Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Lago de Como, dos vilarejos às grandes vilas

24/06/2022

Preparamos dicas sobre um dos destinos mais procurados na Itália, o famoso e romântico Lago de Como. Confira tudo a seguir!

Em visita a um dos lagos mais famosos da Itália, o Lago de Como, registramos todos os detalhes e dicas imperdíveis para você anotar e incluir o destino na sua próxima viagem. Com uma área de 146 km², ele é considerado o terceiro maior do país e está localizado ao Norte de Milão, na região da Lombardia. 

Lago de Como na Itália (Imagem cortesia: Pixabay)

O centro mais importante é Como, a cidade que dá nome ao lago, com seus valiosos monumentos, o charmoso centro histórico e as vistas sugestivas. Lá está a estação de trem principal e o porto, de onde saem todos os barcos para as demais cidades que circundam o lago. 

Cidade de Lecco, Lago de Como na Itália (Foto: Pixabay)

A segunda cidade mais importante é Lecco, que dá nome ao braço oriental do Lago de Como. A fama de Lecco está inextricavelmente ligada a Alessandro Manzoni, que se inspirou nesses lugares para o famoso romance italiano Promessi Sposi. 

Além de passear pelos lugares específicos onde viviam os personagens de Manzoni, também vale a pena visitar a Piazza XX Settembre, a antiga Piazza del Mercato e a Basílica de San Nicolò – hoje catedral da cidade.

Outro lugar imperdível é a Ponte Azzone Visconti. Construída no período renascentista, a ponte servia para ligar Lecco ao Ducado de Milão e ainda hoje representa o acesso à cidade para quem chega de Milão ou Como.

Igualmente sugestivas são as cidades à beira do lago, Cernobbio, que abriga grandes mansões como Villa d’Este e Villa Erba, e Bellagio, conhecida como a “pérola do lago” por sua paisagem atraente.

Lago de Como na Itália (Foto: Pixabay)

Bellagio ergue-se romanticamente na ponta do promontório que divide o lago nos dois braços de Como e Lecco, num contexto paisagístico sugestivo. 

Casas coloridas, vielas pitorescas, escadarias características e igrejas antigas fazem da antiga vila um lugar de grande encanto.

Entre os séculos XVIII e XIX, nobres e ricos burgueses lombardos construíram luxuosas vilas nas quais pessoas famosas – tanto italianas quanto estrangeiras, encontravam hospitalidade. 

Napoleão Bonaparte foi hóspede do Conde Melzi d’Eril na Villa Melzi, construída em estilo neoclássico e cercada por um esplêndido jardim inglês pontilhado de estátuas, onde o pianista e compositor Franz Liszt adorava ficar. 

Lago de Como na Itália (Foto: Pixabay)

Villa Serbelloni, do Lago de Como

Lá também está localizada a famosa Villa Serbelloni, um belo complexo cercado por um espetacular parque com terraços composto por caminhos, clareiras, plantas exóticas e muitos jardins de rosas. Hoje a Villa pertence à Fundação Rockefeller de Nova York, e é muito procurada para eventos e destination weddings de pessoas do mundo todo.

Já Cernobbio é considerada a elegância do lago, o coração da cidade é a Piazza Risorgimento, também conhecida como “Riva”, com vista direta para as águas. 

Além das paisagens encantadoras, Cernobbio é conhecido pela presença de muitas vilas de prestígio. O tesouro mais precioso da cidade, no entanto, é a Villa d’Este – do século XVI (assim renomeada pela princesa de Gales, Carolina de Brunswick, em homenagem às suas supostas origens).

A Villa d’Este foi transformada, em 1873, em um luxuoso hotel com móveis principescos e um belo jardim italiano com vista para o lago – também é muito procurada para sediar eventos. 

Villa D’Este no Lago de Como na Itália (Imagem cortesia: Villa D’Este)

Outro ponto imperdível é a Villa del Balbianello, em Lenno, o local oferece uma vista elegante de um amplo panorama que a torna uma das residências mais cênicas do lago. 

Um caminho que varia entre jardins suntuosos, vistas românticas e terraços panorâmicos, que culmina na loggia setecentista – ponto alto da vila. 

A beleza e a maravilha de Balbianello, que também pode ser acessada pelo lago, foram a chave que levou muitos diretores de Hollywood a instalar aqui sagas famosas, como as de Star Wars e 007.

Villa del Balbianello no Lago de Como na Itália (Imagem cortesia: Pixabay)

Não muito visitada, mas muito fascinante, é a ilha de Comacina, uma pequena joia verde cercada pelas águas do lago, na qual foram encontrados assentamentos que remontam à época romana, razão pela qual os estudiosos gostam de chamá-la de “Pompeia Lariana”. 

Gostou do post? Compartilhe com a gente se você já conhece o Lago de Como ou se irá adicionar esse destino na sua bucket list! Arrivederci!

Para viajar por outros destinos na Itália, acesse:

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *