Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Gentle Monster: loja ou galeria de arte?

30/04/2018

A marca coreana de óculos de sol Gentle Monster chegou para invadir o mundo dos Millennials com suas lojas conceituais que se parecem com galerias de arte contemporânea. Confira no post!

Não é de hoje que muitas marcas vêm apostando nos Millennials como foco de seus produtos, serviços e experiências de venda. A maior parte dessa geração, nascida entre 1881 e 1995, cresceu em anos de prosperidade econômica e, consequentemente, tem mais poder de compra que os seus pais, os Baby Boomers.

Por isso, muitas marcas investem suas fichas em atingir esse target. Essa não é uma tarefa simples, já que os Millennials vivem na era digital, recebendo informação por todos os lados. Eles estão constantemente em contato com outras culturas. E, ao mesmo tempo em que é mais fácil chegar a um público por meio da internet, nesse contexto as informações são absorvidas rápido demais e já caem no esquecimento.

Percebendo esse comportamento dos Millennials, uma marca coreana de óculos de sol vai além da venda online e aproveita também os seus pontos de venda físicos, criando um ambiente totalmente diferente de qualquer outro estabelecimento.

As lojas Gentle Monster são como uma galeria de arte, onde os óculos são expostos ao redor de obras de arte contemporânea. Às vezes é até difícil entender o espaço, pois você chega a se perder entre tantos objetos e texturas diferentes.

Interior da loja de Xangai, onde os óculos ficam expostos em uma pequena parte e o resto do espaço é tomado por intervenções artísticas (Foto: reprodução)

Cada loja tem um tema diferente. Geralmente, o espaço é minimalista, porém cheio de objetos e intervenções artísticas por toda a parte.

No meio de tudo isso, os óculos são expostos de forma simples, fazendo um contraste com o entorno. As lojas também contam com objetos em movimento, reproduzem sons e tudo é muito colorido e exótico.

Interior da loja em Xangai, com foco nos objetos artísticos e nos óculos de sol (Foto: reprodução)

As lojas Gentle Monster, desde a sua primeira abertura, nunca foram modestas e sempre tiveram um conceito singular e surpreendente.

Depois que a empresa multinacional de luxo LVMH comprou uma parte da marca, ela vem se expandindo gradualmente. Ela ainda tem muito mais força nos países ocidentais, estando em Seul, Pequim, Hong Kong e Xangai, mas já chegou a Nova York.

Interior da loja em Chengdu, na China (Foto: reprodução)

Seu discurso e merchandising são totalmente focados nos Millennials asiáticos, na cultura juvenil que busca o tempo todo por coisas novas e interessantes, saindo sempre da sua zona de conforto.

Mas, principalmente, as lojas Gentle Monster são cenários perfeitos para o mundo do Instagram, gerando conteúdo digital gratuito por meio das contas dos Millennials na rede social.

Interior da loja em Xangai, uma sala faz contraste com outra ao lado (Foto: reprodução)

O visual merchandising das lojas tem um conceito inverso. Em vez de criar móveis e iluminação focada em exaltar os produtos, a Gentle Monster cria um ambiente totalmente exótico, onde os óculos se tornam automaticamente os objetos especiais fora desse contexto incomum.

Interior da loja em Guangzhou: os óculos são separados por um objeto artístico na parede (Foto: reprodução)

Muito mais que uma loja, e sim uma galeria de arte contemporânea, a Gentle Monster aposta nessa ideia para chegar ao seu consumidor e criar uma experiência de compra diferente dos seus competidores e da era do e-commerce.

Inovadora essa ideia, certo? Deixe um comentário com sua opinião sobre o conceito!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *