos seus próximos projetos.

Rivoli

Todo o charme e a sofisticação típicos do savoir-faire francês são traduzidos em um mármore cinza, de completa elegância e impacto visual.

As lastras marmorizadas Rivoli são comercializadas no tamanho 120×260 cm, com acabamento polido retificado e 6 mm de espessura.

O saber fazer francês é traduzido nesta sofisticada lastra que reproduz o revestimento de mármore cinza (Projeto: Portobello S.A.)

Onyx Unique

Também conhecido como mármore alabastro, o ônix é uma pedra calcária que combina uma matéria espessa e densa, bastante opaca, com outra translúcida e cristalina.

Onyx Unique, da Portobello, interpreta uma versão rara desse mármore, com tons claríssimos pontuados pela transparência que define desenhos orgânicos.

Exemplo de aplicação do Onyx Unique, garantindo amplitude e valorizando a luz natural (Projeto: Portobello S.A.)

Essa versão de lastra marmorizada está disponível nos seguintes tamanhos e especificações:

  • 160×320 cm, com 12 mm de espessura e acabamento polido retificado;
  • 120x×270 cm, com 6 mm de espessura e acabamento polido retificado.

Oro Bianco

Conhecido como o “ouro branco”, o mármore estatuário é originário da região de Carrara, na Itália, que se estende dos Alpes Apuanos até o Mar Mediterrâneo.

Sendo um dos mais preciosos mármores, ele esteve presente fortemente na arte e na arquitetura ao longo dos tempos — e até hoje se mantém como um protagonista no design.

A lastra Oro Bianco reproduz justamente esse mármore, com veios de um dourado solar imersos na intensidade do branco puro com sombras acinzentadas.

Uma verdadeira joia para projetos atemporais e sofisticados.

Ele está disponível nas versão polido retificado no tamanho 120×260 cm.

Sua versão Oro Bianco Chain, com lastras marmorizadas que podem formar superfícies contínuas por meio da continuidade dos desenhos dos veios distribuídos em 4 lastras (A,B,C e D), também com acabamento polido e retificado e de tamanho 120×260 cm.

Na parede, as lastras com veios contínuos do Oro Bianco Chain A, B e C (Projeto: Portobello S.A.)


Beige Versailles

Beige Versailles reproduz o mármore usado no Palácio de Versalhes.

O seu destaque é o tom cru, com uma suavidade única, com veios castanhos que formam uma verdadeira trama sobre a peça e enaltecem o requinte e a luxuosidade desse revestimento de mármore.

A lastra marmorizada Beige Versailles está disponível nos acabamentos polido retificado, no tamanho 120×260 cm.

Parede e piso com Beige Versailles ganharam ainda mais luxuosidade (Projeto: Portobello S.A.)

Bianco Covelano

O mármore Covelano é extraído apenas na região mais alta da Itália, no norte da Província de Bolzano, e somente durante o verão europeu.

Ele conta com um desenho suave, com predominância de branco. É um mármore discreto e sofisticado — ideal para ambientes elegantes e luxuosos, que brincam com o moderno e o atemporal.

A lastra marmorizada Bianco Covelano é a reprodução perfeita desse clássico italiano e está disponível nas versão polido retificado, nas medidas 120×260 cm e 90x180cm.

No painel da sala, a criatividade do uso das superfícies contínuas das lastras Bianco Covelano 90×180 (Projeto: Portobello S.A.)

Bianco di Elba

Os mármores brancos são os mais desejados por contarem com detalhes marcantes.

O Bianco di Elba é uma reprodução fidedigna do mármore branco de origem grega, mas com veios em tons de cinza, com uma forma irregular e orgânica.

A versatilidade do Bianco di Elba, que também pode ser usado para revestir diferentes móveis e bancadas (Projeto: Portobello S.A.)

As áreas de puro branco se harmonizam com a sobreposição de tons de cinza azulados, formando superfícies nada minimalistas e muito impactantes.

Em lastras maiores, esse efeito cria uma atmosfera elegante e sofisticada, ao mesmo tempo em que funciona como uma matéria-prima para criações arrojadas, com desenhos elaborados a partir de cortes longilíneos, como um maxi mosaico contemporâneo.

O Bianco di Elba está disponível na versão polida retificada na medida 120×278 cm.

Todas essas lastras integram a linha Timeless e são indicadas para áreas:

  • comerciais leves: tráfego mediano de pessoas sem tráfego de equipamentos, áreas comuns de condomínios, lojas sem estoque, corredores de hotéis etc;
  • residenciais: tráfego leve de pessoas e áreas privativas em residências e condomínios;
  • fachadas: paredes externas e fachadas.

As nossas dicas para usar as lastras como revestimento de mármore

São ilimitadas as possibilidades de uso das lastras como revestimento de mármore, se considerarmos os produtos que apresentamos logo acima.

Exemplo de aplicação das lastras Mont Blanc em parede e piso (Foto: Portobello S.A.)

Um exemplo incrível foi a aplicação da arquiteta e designer italiana Paola Navone durante a Mostra Unlimited, promovida pela Portobello. Na ocasião, ela desenvolveu uma cozinha com materiais tradicionais propostos em um tom fresco e contemporâneo, com a bancada e a mesa nas lastras Rivoli e Calacatta Blanc.

Além dessa possibilidade, é possível pensar nas lastras marmorizadas como revestimentos de paredes, teto e piso. Adotando um conceito moderno e exuberante, elas garantem continuidade quando são aplicadas em diferentes superfícies em um mesmo ambiente.

Esse revestimento de mármore também pode ser usado em áreas gourmet, compondo pisos, detalhes na rodabanca da pia e painéis na parede.

Para as áreas internas em geral, as lastras são excelentes opções de pisos, oferecendo uma sensação incrível de amplitude e emulando todo o charme do mármore.

As lastras também podem ser aplicadas em ambientes comerciais, reforçando a luxuosidade e o requinte da marca (Projeto: Portobello S.A.)

É possível, até mesmo, brincar com o revestimento de mármore em formato de lastras para ambientes comerciais, como em um balcão ou uma parede, conferindo elegância e imponência para as marcas e aconchego e sofisticação aos clientes.

Como você viu, as lastras são excelentes alternativas de revestimento de mármore, que trazem mais beleza e versatilidade aos projetos, ajudando a tornar os espaços mais amplos, convidativos e modernos.

Gostou de descobrir o potencial do uso das lastras como superfícies de mármore? Então, acesse o site da Portobello e saiba mais sobre as nossas possibilidades e inovações!

Foto de destaque: As lastras são opções modernas e sustentáveis de revestimento de mármore, com inúmeras aplicações em pisos, paredes e fachadas (Foto: Portobello S.A.)

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *