Menu
Projetos e Obras
Busca

Portobello Matérias

Saiba tudo sobre lastras: perguntas e respostas

08/06/2020

Elaboramos um guia com 20 perguntas e respostas sobre lastras. Não deixe de conferir e esclarecer as suas dúvidas!

Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto?

Se você acompanha as novidades no setor de arquitetura e decoração de ambientes, é bem provável que já saiba que a Portobello agora também trabalha com lastras, não é mesmo?

Líder no mercado cerâmico, a empresa agora está inovando com lastras, que fará com que arquitetos e consumidores finais possam desenvolver projetos ainda mais contemporâneos.

Lastras - As lastras proporcionam aos arquitetos e consumidores finais desenvolverem projetos ainda mais inovadores

As lastras proporcionam aos arquitetos e consumidores finais desenvolverem projetos ainda mais inovadores (Foto: Portobello)

Porém, por se tratar de uma novidade no mercado ainda é comum que as pessoas tenham muitas dúvidas sobre as lastras. Foi pensando nisso que desenvolvemos este artigo. Vamos responder os principais questionamentos sobre o assunto.

Antes disso, no entanto, convém que você se aprofunde um pouco mais no tema e entenda exatamente o que são as lastras. É só continuar a leitura e usufruir de todas essas informações.

Entenda o que são lastras

Lastras - São chamadas de lastras, as peças gigantes de porcelanato

São chamadas de lastras, as peças gigantes de porcelanato (Foto: Portobello S.A.)

As lastras nada mais são do que peças gigantes de porcelanato, extraídas do mármore. Elas servem, por exemplo, para fazer o revestimento de paredes inteiras, dando um ar de unidade ao ambiente. Assim, não é preciso correr riscos, como o desalinhamento das peças menores, por exemplo.

As placas maiores também contam com vantagens, como uma menor quantidade sujidades, que geralmente acontecem quando se fazem aplicações de peças menores para forrar paredes inteiras.

Também são reproduzidos materiais naturais nas peças, passando uma sensação de bem-estar e beleza, ao mesmo tempo. É por isso que o uso de lastras é cada vez mais recomendado e a Portobello é a maior especialista nessa área.

Agora que você já sabe mais sobre o que são lastras, deve estar ansioso para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o tema, não é mesmo?  Não se preocupe, tudo será esclarecido, nos tópicos a seguir.

Veja 20 perguntas e respostas sobre lastras

A seguir, apresentaremos respostas para os principais questionamentos que são feitos por nossos clientes, sobre as lastras. Informe-se sobre esse produto inovador!

1. Qual é a espessura das lastras da Portobello?

A espessura da lastra é bastante fina e isso demanda alguns cuidados (Foto: Portobello)

 

As lastras da Portobello têm duas espessuras, de 6 mm e 9 mm, dependendo do formato. É interessante que os arquitetos avaliem qual delas é a mais adequada para cada aplicação.

2. As lastras correm o risco de empenar?

As lastras são peças de grandíssimos formatos e com uma espessura muito reduzida. Isso faz com que a peça, quando não estiver assentada, possa empenar ou flambar. Também se corre o risco de quebrar, caso o movimento e o armazenamento não forem feitos corretamente.

É por isso que devem ser seguidas todas as técnicas de movimentação, manuseio, armazenamento e assentamento. Assim, se evitam as quebras e empenamento.

No assentamento deve ser utilizado um equipamento chamado nivelador de pisos. Com ele, o empeno das lastras é eliminado. Por isso, é recomendado o uso desse item, para que a colocação seja perfeita.

3. É possível fazer um painel de TV com lastras? Como ele é fixado?

As lastras foram desenvolvidas, principalmente, para fazer essa parte de painéis, como para TV, cabeceiras de cama, salas de jantar e estar etc. Existe uma infinidade gigante de opções para usar lastras.

Às vezes, ficamos com o pensamento de forrar paredes ou pisos inteiros com lastras, mas é sim possível utilizá-las em pequenos painéis.

Sobre o assentamento, se for em uma parede de alvenaria, deve ser feito com uma argamassa convencional, indicada para lastras. Se for sob um móvel de madeira, pode-se colar com PU de alta aderência.

É preciso, no entanto, ter cuidado para que o produto seja de boa qualidade e realmente garanta a aderência na aplicação. Se isso for feito, certamente o painel ficará maravilhoso.

4. Como deve ser feito o assentamento de lastras em paredes?

Por se tratar de uma pela grande, é necessário que o assentamento das lastras tenha cuidados especiais (Foto: Portobello S A.)

A técnica de assentamento de lastras é a mesma utilizada para outras peças de grandes formatos. É preciso utilizar a dupla colagem com argamassa colante, no verso da placa e na base do assentamento.

Isso não muda com o tamanho da peça. Deve-se garantir que 100% do verso da peça esteja preenchido com argamassa colante. Isso é importante porque a espessura das lastras é de 6 mm ou 9 mm. De tal modo, se a colagem não for feita adequadamente, podem ocorrer danos futuramente, tendo em vista que se trata de um material fino.

Se alguém pisar em cima ou for necessário furar a parede para colocar um quadro, por exemplo, a peça será danificada, caso pegue na falha. O perfeito preenchimento da peça, portanto, é necessário.

Existem equipamentos específicos para o assentamento de lastras, que pode auxiliar a equipe de assentadores, que precisa ser especializada nesse segmento. Há, inclusive, um carrinho para segurar a placa, passar a argamassa, fazer a colocação das ventosas e, em seguida, assentar a peça na parede.

Em seguida, se faz o arraste da peça, em uma distância de cerca de 5 cm. Depois disso, a peça está assentada. Se for uma única placa, é necessário utilizar uma desempenadeira de borracha, para garantir o completo nivelamento e rompimento dos cordões de argamassa colante.

5. É possível fazer a aplicação de lastras em fachadas? Como fazer o ancoramento com argamassas colantes?

O uso de lastras também pode ser usado como painéis de parede do quarto (Foto: Portobello S.A.)

Nesse caso, existe uma boa solução, chamada de fachada ventilada. Na Portobello há sistemas que comportam o uso de lastras de qualquer formato, de forma sustentável e que pensam na questão de ventilação, bem como o conforto térmico e acústico dentro dos ambientes.

É claro que, para uma residência, muitas vezes o valor da fachada ventilada não compensa, mas para os edifícios, pode ser sim uma boa alternativa e tem sido visto com bastante frequência.

A fachada ventilada fica afastada da parede de alvenaria ou de concreto da construção. Assim sendo, o revestimento fica, no mínimo, 8 ou 10 cm afastados da parede. Isso é o que faz com que ela seja, de fato, ventilada.

Também é possível fazer a aderência da argamassa colante nas paredes, verificando a indicação do produto para uso em fachadas. Há, inclusive, um prédio da Portobello, em Florianópolis, que é todo trabalhado com essa técnica.

Em resumo, para fazer a aplicação de lastras em fachada, é necessário lembrar das juntas de movimentação, uma vez que nesses locais não se pode avançar com o revestimento.

Deve-se preencher esses espaços com os materiais indicados, como selantes apropriados para fachadas.

6. Podemos instalar lastras no teto?

Também existem vários cases de aplicação de porcelanatos de qualquer formato no teto, o que inclui as lastras. Nesses casos, deve-se, no entanto, tomar cuidado com o tipo de argamassa colante indicada para essa aplicação e fazer o escoramento até a cura inicial.

Para argamassa tradicional, a cura leva em média 72 horas. Já para a versão rápida, a colagem leva em torno de 3 ou 4 horas. Tal informação vem na embalagem do produto.

Isso deve ser feito porque, se tudo ficar solto, corre-se o risco de as placas caírem. No mais, a forma de aplicação é a mesma, conforme explicamos anteriormente.

É indicado o uso de uma argamassa colante de cura rápida, para que o tempo de escora seja o menor possível. Assim, a obra pode ser acelerada.

7. Onde posso comprar lastras Portobello?

Em todas as lojas Portobello Shop e nas revendas multimarcas que comercializam os nossos produtos, já há um portfólio exclusivo de lastras. Quem tiver interesse pode visitar qualquer um dos estabelecimentos.

Também temos alguns canais que atendem de forma online, que podem indicar estabelecimentos parceiros e revendas que trabalham com a Portobello. De tal forma, você solicitar qual é o local mais próximo da sua casa, para visitar e conhecer as lastras ao vivo.

8. Quais as lastras podem ser utilizadas em ambientes externos e garagens?

Em fachadas, qualquer uma das lastras podem ser utilizadas, com acabamento polido ou natural.

Porém, para áreas externas descobertas, como bordas de piscinas, as lastras não são recomendadas, pelo fato de os acabamentos ainda não terem atrito suficiente. Assim sendo, se alguém caminhasse pelo local, correria o risco de escorregar e cair, por exemplo.

O mais importante é sempre a segurança do usuário. Por isso, não recomendamos o uso de lastras para as áreas externas, mesmo que existam normativas que autorizam que isso seja realizado.

Já para garagens cobertas, o uso das lastras pode ser feito, desde que o acabamento seja natural. É possível, inclusive, usar peças finas, desde que a base de assentamento seja bastante sólida, para suportar o peso dos veículos que serão guardados no local.

9. A Portobello vai oferecer serviços de içamento de lastras?

O içamento é algo normal, hoje em dia. Muitas vezes, sofás, mesas e até mesmo geladeiras não cabem no elevador dos prédios e devem ser içados. Para lastras, não é diferente e o serviço pode ser feito sem nenhum problema.

Na Portobello Shop, o serviço de içamento já é oferecido e entrega o material içado, quando assim solicitado pelo cliente.

10. Quais os nomes das novas linhas Portobello?

Lastras - A Portobello conta com uma ampla linha de lastras para a sua escolha

A Portobello conta com uma ampla linha de lastras para a sua escolha (Foto: Portobello S.A.)

A Portobello tem lastras em várias linhas. Para os interessados, é recomendado visitar uma das nossas lojas, onde é possível verificar toda a ampla variedade de produtos oferecidos.

Sobre as dimensões das lastras encontradas em nosso portfólio são:

120×240;

120×260;

 120×270;

 300×100;

120×278.

Além disso, a nossa prensa contínua tem capacidade para fabricação de lastras de 180×360. Porém, ainda não temos no portfólio um produto nesse formato.

11. Qual é a diferença entre as lastras e os porcelanatos de grandes formatos?

Grandes formatos são os porcelanatos que já estamos acostumados a ver no mercado, como peças de 60×120, 90×90, 120×120, entre outros. Tratam-se de peças que não demandam de um processo especial para o assentamento, de modo que qualquer assentador, com seu próprio equipamento, consegue fazer.

Já as lastras têm grandíssimos formatos e geralmente têm espessura mais fina. A título de curiosidade, tal termo vem da indústria e exploração dos mármores.

Isso porque, quando se extrai um mármore da natureza, se retiram lastras. Na marmoraria o material beneficiado para ser aplicado em projetos, como mármores. Deixa-se de ter um revestimento, para ter uma superfície contínua revestida.

A ideia é que se use peças de porcelanato cada vez maiores, para uso em vários ambientes. Com as lastras, as possibilidades são infinitas, principalmente no uso da porcelanateria.

Opta-se por utilizar porcelanato, em vez de mármore, pelo fato de a extração desse tipo de material acabar degradando o meio ambiente. Quando se retira o material da natureza, mais de 50% é desperdiçado, o que não acontece no porcelanato.

As jazidas de extração do porcelanato são muito sustentáveis, uma vez que se retira apenas uma camada superficial da natureza. Além disso, mais de 99% da matéria-prima é reutilizada nos processos, não havendo perdas para o ambiente.

Com a tecnologia da reprodução digital, também se consegue reproduzir qualquer material disponível na natureza, como mármore, concreto, madeira etc. Assim, se criam peças únicas, dentro do conceito de porcelanateria.

12. Qual é a argamassa mais indicada para assentar lastras? É necessário também usar grampos?

O assentamento das lastras não necessita do uso de grampos (Foto: Portobello S.A.)

Para o assentamento de lastras, deve-se usar uma argamassa que tenha passado por um filtro de obra. Isso quer dizer, é necessário verificar qual é o melhor produto para um determinado ambiente, uma vez que se trata de algo que pode variar.

De maneira geral, as argamassas mais indicadas são a superior branca, a máxima branca, a ultra flexível bicomponente, a de extrema aderência, entre outras.

Já sobre os grampos, não há necessidade de uso. Somente a argamassa é capaz de fazer a aderência entre placa e base de assentamento, exceto nos casos de fachada ventilada, em que é utilizado o perfil metálico.

13. Como manusear as peças na obra?

As peças vêm em caixas de madeira ou isopor e é preciso analisar se elas conseguem ser levadas, por escada ou elevador, até o local onde a obra será realizada. Em alguns casos, conforme já foi explicado, pode ser necessário realizar o içamento.

Se não for possível fazer a volta da escada com a caixa da lastra, no momento da entrega do material, o içamento já é realizado. Já na própria obra, devem ser seguidos os manuais de transporte, disponíveis no especificador virtual da Portobello.

14. Quanto pesa uma lastra?

O peso da lastra varia de acordo com a sua espessura. Porém, geralmente, a média fica entre 40 kg e 45 kg.

Uma peça de porcelanato 120×120 da Portobello, por exemplo, pesa 40 kg por placa. Por se tratar de um produto fino, a lastra tem um peso similar.

15. As peças podem ser entregues cortadas para facilitar a instalação?

Sobre esse assunto, é importante lembrar que nos deparamos com um problema chamado de diferença dimensional de obra. Muitas vezes se dá culpa ao porcelanato por ele ter um calibre menor do que o tamanho nominal, por exemplo. Assim, o arquiteto, engenheiro ou decorador acaba pensando que a peça foi entregue em um formato menor do que o solicitado.

É preciso considerar que o projeto e a obra propriamente dita podem sofrer variações. Por isso acontecer, entregar cortado é um risco bem grande. Afinal, ao chegar na obra, pode ocorrer de o material ficar grande ou pequeno.

Por conta disso, a entrega cortada até pode ser feita, mas antes deve ser realizada uma medição muito precisa no local em que as peças serão aplicadas. Assim, pode-se fazer o corte de forma correta.

16. As lastras são retificadas ou bold?

Na Portobello, as lastras são todas retificadas (Foto: Portobello S.A.)

Todas as lastras da Portobello são retificadas, ou seja, é possível ter uma junta de assentamento bem pequena.

O indicado é que se trabalhe com 1,5 mm, a mesma medida utilizada para o porcelanato comum.

17. A linha de madeira é encontrada em textura para aplicar nos projetos?

Ainda não temos peças de lastras para comercialização na linha madeira. Em breve, porém, isso deve ser disponibilizado. Inclusive, na feira Expo Revestir, essa modalidade foi apresentada.

18. Qual é o preço médio das lastras?

Os preços variam bastante no mercado, dependendo do design da peça. Com a fabricação nacional, o custo do produto tende a diminuir bastante.

Entre janeiro e fevereiro, a Portobello fez ações promocionais com preços muito competitivos. Como produziremos as nossas peças no Brasil, a tendência é que o valor se torne cada vez mais acessível, porém ocorre variação de estado para estado, por conta das diferentes alíquotas de impostos.

19. Como os cortes são feitos nas lastras?

O corte de porcelanato é fácil, tendo em vista que já existem equipamentos para isso. Por conta disso, a lastra, que tem uma espessura reduzida, é mais fácil ainda de cortar.

Para isso, recomenda-se usar a serra mármore ou cortador de vidro da maquita com disco apropriado para porcelanato. É importante também que a água seja refrigerada, para que o acabamento não seja ruim.

De maneira geral, quanto melhor é o equipamento e mais novo é o disco da serra, melhor será o resultado do acabamento do corte da lastra. A rotação baixa também é recomendada para que o equipamento seja perfeito.

Também é possível usar riscadores e serra copos, para fazer furos na lastra. Em geral, os equipamentos são os mesmos utilizados para o corte de lastras.

20. O que fazer para otimizar o máximo o uso da superfície gigante?

A paginação do ambiente é essencial para o melhor aproveitamento das lastras (Foto: Portobello S.A.)

A resposta dessa pergunta é válida tanto para lastras, quanto para peças de grandes formatos. Para otimizar o máximo o uso da superfície gigante é fazer uma paginação de ambiente.

Deve-se analisar qual o formato melhor se adequa no ambiente em que a lastra será utilizada. Assim, se poderá saber como otimizar o máximo da superfície, com o quantitativo correto para aplicação naquele local.

É interessante lembrar que, ao lidar com itens gigantes, não se deve trabalhar por metro quadrado, mas sim por peça. Isso porque, muitas vezes são feitos cortes e sobram pedaços, por exemplo. De tal forma, ocorre perda de material.

Chegamos ao final do nosso guia com perguntas e respostas sobre lastras. Esperamos que você tenha esclarecido as suas dúvidas sobre o assunto e que possa incluir esses itens de altíssima grandiosidade nas suas obras. Estamos sempre à disposição para proporcionar o melhor para você e para os seus clientes.

Gostou desse artigo e quer continuar se informando sobre novidades da Portobello? Então, confira agora o post em que falamos sobre o lançamento do nosso relatório de sustentabilidade 2019.

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *