Menu
Projetos e Obras
Busca

Decoração

O sucesso dos móveis brasileiros e do design “made in Brazil”

13/09/2019

Os móveis brasileiros estão em tendência no mundo inteiro. Mas o que causa esse sucesso todo? São os materiais? O talento dos nossos designers? Saiba a resposta com nosso artigo especial!

O iSaloni, Salão Internacional do Móvel de Milão, é uma espécie de termômetro mundial para o segmento de decoração de interiores. Normalmente, o que é destaque ali determina a tendência atual no resto do mundo. E, a considerar a edição de 2019, dá para dizer que os móveis brasileiros estão em alta no mercado internacional.

Os móveis “made in Brazil” foram um dos principais destaques do evento, inclusive, com uma mostra exclusiva (a Be Brasil) e participação com número recorde de empresas nacionais. Mas o que explica todo esse sucesso internacional do mobiliário brasileiro? É o que veremos aqui. Portanto, siga a leitura!

Como a natureza nacional ajuda no design dos móveis brasileiros?

móveis brasileiros

Sala com móveis modernos, elegantes e com um tom amadeirado mais forte. A parede foi revestida com o produto Nero Venato (Projeto: Villas Arquitetura)

Uma das razões que faz com que os móveis brasileiros sejam completamente únicos em relação ao mobiliário produzido no resto do mundo é a flora nacional, que fornece materiais para a construção das peças.

Em vários casos, a flora pode não ser exclusiva do país, mas encontrou no Brasil solo fértil para se desenvolver e acabou tornando-se característica da região, como a banana. Apesar de ser muito ligada ao Brasil, a banana é originária do Sudeste da Ásia, mas isso não impede que a fibra de bananeira seja usada como material para cadeiras e outros móveis nacionais.

móveis brasileiros

Cozinha com móveis com tons claros em contraste com a madeira e destaque para o piso Conhaque, da linha Superquadra (Projeto: Cupula Arquitetos)

Além da fibra de bananeira, existem outros materiais que são únicos da região e que são usados para agregar valor aos móveis brasileiros. Um exemplo é o Jacarandá, madeira nativa muito usada na concepção de móveis aqui no Brasil, como nas cadeiras de Joaquim Tenreiro dos anos 1940. Outro material tipicamente nacional é a cana-de-açúcar, também aproveitada para a criação de peças, como uma coleção de cadeiras de jantar expostas na Design Miami, feitas por Sérgio Rodrigues.

Além de oferecer materiais exclusivos para a criação de móveis, a flora nacional ainda colabora servindo de inspiração para muitas criações. Um dos pontos positivos da natureza brasileira é sua variedade de opções, desde a floresta tropical na Amazônia até o Cerrado, Pantanal, Sertão Nordestino e os Pampas Gaúchos. Esses diferentes biomas inspiram os designers a criar obras diferentes, aumentando a versatilidade dos móveis brasileiros.

O que explica o sucesso dos móveis nacionais no exterior?

móveis brasileiros

Sala em conceito aberto em tons de cinza e detalhes da decoração no marrom dos móveis para contrastar com o revestimento Concretissyma Matiz Grigio (Projeto: Elaine Carvalho Arquitetura)

Um estudo recente feito pelo BNDES mostrou que 95% da demanda por móveis no Brasil é suprida pela produção nacional, mostrando como a nossa indústria faz sucesso por aqui. O mesmo estudo mostra que os móveis nacionais também encontram inserção no mercado internacional, correspondendo a 2% da produção mundial (igual ao Reino Unido) e tendo os Estados Unidos como principal destino exportador.

O que explica esse sucesso dos móveis “made in Brazil” no resto do mundo? Quais os elementos que colaboram para que empresas brasileiras exponham suas peças nas principais feiras e vendam mais para o exterior? Veja alguns deles a seguir!

Mid-century-modern

móveis brasileiros

Cozinha com piso Concretissyma Matiz Nude em contraste com o tom acinzentado dos móveis planejados (Projeto: Edgar Monteiro)

Uma das principais forças que movem a demanda por móveis feitos no Brasil é o retorno do mid-century modern às tendências de decoração no mundo inteiro. O termo foi usado pela jornalista Cara Greenberg no seu livro Midcentury Modern: Furniture of the 1950s e abrange o estilo artístico em móveis e decorações de meados do Século 20 (entre 1933 e 1960, aproximadamente).

Depois dos anos 1960, o estilo mid-century modern saiu de tendência, mas voltou a se popularizar a partir da década de 90, com o ressurgimento de revistas sobre o tema, exposições artísticas (o Museu de Arte de Los Angeles fez uma exibição sobre o mid-century modern em 2001) e obras culturais da época, como o seriado Mad Men.

Uma das características desse renovado interesse no mid-century modern é descobrir obras que remontam ao estilo da época, mas em outros países. Com isso, os olhos do mundo se voltaram aos países da América Latina, especialmente o Brasil, que tem aproveitado a onda com muitas criações que se inspiram nesse segmento.

Fim da Ditadura Militar

móveis brasileiros

Os objetos utilizados na decoração desse apartamento conta com referências à cultura indiana. O piso foi revestido com porcelanato Domus Nordic (Projeto: Daniela Marques Arquitetura)

Uma das razões para que o mundo esteja se encantando em descobrir peças do mid-century modern em países da América Latina é que, na época em que o segmento estava no seu auge de popularidade, grande parte da região era governada por ditaduras, que impediam o livre acesso à informações.

No Brasil, por exemplo, a exportação de móveis era ilegal durante 1964 e 1985. Por isso, nunca houve grande contribuição do país no cenário internacional nesse período. O que aconteceu é que a reabertura do país na década de 1990 coincidiu com o ressurgimento do interesse no mid-century modern. Aos olhos do mundo, os móveis brasileiros são como tesouros que estavam escondidos e foram agora descobertos.

Medidas governamentais

Outro elemento que colabora com o interesse em móveis brasileiros no exterior é a série de medidas governamentais que dão visibilidade à produção nacional. A própria exposição Be Brazil no iSaloni 2019 é um exemplo disso.

A exposição de marcas brasileiras em uma das maiores feiras do segmento foi promovida pela Apex-Brasil em parceria com a Abimóvel.

Quais os principais designers de móveis brasileiros?

móveis brasileiros

Área de lazer com móveis rústicos remetendo às casas de campo e piso foi revestido com porcelanato Concretissyma Matiz Nude (Projeto: Taliana Cabrera)

Além da natureza nacional e da conjuntura que descrevemos anteriormente, outro elemento que contribui para o sucesso dos móveis do Brasil no mundo inteiro são os grandes designers que trabalham no país.

O Brasil conta com geração após geração de incríveis artistas, que misturam os elementos que só o país tem para criar peças maravilhosas. Não é à toa que o mercado internacional olha com cada vez mais atenção às criações feitas aqui. Abaixo, listamos três grandes exemplos de peças e seus respectivos criadores para você se inspirar.

Cadeira Vermelha — Irmãos Campana

Desde os anos 1980, os Irmãos Campana estão entre os principais expoentes do design de móveis no Brasil. Uma das suas principais criações foi a cadeira Vermelha, que usa 500 metros de corda para criar uma peça única. Além de privilegiar a forma e não a funcionalidade (uma das características do mid-century modern), a peça ainda simula o ambiente tropical das florestas com cipó. Sua cor vermelha também busca inspiração no pau-brasil (que dá nome ao país).

Mesa S1 — 80e8

O estúdio 80e8, da dupla Antonia Almeida e Fabio Esteves, produzem móveis que inovam tanto pelo uso de materiais, como pelas formas diferentes, que beiram o experimentalismo artístico. Um exemplo é a Mesa S1, que mistura vários tipos de madeiras nacionais, como Jatobá, Jequitibá, Cumaru, Sucupira-preta e outras.

Mesa Maisena — Outra Oficina

O Outra Oficina é um estúdio de São Paulo que ganha muito destaque no exterior pelos seus móveis com formas completamente diferentes. Um dos seus produtos que merece destaque é a Mesa Maisena, inspirada na famosa “bolacha maisena”. Tem coisa mais brasileira do que isso?

Como deu para ver, os móveis brasileiros vivem uma fase de ouro, com muito destaque internacional, materiais de primeira linha e designers reconhecidos no mundo inteiro. Por isso, vale a pena conhecer as peças criadas por aqui para compor seus próximos projetos de decoração.

Se você gostou de conhecer exemplo de designers de móveis brasileiros e quer saber mais nomes, recomendamos que leia nosso artigo especial sobre Sérgio Matos, um dos mais famosos designers nacionais.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *