Menu
Projetos e Obras
Busca
Limpeza pós-obra

Conteúdo Técnica

Limpeza pós-obra: como preparar a casa para receber a família

03/04/2020

Tudo está pronto para receber a sua família. No entanto, ainda falta fazer a limpeza pós-obra. Saiba como conduzir esse momento sem estresse.

Não pode ler agora? Ouça a matéria clicando no player:

A limpeza pós-obra é um tanto diferente daquela que fazemos no dia a dia nas nossas casas. As diferenças se concentram, sobretudo, no tipo de sujeira que uma obra acaba por gerar, requerendo produtos específicos e equipamentos profissionais.

Também é preciso ter total atenção sobre os equipamentos de segurança que devem ser utilizados, sobretudo quando é necessário remover produtos químicos, e seguir uma sequência lógica para que o trabalho seja mais eficiente.

Naturalmente, com ajuda profissional, remover os respingos de tinta, a poeira grossa acumulada e os produtos utilizados para selagem e acabamento de revestimentos fica mais fácil para você e é mais seguro para a sua família.

No entanto, se você prefere conduzir esse importante processo por conta própria, saiba agora o que fazer para que a sua casa fique impecável para receber a sua família!

O que levar em conta para começar a limpeza pós-obra?

Avaliar o estado geral do imóvel logo depois da obra ou reforma é essencial para planejar como a limpeza será feita (Foto: Freepik)

Avaliar o estado geral do imóvel logo depois da obra ou reforma é essencial para planejar como a limpeza será feita (Foto: Freepik)

Avaliar o estado geral em que se encontra a casa após a construção ou reforma é essencial para planejar o que deve ser feito para limpá-la.

Alguns cômodos, como banheiro e cozinha, podem exigir mais atenção na hora da limpeza ou a contratação de alguém para ajudar.

Além disso, tendem a demandar o uso materiais específicos, como produtos de limpeza para porcelanato ou cerâmica.

Ficar atento a esses detalhes é essencial para que a sua família possa iniciar uma nova vida de forma mais saudável, organizada e feliz.

Entenda as necessidades de cada cômodo

É comum que um cômodo da casa exija mais que o outro na hora da limpeza. Pular etapas pode ser prejudicial (Foto: Pexels)

É comum que um cômodo da casa exija mais que o outro na hora da limpeza. Pular etapas pode ser prejudicial (Foto: Pexels)

É comum que cada cômodo tenha uma necessidade específica para a limpeza que deve ser conduzida. Isso pode variar conforme o uso do espaço, os materiais utilizados e, até mesmo, as marcas escolhidas para a construção ou reforma.

Portanto, é essencial guardar rótulos, nomes e até mesmo as referências de cada produto que foi utilizado na sua obra.

Somente a partir das informações que os fabricantes fornecem sobre a manutenção dos produtos é que você terá segurança suficiente para não danificar os materiais ou comprometer as garantias.

Tomando sempre o cuidado de escolher os produtos indicados para a higienização de porcelanatos, cerâmicas ou tintas aplicadas em sua casa, a limpeza pós-obra nem deixa sinal de que foi necessária.

Assim, você conclui sua obra sem que manchas, por exemplo, surjam e persistam, apesar da entrega e limpeza.

Reúna os materiais necessários

Faça uma lista de compras para realizar a limpeza da sua obra. Só assim você garante que tudo será limpo da forma correta (Foto: Pexels)

Faça uma lista de compras para realizar a limpeza da sua obra. Só assim você garante que tudo será limpo da forma correta (Foto: Pexels)

Crie uma lista com os materiais que serão necessários para a limpeza pós-obra e evite perder tempo depois que o trabalho começar.

É necessário prestar atenção especial em luvas e máscaras. Afinal, são equipamentos de segurança essenciais e precisam ter o tamanho adequado.

Também é preciso contar com os insumos necessários para limpar cada uma das superfícies da reforma ou construção. Tenha sempre à mão:

  • panos de limpeza limpos e secos;

  • vassouras de cerdas suaves;

  • vassouras de cerdas duras;

  • escova de limpeza;

  • detergente neutro;

  • limpa-vidros;

  • álcool gel;

  • aspirador;

  • espátulas;

  • esponjas;

  • escada;

  • balde;

  • água;

  • rodo.

Com esses materiais, certamente será possível fazer boa parte da limpeza pós-obra que a sua casa necessita para receber a sua família.

Proceda com a limpeza

Organize o espaço e os materiais necessários para limpar cada ambiente antes de começar (Foto: Freepik)

Organize o espaço e os materiais necessários para limpar cada ambiente antes de começar (Foto: Freepik)

Ter em mente a organização de todos os espaços e, principalmente, o que você espera para eles é essencial antes de começar a limpeza pós-obra.

Em um primeiro momento, retire os entulhos mais volumosos e remova eventuais proteções de piso e paredes, de modo facilitar e agilizar o trabalho de limpeza.

Em seguida, comece a limpeza efetiva pelo que se considera os fundos da casa. Dessa maneira, você consegue empurrar a sujeira para frente, reunindo tudo em um só lugar.

Fazer a limpeza de cima para baixo também é essencial. Assim, você evita o retrabalho que seria limpar antes o chão para depois ter as sujeiras do teto e da parede sujando-o novamente.

Enxágue todas as superfícies

Deixar sabão ou outras substâncias utilizadas para limpeza na superfície de móveis e pisos pode criar manchas indesejadas e até estragar os seus materiais (Foto: Pixabay)

Deixar sabão ou outras substâncias utilizadas para limpeza na superfície de móveis e pisos pode criar manchas indesejadas e até estragar os seus materiais (Foto: Pixabay)

De acordo com as recomendações dos respectivos fabricantes, enxágue as diferentes superfícies de cada um dos cômodos da sua casa.

Esse passo é essencial para avaliar de que forma você vai prosseguir com a limpeza pós-obra, sobretudo em pisos e paredes em que revestimentos de porcelanato ou cerâmica foram utilizados.

Quando há, por exemplo, excesso de massa de rejunte cobrindo o piso ou a parede, é preciso dedicar um momento à raspagem.

Também é importante considerar que as superfícies que receberam a cobertura em porcelanato possuem necessidades específicas, diferentes daquelas em cerâmica, para que a limpeza seja executada sem que as peças sejam danificadas ou manchadas.

Para limpar essas superfícies, certifique-se de que o rejunte já está seco e, depois, lave as peças de porcelanato ou cerâmica com uma esponja umedecida em água.

É necessário ter bastante atenção para remover todo o excesso de rejunte que possa ter ficado preso ao porcelanato. Depois, é só concluir o processo aplicando o Clean Max, da PortoKoll, ou outro produto indicado para a limpeza de porcelanatos no pós-obra.

Faça a limpeza dos vidros

Vidros deixam a decoração muito mais iluminada. Porém, são necessários alguns cuidados para que eles não prejudiquem a sua decoração (Foto: Freepik)

Vidros deixam a decoração muito mais iluminada. Porém, são necessários alguns cuidados para que eles não prejudiquem a sua decoração (Foto: Freepik)

É comum que, após fazer a pintura de esquadrias ou aplicar novos vidros, respingos de tinta, massa de vidraceiro ou silicone fiquem presos.

Para que esses materiais não danifiquem os vidros, é essencial tomar cuidado com a forma de limpá-los, evitando, sempre, esfregar, raspar ou lixar essas superfícies.

A melhor forma de fazer a limpeza pós-obra de vidros é dissolvendo uma colher de sopa de vinagre e uma colher de sopa de álcool em cinco litros de água. Então, basta aplicar essa solução suavemente, com a ajuda de um pano macio.

Com essa mistura, é possível retirar tanto o excesso do material utilizado para a fixação dos vidros quanto eventuais marcas de tinta.

Ao fim dessa primeira limpeza, troque o pano para um totalmente seco e aplique um limpa-vidros para que, uma vez secas, essas superfícies fiquem completamente limpas.

É necessário se atentar para utilizar tecidos que não soltem fiapos, de modo que os vidros não fiquem sujos ou marcados.

Caso o tecido solte esse tipo de resíduo, um bom papel toalha pode resolver a situação, retirando os fiapos e as marcas dos vidros.

Quais são os principais cuidados com a limpeza pós-obra?

É necessário tomar alguns cuidados com a limpeza pós-obra para evitar problemas no futuro.

Espere a obra estar completamente finalizada

O primeiro deles e, sem dúvida, o mais importante. Nunca comece a limpeza sem que a obra esteja completamente finalizada, incluindo os acabamentos.

Isso evita, essencialmente, que se tenha acúmulo de sujeira do restante da obra sobre superfícies que já foram limpas.

Dessa maneira, é possível evitar que um ciclo sem fim de limpeza seja estabelecido, fazendo o trabalho realmente render e deixando a sua casa pronta para receber quem você ama.

Proteja os móveis já instalados

Se você já instalou móveis planejados, vai precisar limpá-los e protegê-los corretamente, antes de realizar a limpeza geral (Foto: Freepik)

Se você já instalou móveis planejados, vai precisar limpá-los e protegê-los corretamente, antes de realizar a limpeza geral (Foto: Freepik)

É essencial que você tenha um cuidado especial com os móveis que foram instalados antes da sua limpeza pós-obra.

Isso é especialmente importante para que você proteja a instalação da sua cozinha ou do seu banheiro, que podem sofrer com os produtos químicos utilizados na limpeza de pisos e paredes, por exemplo.

Levando isso em conta, antes mesmo de começar a pensar em quais materiais serão utilizados para cobrir os móveis já instalados, a limpeza deles se faz necessária.

Mármores, granitos, madeiras, MDFs, vidros e metais requerem produtos específicos, principalmente se houver materiais como massa ou silicone incrustados neles.

Em lojas de materiais de construção, busque esponjas mais finas, que não riscam as superfícies, ainda que elas sejam sensíveis.

Depois de retirar a sujeira incrustada, cubra tudo com lona e comece a limpeza pós-obra da parede e do piso.

Quando ela estiver finalizada, basta retirar a cobertura protetora e fazer o acabamento da limpeza dos móveis para lustrar e impermeabilizar, se necessário.

Observe cada material utilizado como acabamento para verificar quais serão os produtos necessários. Assim, você evita manchas indesejadas ou desgastes (Projeto: Andrea Carminate)

Observe cada material utilizado como acabamento para verificar quais serão os produtos necessários. Assim, você evita manchas indesejadas ou desgastes (Projeto: Andrea Carminate)

Observar as informações de cada fabricante sobre a conservação ideal dos seus produtos ajuda a manter os materiais que você escolheu com tanto cuidado para a sua casa sempre bonitos.

Depois de acompanhar as nossas dicas, faça a limpeza pós-obra e prepare a sua casa para receber a sua família. Esse é um gesto de carinho que fará diferença nessa nova etapa das vidas de vocês.

Deseja se aprofundar nos cuidados com pisos e paredes? Então, aprenda a limpar porcelanatos e garanta a durabilidade dos seus produtos!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *