Menu
Projetos e Obras
Busca

Com plantas, tudo ganha mais vida (Projeto: Estudio LF Arquitetura)

Conteúdo Matérias

Estante divisória de ambientes: 8 ideias para espaços multifuncionais

31/01/2012

[Atualizado em 10/11/2021] Confira 8 estilos criativos de estante divisória de ambiente e transforme espaços internos com muita personalidade e funcionalidade!

Mil e um designs e materiais, além de uma das grandes tendências para espaços multifuncionais. Estamos falando da estante divisória de ambiente, uma das grandes alternativas revisitadas por novos estilos em décor, que abraça os mais diferentes projetos. 

Você deve conhecer esse formato para dividir ambientes. Inclusive, as estantes divisórias aparecem como uma das grandes tendências no relatório do Pinterest Predicts

Um dos motivos para que essas peças figurem nas maiores buscas da plataforma é a alta dos espaços compactos. Eles exigem alternativas do mesmo tamanho e muito criativas. E a estante preenche com facilidade esses critérios. 

Mais do que decorar, neste post você vai se inspirar com formatos, cores, estilos e padrões inusitados de 8 estantes divisórias. Além de conhecer suas principais vantagens! 

Por que a estante divisória de ambiente é uma ótima solução? 

Mudanças no estilo de vida, adoção definitiva do home office, alta dos home studios para jovens solteiros e sem filhos. Todo esse combo e mais outras mudanças nos padrões de comportamento estão fazendo os ambientes se moldarem a novas necessidades. 

Uma das soluções para o momento são os espaços multifuncionais. Sem paredes, mas com estantes dividindo áreas e deixando os locais bem leves e otimizados. 

A estante divisória se encaixa para dividir salas de estar com cozinhas, quartos com home office, biblioteca e sala, entre tantos outros. Ou seja, ao invés de fechar o local com paredes, as estantes dão vazão ao décor multiuso. 

Quais são as vantagens das estantes divisórias para ambientes? 

Essa decoração que se integra a casas de alto padrão e a apartamentos minimalistas carrega diversos benefícios na mesma medida para todos os espaços. 

Estante divisória em escritório
Seja para decorar, dividir, servir de base para apoiar livros entre tantas outras finalidades, a estante divisória de ambiente se encaixa perfeitamente ao novo normal (Projeto: MW STUDIO ARTE, ARQUITETURA, PAISAGEM; Foto: Frederico de Mario)

1. Cria espaços multifuncionais 

O melhor das estantes divisórias é atender ao novo padrão de ambientes: os espaços multifuncionais. Tais áreas privilegiam ambientes abertos e que conversam entre si, dentro de um novo estilo de vida. 

Maior iluminação natural, integração com cozinha aumentando a convivência entre moradores, e a praticidade entre ir de um cômodo a outro. Todos esses detalhes contemplam os espaços multifuncionais, e a estante divisória é a “cereja do bolo” desse formato integrado. 

2. Camufla o ambiente 

A estante atende muito bem ambientes que não precisam ficar expostos o tempo todo, como quartos de casal integrados em estúdios. O décor disfarça de forma sutil objetos e ambientes que requerem discrição. 

Estante divisória, TV
Especialmente para apartamentos, usar a estante divisória é uma ótima saída para a porta de entrada, pois ela consegue camuflar o ambiente e evitar “olheiros” (Foto: Pexels)

3. Otimiza o espaço 

Enquanto uma parede comum isola totalmente duas áreas, a estante divisória as integra. Como assim? A peça permite que tanto um ambiente como outro aproveitem suas vantagens e acomodem objetos. 

Portanto, sem perder área significativa do imóvel, as estantes otimizam o uso da área. 

4. Traz praticidade 

Nada melhor do que ter objetos de uso cotidiano à mão. A estante divisória faz isso em vários ambientes, desde as cozinhas, ao acomodar panelas e utensílios, a bibliotecas, para reservar livros. 

Portanto, praticidade é o segundo nome da estante divisória de ambientes. 

Quais são as dicas para usar a estante divisória de ambientes? 

Para aproveitar o melhor que a estante divisória de ambiente proporciona a cada cômodo, é bom conhecer seus princípios de uso. 

Escolha o material que combine com o décor 

A escolha do material deve ser pautada pelas combinações que o local oferece. Se a área é de teor clássico, peças em madeira pintadas ou revestidas em branco podem casar bem. 

Já se for contemporânea, usar gabinetes com porcelanato em tons terrosos garante uma boa estética. 

estante divisória
Estantes contemporâneas são perfeitas para dar modernidade ao ambiente (Projeto: Viva Arquitetura)

Defina a finalidade da estante 

Seja apenas para decorar ou para servir de apoio para objetos de uso diário, a finalidade da estante deve ser definida antes de ela ser executada com o projeto. Há estantes que também têm apenas a finalidade de dividir cada ambiente com muito estilo. 

Dimensione a área 

Antes de o local receber a estante divisória de ambientes, a área deve ser calculada para acomodar a nova peça. Assim, largura, altura e comprimento serão dimensionados para o melhor aproveitamento do espaço. 

Escolha o layout 

Estantes podem ter uma parte fechada e outra aberta, espaços com nichos e outros com prateleiras, alcançar o teto ou não, e ter iluminações embutidas. Em cada layout de estante divisória moram possibilidades ilimitadas, portanto sempre veja quais podem atender e combinar melhor com o projeto. 

Estante divisória moderna
Esse exemplo usou um padrão moderno elevado ao teto para criar um efeito imponente (Foto: Pexels)

Projetos inusitados com estantes divisórias 

Quando o ambiente é reduzido, unir funcionalidade e estética é uma questão fundamental. A coleção Domino, da empresa italiana Esedra, é um exemplo de como a união dessas características pode dar certo. 

As estantes desenvolvidas pela marca trazem leveza a espaços pequenos e podem servir como divisória de ambientes. Sala e cozinha são facilmente separadas com esses objetos, de formas sofisticadas e glamourosas. 

Estante divisória de madeira vazada
Modelos de efeito vazado também levam bom gosto para ambientes de várias dimensões (Projeto: Carolina Fagundes)

A estrutura em metal das peças possui aberturas esculpidas com suavidade, e pequenas caixas de madeira, metal ou vidro oferecem espaço para que objetos pessoais possam ser guardados ou exibidos. 

As estantes divisórias combinam especialmente com espaços de look minimalista e clean. Como a proposta é promover uma ampliação do ambiente, a aplicação de revestimento claro e de textura similar a pedras naturais nas paredes e no piso resulta em um espaço com alguns metros quadrados a mais. 

Estante acoplada em parede
Estante acoplada em parede mistura bar de um lado e sala de TV em outro, com a mesma intensidade (Projeto: Ubá Arquitetura)

Quais são as 8 melhores inspirações para criar a estante divisória perfeita? 

Dentro do universo de estantes há muitos estilos. Afinal, cada projeto vai dar o seu toque personalizado a cada divisória. Então, inspirar-se com alguns modelos é um bom jeito de começar a escolher a sua. 

1. Com projeto luminotécnico 

Luzes bem posicionadas e com intensidade equilibrada revelam detalhes e nuances que passam despercebidas quando não há luz sobre elas. Essa é a principal qualidade de estantes divisórias de ambientes com projetos luminotécnicos, que evidenciam na medida ideal todos os ângulos do móvel. 

2. Vergalhões de aço 

Os vergalhões ganharam um novo uso dentro de projetos modernos que apostam em mostrar estruturas sempre escondidas por paredes de concreto. 

Nesse formato de estante divisória, vale colocar peças na horizontal e vertical, para criar prateleiras e espaços para apoiar objetos. Fica a dica de fazer uma adega nesse modelo. 

3. Minimalista 

Estantes com o design monocromático e detalhes em escala quase zero são partes intrínsecas de um estilo minimalista. Nessa levada, quanto menos avantajado em todos os sentidos, melhor é o resultado. 

4. Madeira 

A madeira rústica ou lixada e deixada ao natural sempre tem espaço em projetos de estantes divisórias. Esse material tem sua história dentro da movelaria, servindo para estante e bancadas. Por isso, criar uma divisória com ela é dar continuidade às suas principais qualidades. 

5. Cobogó 

Apesar de não terem a função original de uma estante, os cobogós são clássicos do mundo das divisórias de ambientes. Utilizados em projetos modernistas, eles trazem o melhor lado da arquitetura brasileira em peças que vão desde o vidro à porcelana e argila. 

O Cobogó Mundaú é a nova peça da Portobello em parceria com os designers de interiores Marcelo Rosembaum e Rodrigo Ambrosio e o artesão Itamacio Santos. Em conjunto, criaram a peça que traduz a beleza do design brasileiro. 

Estante divisória, Cobogó Mundaú
Cobogó Mundaú também faz o papel de divisória de ambientes (Projeto: Portobello S.A.)

6. Nichos 

Nichos são uma boa opção para espaços multifuncionais, pois, como os objetos são vazados de ambos os lados, eles podem acomodar diversas peças em cada ambiente. 

Uma opção leve e de solução rápida são as peças porcelanato ou em MDF. Basta revestir com a que combina melhor com a decoração do projeto. Valem desde as que reproduzem madeira, concreto ou cores vibrantes. 

Estante divisória debaixo de escada
Debaixo de escadas as estantes funcionam muito bem, especialmente quando são bem dimensionadas (Projeto: BLÁCIO PAULO RUIVO JÚNIOR)

7. Cordas 

Esse design pode ser usado em 100% da divisória, criando um ambiente que flerta com o moderno e contemporâneo na mesma medida. 

Porém, as cordas também podem ser incorporadas a peças de madeira, aço, entre outras, funcionando como detalhes estilosos e de personalidade. 

8. Aço 

Peças em aço estão ganhando mais casas e apartamentos, com o crescimento do estilo industrial, que se apropria do bruto para criar o belo. Para esse material, vale desde o aço corten, que tem aspecto enferrujado, ao metal que recebe pintura eletrostática com cor uniforme. 

Redescobrir espaços multifuncionais é mais simples com o uso de uma estante divisória de ambiente. Garantia de expandir as possibilidades de aproveitar cada lado do cômodo e trazer um décor inovador e funcional são marcas desse formato de peça. E com tantas inspirações, criar uma com a sua identidade fica fácil. 

As estantes vão além das divisórias. Veja 7 dicas de como fazer um décor criativo com estante de livros! 

Capa: Com plantas, tudo ganha mais vida: a estante toda fica muito expressiva (Projeto: Estudio LF Arquitetura)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *