Menu
Projetos e Obras
Busca

Instalação da Nike com o conceito de Laboratório por Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Contando histórias através de projetos com a Hotel Creative

28/05/2021

Projetar um espaço contando histórias é uma ótima estratégia para os próximos anos. A famosa tendência “storytelling” ganha a cena daqui pra frente. Confira!

Storytelling nada mais é que a arte de contar história. Criar e aproveitar de uma atmosfera mágica para relatar, projetar e comunicar. Com isso, o projeto ganha mais destaque, fixando-se na memória dos usuários, visitantes e observadores. Contando histórias é uma forma de atrair mais pessoas para seu espaço e ganhar visibilidade.

A Hotel Creative é uma agência multidisciplinar com sede em Londres, especializada em criar conceito, design, espaços e direção de arte para marcas. Utiliza o storytelling como estratégia para todos seus projetos, criando resultados inovadores, que se destacam e fixam na memória das pessoas.

Separamos aqui alguns passos de como adicionar storytelling em um projeto, exemplificando com espaços mágicos projetados pela Hotel Creative para a marca Nike:

1. ENTENDA SEU PÚBLICO

Saber a fundo para quem você está projetando e quem será o usuário final do seu espaço é essencial. Entender o que eles almejam, procuram e sonham ajuda a contar uma história direcionada a essas pessoas, envolvendo-as na narrativa.

Para o lançamento de uma coleção da Nike de roupas de inverno, a Hotel Creative voltou a narrativa para o público explorador, que gosta de esportes na natureza e fez todo o conceito em volta disso. Com plantas nativas e um cenário aventureiro. Assim, comunicando todos os benefícios desta coleção para este público específico, com as roupas de alta resistência a tração e água.

contando histórias
Instalação da Nike com o conceito de aventura e esportes à natureza por Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)

2. APROFUNDE-SE EM UM CONCEITO ESPECÍFICO

Quando há um conceito e uma história por trás do projeto, ele se torna muito mais efetivo. Apenas usar referências de texturas, formas e cores não faz com que o projeto conte uma história. É preciso buscar um momento e um cenário em específico e, a partir daí, extrair códigos para projetar.

Outro projeto feito pela Hotel Creative que podemos exemplificar aqui utiliza o conceito de laboratório para projetar e contar uma história em volta dele. Elementos desse cenário como tubos de ensaio, dutos, fios elétricos e formas metálicas fazem parte da narrativa e ajudam a compor todos os elementos da decoração.

contando histórias
Instalação da Nike com o conceito de Laboratório por Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)

3. ADICIONE EXPERIÊNCIA RELACIONADA COM ESTA HISTÓRIA

Adicionar experiências que fazem parte dessa narrativa, onde o usuário pode vivenciar faz com que o projeto fixe ainda mais na memória dele.

Para exemplificar esse ponto, trouxemos o projeto que a Hotel Creative concebeu para o lançamento de uma colaboração entre a Nike e a série do Netflix Stranger Things. A pop-up store projetada para esse lançamento usa elementos e códigos exatamente iguais às cenas da série, reproduzindo salas, detalhes e acabamentos. Os visitantes sentem-se como se estivessem dentro do mundo sombrio da série: com ratazanas, caixas de lixo e iluminação vermelha.

contando histórias
Pop-up store do lançamento da colaboração da Nike e a série Stranger Things por Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)
contando histórias
Detalhes da série Stranger Things fazem da pop-up store um espaço de experiência para a colaboração com a Nike (Foto: Cortesia Hotel Creative)

4. APOSTE EM CORES

Não tenha medo de usar cores na hora de projetar, focando em storytelling. Cores ajudam a fazer com que o projeto ganhe destaque e mais vida.

Para uma antiga vitrine da Nike, criada pela Hotel Creative, o uso da cor é essencial para criar impacto desde longe. Quadrados coloridos são usados como revestimento das paredes da vitrine, onde alguns deles ganham volume virando podiums para expor os sapatos.

Vitrine para Nike feita por Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)
Vitrine para Nike feita por Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)

5. UTILIZE ELEMENTOS FIGURATIVOS

Utilizar elementos banais e figurativos ajuda também a criar o cenário de storytelling. Os usuários associam estes elementos às suas vivências passadas ou ao seu dia a dia e entram a fundo no conceito do projeto.

Como, por exemplo, para uma instalação projetada pela Hotel Creative em relação a uma campanha específica de roupas para mulheres. A campanha ressalta a mulher como campeã, por isso o uso figurativo dos troféus ajudam a contar essa narrativa de forma direta e certeira.

Instalação com o uso de repetições de troféus para a marca Nike projetada pela Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)
Instalação com o uso de repetições de troféus para a marca Nike projetada pela Hotel Creative (Foto: Cortesia Hotel Creative)

Para contar histórias através de projetos é preciso entender para quem você está narrando a história, criar um conceito criativo por trás, adicionar experiências relacionadas a esta história e soltar a imaginação usando cores e objetos figurativos. Com isso, seu projeto terá storytelling como estratégia, destacando-se e fixando-se na memória dos usuários. Aposte nessa tendência!

Leia também: Munich: storytelling como estratégia de design de interiores

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *