Menu
Projetos e Obras
Busca

Os livros dão um toque sutil à decoração de diferentes ambientes da casa (Projeto: Portobello S.A.)

Conteúdo Matérias

7 dicas para ir além das estantes na decoração com livros

21/07/2021

Descubra como incluir a decoração com livros em seus projetos de formas menos comuns, trazendo um toque extra de personalidade para diversos cantos da casa.

A decoração com livros é capaz de dar uma boa dose de autenticidade a salas de estar, quartos, escritórios e cozinhas, entre outros ambientes. E ela não precisa ficar restrita à estante.

Isso porque esses itens podem ocupar inúmeros espaços, trazendo um charme especial para vários cantos da casa. 

Um dos maiores escritores da América Latina, Jorge Luis Borges, certa vez disse: “sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de biblioteca”.

Então, por que não se inspirar nas palavras dele e transformar casas inteiras em paraísos particulares, onde os livros estão por todos os lados? 

Continue a leitura para descobrir como usá-los em seus projetos! 

Como escolher as obras para decoração com livros? 

Não há regras específicas na hora de escolher os melhores livros para compor uma decoração. No entanto, é importante considerar alguns critérios. 

Os interesses pessoais devem vir em primeiro lugar. Afinal, além de cumprir um papel decorativo, os livros existem para serem lidos, certo? Enquanto algumas pessoas adoram ler romances policiais, outras preferem poesia, suspense, arte etc.

Outros aspectos também precisam ser levados em conta, como dimensões, cores e capas, podendo ser combinados de forma harmônica. Por exemplo, edições especiais com visuais instigantes são ótimas para incrementar a decoração, porque trazem mais personalidade para os ambientes. 

Decoração com livros: 7 ideias para você aplicar nos seus projetos 

Agora, confira dicas para sair do tradicional e inserir livros na decoração de forma inovadora.

1. Explore diferentes ambientes da casa 

Todo mundo sempre esteve acostumado a ver os livros serem acomodados em estantes, geralmente na sala ou no escritório, organizados como em uma biblioteca. Entretanto, você pode usar a sua criatividade para colocá-los em lugares menos comuns. 

A cozinha é um bom exemplo. Muita gente, sobretudo quem adora cozinhar, costuma ter em casa livros de culinária com receitas e dicas de seus chefs preferidos. Em vez de ficarem guardados em outro canto, por que não os deixar a mão? 

Ao marcarem presença na cozinha, eles podem até inspirar os moradores a se aventurarem em novos pratos e prepararem refeições deliciosas para toda a família. Além disso, os livros trazem um ar próprio para o ambiente mais afetivo do lar.

O lugar de livros de receitas e sobre alimentação é na cozinha (Projeto: Haus Arquitetos

Eles podem tanto ser apoiados sobre o balcão quanto colocados em uma prateleira. Aqui, o importante é que estejam à vista para não serem esquecidos no dia a dia. 

Uma decoração com livros, bandejas, quadros e plantas também se integra muito bem à cozinha
Uma decoração com livros, bandejas, quadros e plantas também se integra muito bem à cozinha (Projeto: Robert Robl

2. Use os móveis à disposição 

Mesmo nos cômodos onde os livros sempre marcaram presença, como é o caso dos escritórios, é possível variar na distribuição.

Como já comentamos, eles não precisam ter uma estante exclusiva. Na verdade, a decoração com livros se torna ainda mais interessante quando mistura elementos.

Nichos em escritórios servem tanto para livros quanto para outros objetos
Nichos em escritórios servem tanto para livros quanto para outros objetos (Projeto: Aercio Santiago

Você pode aplicar a mesma lógica nos demais ambientes da casa. Na sala de estar, as possibilidades são ilimitadas, pois boa parte dos móveis serve perfeitamente para a decoração com livros. 

A mesa de centro costuma ser a queridinha nesse caso. Apesar de ter sua própria utilidade, ela não precisa ficar vazia; justamente por ser um móvel central, merece destaque.

O casamento entre livros com capas chamativas e mesas de centro dificilmente dá errado
O casamento entre livros com capas chamativas e mesas de centro dificilmente dá errado (Projeto: Klaxon Arquitetura

Por ficarem visíveis, dê preferência aos títulos famosos, com capa dura e acabamentos sofisticados. Não é à toa que os catálogos de museus, livros de arte e fotografia se dão tão bem com as mesas de centro. 

Também é possível decorar outros móveis com livros, como aparadores e mesas de canto. Seja qual for a peça escolhida, só tome cuidado para não poluir o visual ou interferir na visão do ambiente. Em vez de empilhar muitos volumes em um mesmo lugar, procure distribuí-los de forma harmônica. 

3. Inclua outros objetos na decoração com livros 

Outra dica valiosa é não deixar os livros solitários. As obras podem ser colocadas em meio a outros objetos decorativos, desde que não deixem o ambiente com uma aparência sobrecarregada. 

Explore os sentidos vertical e horizontal. Aliás, sobre aqueles que ficam na horizontal, você pode acomodar itens como vasos e esculturas. 

Uma única flor colocada sobre os livros consegue produzir um efeito elegante e, ao mesmo tempo, delicado
Uma única flor colocada sobre os livros consegue produzir um efeito elegante e, ao mesmo tempo, delicado (Projeto: Isabelle Cassani

4. Leve em conta o visual dos livros na hora de organizá-los 

Na hora de arrumar os livros, diferentes critérios podem ser usados.

Tem gente que gosta de organizar as obras por ordem alfabética, autor, gênero ou assunto, por exemplo. Funciona muito bem para as pessoas que precisam consultá-los com frequência.

Agrupar em um mesmo lugar os vários volumes de uma coleção também facilita as consultas e cria harmonia visual. Porém, essas não são as únicas maneiras de ordenar. 

Pensando na estética, a organização por cores e tamanhos é uma ideia interessante para a decoração com livros. Quanto mais opções, mais composições.

Ao usar a cor como critério, você pode levar em conta as tonalidades das lombadas das obras para fazer combinações monocromáticas, entre cores complementares e análogas ou até para criar um efeito degradê.

Como a cor é o elemento visual mais emocional de todos, quando explorada do jeito certo, ela é capaz de produzir um forte impacto nos ambientes. 

Agrupar os livros por tamanho também é uma possibilidade. Isso não significa que os maiores não possam ficar ao lado dos menores; o importante é conquistar um resultado agradável.

Lembre-se ainda de considerar a dimensão do móvel em que os volumes ficarão, para que não ocupem toda a superfície. 

5. Aproveite os espaços da casa 

Use a imaginação para encontrar lugares inusitados para colocar os livros. Projetos que aproveitam espaços antes sem utilidade, como embaixo de escadas, já são bastante comuns. Entretanto, também é possível explorar outras ideias simples, mas que dão uma cara diferente aos ambientes.

O nicho alinhado à mesa serve de abrigo tanto para os livros quanto para outros objetos usados na cozinha
O nicho alinhado à mesa serve de abrigo tanto para os livros quanto para outros objetos usados na cozinha (Projeto: Portobello S.A.)  

6. Crie um cantinho para leitura 

Incluir no projeto de arquitetura e decoração um cantinho para a leitura costuma encantar os apaixonados por livros.

Afinal, nada melhor do que ter um espaço aconchegante feito especialmente para fortalecer o hábito de ler. Além de incentivar essas pausas, ele deixa o ambiente ainda mais bonito. 

E não se trata de algo muito complexo. Pelo contrário: basta escolher um lugar reservado, como um canto da sala de estar, uma poltrona confortável e uma luminária com uma lâmpada adequada para leitura. 

Além de aconchegante, esse cantinho da leitura se destaca pela elegância da poltrona de couro, dos revestimentos e da cor vibrante ao fundo
Além de aconchegante, esse cantinho da leitura se destaca pela elegância da poltrona de couro, dos revestimentos e da cor vibrante ao fundo (Projeto: JL Arquitetura e Design de Interiores 

Criar um espaço de leitura para as crianças também é uma excelente ideia. Além de compor a decoração dos quartos, isso incentiva os pequenos a pegarem gosto pelo universo dos livros desde cedo. 

7. Pense na conservação dos livros 

Diferentemente de outros objetos decorativos, os livros exigem certos cuidados. Isso porque tanto a luz direta do sol quanto a umidade podem estragá-los. É importante que você pense nisso na hora de elaborar seus projetos de decoração.

Por exemplo, em um primeiro momento, colocar um livro na mesa de cabeceira pode parecer uma excelente ideia. Porém, dependendo da posição, talvez o sol incida sobre o móvel por muitas horas do dia. Se isso acontecer, as chances de a capa desbotar em pouco tempo são altas. 

Já em relação à poeira, é praticamente impossível evitá-la, a não ser que os livros sejam colocados dentro de estantes com portas. Mas, quando se trata de decoração, a proposta é deixá-los à mostra.

Além de aproveitar as cores das lombadas dos livros, uma ideia interessante é posicioná-los deixando o miolo envelhecido exposto
Além de aproveitar as cores das lombadas dos livros, uma ideia interessante é posicioná-los deixando o miolo envelhecido exposto (Projeto: Portobello S.A.)

De qualquer modo, a poeira não é nenhum grande problema ou impeditivo para decorar os ambientes com livros, pois uma batidinha com pano ou espanador dá conta do recado. 

Essas dicas para ir além das estantes na decoração com livros mostram como é possível inovar de formas relativamente simples.

Sem dúvida, além de transportarem as pessoas para outros universos, os livros conseguem preencher os espaços e colaborar com o visual dos ambientes de forma única. 

O que acha de saber mais sobre os nichos decorativos? Por serem versáteis, eles podem ser usados tanto para organizar livros quanto para aproveitar melhor áreas internas e externas! 

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *