Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Arquitetura

Como construir uma piscina em casa?

10/04/2019

Ter piscina em casa já foi considerado um luxo, mas atualmente o mercado apresenta preços e opções cada vez mais atrativas para todos os tipos de bolsos. Com criatividade você pode ter a piscina dos seus sonhos e desfrutar de bons momentos! Confira a matéria!

Uma piscina em casa proporciona momentos de lazer em família e um merecido refresco nos dias de calor intenso. A vantagem é que esse cenário não precisa ser apenas um sonho, afinal é possível construir uma piscina barata, funcional e que ainda agregue valor ao seu imóvel.

Para ter sucesso, é preciso considerar primeiramente alguns fatores importantes, como o espaço disponível, a profundidade e os materiais a serem utilizados. Preparamos algumas dicas para você!

É possível construir uma piscina em espaços pequenos

Muitas pessoas desistem de construir uma piscina por acreditarem que o espaço disponível é muito limitado. No entanto, com um bom projeto e profissionais capacitados, é possível para realizar o sonho de dar um mergulho sem precisar sair de casa e ter um lindo jardim com piscina.

Além disso, a vantagem de ter uma piscina pequena é que o custo da manutenção e da limpeza também acabam sendo menores. Os modelos retangulares são mais comuns, mas o formato pode variar de acordo com o seu gosto pessoal e as condições da área a ser construída.

A piscina se integra a varanda da casa em uma deliciosa área de lazer

Qual é o melhor material para construir uma piscina?

Essa escolha não é tão simples, pois é necessário levar em conta não só o local da construção em si, mas se o terreno é adequado para receber a estrutura e qual é o investimento financeiro disponível.

A piscina em alvenaria e concreto, por exemplo, tem uma durabilidade bem maior, além de se ajustar a qualquer tamanho. Em contrapartida, por se tratar de um trabalho técnico, é mais cara, exige regulamentação própria e autorização da prefeitura, dependendo da região. Por isso, se essa for a sua escolha, o primeiro passo é providenciar os documentos e a autorização necessários para a obra.

Em seguida, contrate um profissional capacitado para abrir o espaço da piscina e também para fazer o nivelamento do solo. Dependendo do tamanho da obra e da profundidade desejada, pode ser preciso utilizar uma retroescavadeira para realizar a escavação.

O sistema de encanamento e filtração deve ser feito com um encanador experiente, para garantir que a instalação seja realizada corretamente. Se optar por iluminação no interior e na área da piscina, também é necessário contar com um eletricista para fazer o serviço.

Além disso, após fazer o levantamento das paredes e colocar o piso, os revestimentos são fundamentais para dar o acabamento. Nesse caso, você pode optar por azulejos ou pastilhas para a piscina.

Revestimentos  em pastilha dão um toque todo especial para a sua piscina

Outra opção é apostar na piscina em fibra de vidro, em modelos pré-fabricados. Ela oferece facilidade na instalação, a desvantagem é que não existem tantos formatos disponíveis, além de não se adaptar a qualquer terreno.

Por fim, você também pode escolher uma piscina feita de vinil. O material é ajustável a qualquer formato e possui uma extensa variedade de formas e cores.  Já a manutenção requer uma atenção especial, porque é preciso usar produtos específicos para limpeza de piscina para não deteriorar o material.

O projeto do escritório AD Arquitetura tem a piscina de frente para o mar

Fique de olho nas condições do solo e na impermeabilização

O planejamento é uma das etapas mais importantes na construção de uma piscina, principalmente para quem quer evitar imprevistos e custos extras. Por isso, antes de escavar o solo e mexer na estrutura do terreno, certifique-se de que a área está liberada e que a documentação está em dia.

Além disso, não se esqueça dos impermeabilizantes para as paredes, para não provocar infiltrações pelo terreno. O ideal é que esse procedimento seja feito durante construção, antes da aplicação dos revestimentos.

O mais indicado é utilizar as argamassas impermeabilizantes flexíveis para piscinas, feita com aditivos químicos e produtos específicos. Esses modelos irão se adaptar a quaisquer movimentações que possam ocorrer. Sobre ele é que você deve aplicar os azulejos para dar acabamento.

Já a limpeza da piscina precisa ser feita de forma regular, evitando sujeira acumulada na água, nos filtros e nos revestimentos. E, com a construção já concluída, um projeto simples de paisagismo e objetos de decoração valorizam ainda mais a sua piscina.

Viu só? Construir uma piscina pode ser mais simples do que você imagina. Confira em nosso site os projetos incríveis e se inspire!

 

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *