Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Arquitetura com opinião

O talento e as mil faces do arquiteto Leo Romano

21/11/2018

O arquiteto, artista e designer goiano Leo Romano é reconhecido por seus projetos ousados e inovadores. Incansável, aos 21 anos de carreira, ele soma trabalhos incríveis, participações em programas de TV e conquistou seu próprio Instituto. Quer conhecer um pouco mais dessa fascinante história? Acompanhe a entrevista exclusiva para o Archtrends!

Ao completar 21 anos de carreira, Leo Romano não exita em afirmar que vive intensamente a arquitetura. Sua bagagem extensa lhe confere projetos renomados como o Café de La Musique, Saccaro e Sedna Lounge (todos em Goiânia), por exemplo, além de inúmeras premiações nacionais e destaques em publicações internacionais.

Inovador e ousado, ele também é crítico, colaborador de revistas e autor de um livro de arquitetura que leva o seu nome. Em sua 2ª edição, o trabalho mostra dezenove projetos em uma publicação exclusiva e de luxo. Quer mais? O profissional – superversátil! – também ficou conhecido por ser responsável pelo projeto de uma casa em Campina Grande (PB), no quadro Lar Doce Lar, do programa de TV Caldeirão do Huck e pela participação no programa Casa Brasileira (GNT).

O arquiteto autografa seu livro que está na segunda edição

Projeto de uma residência alegre e colorida feita para o Caldeirão do Huck

Mas o que tem por trás de tanta vitalidade? Leo Romano afirma que ama o que faz. Questionado sobre como concilia o dia a dia de trabalho com o lazer, é enfático em dizer que a rotina do arquiteto dura 24 horas. “Não vejo muita maneira de separar o Leo pessoa do Leo arquiteto. Por que? Porque o meu olhar caminha intuitivamente pela estética. Acordo, durmo e sonho arquiteto. É o que me faz feliz!”, declara.

Para concretizar todos os seus projetos, ele conta também com uma talentosa equipe de 25 pessoas. E aliado à arquitetura, ainda destaca a paixão por design de produto. Leo lançou três coleções que estão disponíveis em mais de 30 lojas no Brasil – Coleção Chuva, Bailarina e Para ser Feliz. “Fizemos participações internacionais ano passado e esse ano, na Feira de Milão. Foi algo que começou como hobby, como uma vontade de desenhar e que hoje se torna parte da minha profissão”, esclarece.

Para unir suas paixões, o artista inaugurou recentemente o Instituto Leo Romano. Seu antigo sonho, criado para a promoção de exposições de arte e design, além de atividades educacionais, especialmente direcionadas a estudantes e profissionais das áreas. O espaço que também abriga a nova sede do escritório, conta com a galeria de arte Hacibe Hanum (homenagem a avó materna) e com uma biblioteca pública.

Fachada do Instituto que leva o nome do arquiteto

Parte interna do Instituto que conta com Galeria em homenagem à avó

O olhar do arquiteto permeia nos detalhes de todo o Instituto

Aos 47 anos, Leo lembra que a paixão pela ‘casa’ vem da mãe e da avó. Ao observar o cuidado que elas tinham pela organização dos cômodos e pelo cultivo das plantas. “De fato, uma herança materna”, lembra, saudoso. Casado com um profissional da mesma área – Marcelo Trento Costa-, Romano considera-se uma pessoa tranquila, que aprecia as coisas boas da vida. Tem uma forte relação com a natureza e encontra nela a maior fonte de inspiração. Confessa que para o sucesso na carreira ele precisa, sim, de lazer e descanso – por isso, pratica badminton e toca piano -, mas, sobretudo, de comprometimento no que faz. O seu tempo de criação está focado nas noites e aos finais de semana. Segundo ele, é quando tem mais tempo livre. No entanto, a caneta e o papel são seus companheiros inseparáveis. Desenha no avião ou na espera de uma consulta médica, por exemplo. “Aproveito esse tempo para produzir. É uma coisa que me deixa muito feliz”, relata.

Leo Romano ao lado dos pais durante a inauguração do Instituto

Leo Romano e o marido Marcelo Trento Costa em momento de lazer

Movido por desafios, Romano destaca o projeto de uma casa em Goiânia, onde o revestimento Concretissyma Matiz Grigio (90X90), foi aplicado na suíte do casal e na varanda. Uma casa icônica, simbólica, que representa tudo que pensa e acredita.  “Vejo a arquitetura como algo extremamente importante, sempre acredito que arquitetura e decoração de interiores é uma possibilidade de melhoria da qualidade de vida e acho muito interessante essa relação que a gente tem da arquitetura, com a produção e o tempo”, finaliza.

A varanda revestida pelo Concretissyma com a participação do fofo Yorkshire

Especificador da Portobello Shop Goiânia 2 – Marista, Leo que é graduado em Artes Visuais, Design de Interiores, Design Gráfico, Arquitetura e Urbanismo e mestre em Artes Visuais, se mostra incansável, determinado e sempre pronto a aprender mais.

Admirável a história desse incrível profissional, hein? Você pode conferir mais imagens de projetos de Leo Romano aqui no Archtrends. Acompanhe nosso site e conheça outros profissionais apaixonados pela arquitetura e design. 

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *