Menu
Projetos e Obras
Busca
pintura em tecido

(Foto: Bárbara Cassou)

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Vivian Suter usa pintura em tecido para expressar sua arte

08/09/2021

As 500 obras de Vivian Suter foram reunidas no Palácio de Velázquez. De pintura em tecido para uma grande instalação artística. Confira!

Vivian Suter é uma artista argentina que teve seu trabalho exposto ao redor do mundo. Sua atual exposição mostra seu trabalho de pintura em tecido, marcando presença no Palácio de Velázquez em Madri. 

A artista nasceu em 1949 em Buenos Aires e durante sua trajetória morou, pintou e espalhou seu trabalho pela Suíça (em Basileia e Berna), África, Itália (Roma) e Guatemala (Panajachel). 

pintura em tecido
Estruturas de madeira reúnem as obras de Vivian Suter na exposição no Palácio de Velázquez (Foto: Bárbara Cassou)

Foi em Panajachel, que estabeleceu-se sua residência no meio da selva guatemalteca. Seu estúdio estava localizado sobre o terreno de uma antiga plantação de café e foi aí que seu trabalho evoluiu fazendo um intercâmbio entre a arte e o entorno natural. Desde o início dos anos 1980, a maioria do seu trabalho foi criado nesse cenário de paisagem tropical e suas obras são parte disso. 

Em 2010, uma tempestade causou grande destruição em Panajachel. A arte de Vivian Suter armazenada, bem como seu próprio estúdio, foram afetados. A mesma natureza que trouxe inspiração para seu trabalho também tristemente a destruiu. 

Sua arte traz uma explosão de cores pintadas sobre grandes telas de tecidos. 

pintura em tecido
Detalhes da explosão de cores das pinturas em telas de tecidos de Vivian Suter (Foto: Bárbara Cassou)

A artista já teve destaque em grandes museus e bienais de arte pelo mundo, incluindo a Bienal de São Paulo (2014), Bienal de Taipei (2018), The Power Plant de Toronto (2018), Arte Institute de Chicago (2019), Camden Art Centre de Londres (2020), entre outros.

Atualmente Vivian Suter conta com uma exposição dentro do Palácio de Velázquez, edifício que faz parte do complexo cultural do Museu Reina Sofia em Madri e está localizado dentro do Parque El Retiro, na capital espanhola. 

Confira também outras obras expostas em Madri, na feira de arte ARCOMadrid

Suas grandes telas de tecidos estão espalhadas pelo galpão do Palácio de forma solta e orgânica. Penduradas nas paredes e sobre estruturas de madeira de maneira massiva. 

Os visitantes circulam sobre as telas fazendo uma imersão na sua explosão de cores e formas orgânicas. Os blocos de tecidos nas estruturas de madeira formam volumes têxteis escultóricos, reunindo aproximadamente 500 pinturas, tanto atuais, realizadas pela artista nos últimos meses, quanto grandes obras pintadas nos anos 1980. 

Ao instalar sua pintura em tecido na nave central do Palácio de Velázquez, Suter cria um entorno envolvente para os visitantes, além de ressaltar a arquitetura do edifício. Uma relação natural entre a arte e a arquitetura, parecendo com que a exposição sempre pertenceu a este espaço. 

pintura em tecido
As obras de pintura em tecido de Vivian Suter se integram na arquitetura do Palácio de Velázquez (Foto: Bárbara Cassou)

Apesar de que cada tecido pintado ter sido concebido separadamente, juntos na exposição entram em conexão como se fizessem parte de uma só instalação artística, não importando o tempo e como foram criadas. 

Ainda que a exposição tenha uma ordem cronológica, não há títulos nem datas de cada obra. À esquerda do edifício estão situadas as pinturas mais antigas que contrastam, mas, ao mesmo tempo, integram-se com as demais obras mais recentes. Todo esse ambiente artístico é criado por Suter especialmente para o Palácio de Velázquez. 

Vivian Suter utiliza a pintura abstrata, improviso artístico e formas livres, tudo isso adicionado ao uso de muita cor e inspiração na natureza, onde a artista esteve muito presente ao longo da sua vida e carreira. Uma menção sempre ao seu Panajachel. 

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *