Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Arquitetura

Jardim de temperos: Ideal para apartamentos e locais pequenos

27/03/2013

Que assunto delicioso e cheio de sabor o post de hoje! Além de útil, um jardim de temperos decora o ambiente e serve para deixar um aroma agradável espalhado pelo ar. Nos últimos anos, os jardins de temperos têm sido os preferidos de quem mora a metros de altura do asfalto e sente falta da(…)

Que assunto delicioso e cheio de sabor o post de hoje! Além de útil, um jardim de temperos decora o ambiente e serve para deixar um aroma agradável espalhado pelo ar.

Nos últimos anos, os jardins de temperos têm sido os preferidos de quem mora a metros de altura do asfalto e sente falta da terra e de plantas no lar. Eles também sao ideais para quem gosta de cozinhar, utilizando temperos frescos e sem agrotóxicos. No entanto, é preciso se atentar a alguns detalhes antes de começar a criar o seu próprio jardim de especiarias.

Preocupação com o jardim de temperos

A primeira preocupação na hora de começar o jardim de temperos é a quantidade de sol que as plantas irão receber. As hortaliças precisam receber, no mínimo, cinco horas de luz solar por dia.

Por isso, o ideal é instalar a horta na varanda ou junto à janela. Outra preocupação é quanto ao vento. Com exceção de tomilho, tomilho-limão, lavanda, capim-limão e alecrim, a maioria dos temperos é pouco tolerante às ventanias.

Se a ideia for expor a horta na cozinha, aproveite a janela da pia como suporte, decorando-a com vasos de diversos temperos, tamanhos e formas.

Passo a passo para fazer um jardim de temperos em casa

Em uma jardineira ou  vaso use terra vegetal, areia de construção e adubo. Para a montagem use pedrinhas no fundo do vaso ou cacos de telha, depois a areia úmida e a mistura da terra vegetal com o adubo.

Se o modelo não vier com os orifícios de fábrica, faça furos no fundo da jardineira. A jardineira deve ter no mínimo três furos para escoar a água, mas esse número pode aumentar se o recipiente for maior.

Misture a terra para  deixá-la bem fofa e, se você não tiver uma pazinha para misturar, use uma colher velha.

Retire do saco plástico ou vasinho as mudas com o torrão. Cuidado para não estragar a muda, pois elas são muito sensíveis. Transfira para o vaso ou jardineira e complete com terra. Após o plantio, regue as mudas com o regador.

Lembre-se de regar a horta todas as manhãs para deixar o solo sempre umedecido, mas não encharcado.

Sugestões preciosas

Hortas em jardineiras com suportes para paredes e muros, também são ótimas para driblar a falta de espaço em apartamentos ou áreas pequenas. Ideal para evitar escavações caninas e felinas!

Ou ainda um painel em madeira, de ripas, com pregos ou ganchos e preso na parede por parafusos com buchas. E nos pregos ou ganchos penduram-se os vasos ou usa-se suporte de madeira para dispor os vasos.

Ao escolher seus temperos, opte por hortaliças com raízes curtas, como alface, coentro, cebolinha, salsa, pimentão, couve e rúcula ou até frutas de pequeno porte, como tomate-cereja e morango.

Vegetais de raízes longas, como cenoura, rabanete e mandioquinha, não se adaptam bem a solos pouco profundos. As espécies de manjericão, por exemplo, pedem sempre vasos com altura maior de 25 cm. Já tomilho, orégano e manjerona, ficam bem acomodados em vasos de 15 cm.

E lembre-se: não adianta colocar muitas espécies num mesmo vaso. Em modelos pequenos, coloque apenas uma espécie; em médios, uma ou duas, e assim por diante.

Gostou das nossas dicas para criar um jardim de temperos? No site da Portobello você encontra uma série de outras inspirações para deixar a sua casa ainda mais incrível.

Até mais!

7 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *