Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Design

Closet: monte um ambiente funcional e cheio de estilo

05/09/2018

Um bom closet oferece muito mais do que funcionalidade — ele traz personalidade e estilo a um projeto arquitetônico. Neste artigo, você vai conferir inspirações para projetar um ideal e receber dicas sobre iluminação, revestimentos e mobiliário para o ambiente. Acompanhe!

Em 2014, “o maior closet do mundo” virou notícia: o ambiente de três mil metros quadrados da Mrs. Theresa Roemer tem nada menos do que três andares, um bar e uma longa escada em espiral.

Com tanto espaço disponível, a norte-americana utilizava o cômodo para encontros com as amigas, eventos de caridade e até festas.

Mas, claro, ela não se esquecia da principal função de um bom closet: armazenar as roupas. E não eram poucas — os veículos que conversaram com ela na época, como a Cosmopolitan, apontam que o espaço reunia cerca de dois milhões de dólares em roupas, sapatos e acessórios, como 60 bolsas Birkin e 75 pares de sapatos Christian Louboutin.

Um closet, se for bem planejado, pode se tornar um verdadeiro protagonista na casa

Muito glamour, não é? O exemplo é exagerado, mas mostra bem como um closet não é somente um cômodo acessório em um projeto arquitetônico. Se for bem planejado, ele pode se tornar um verdadeiro protagonista na casa.

Conversamos com a arquiteta Giovana Guerra, que cadastrou um charmoso closet de casal no Archtrends Portobello, para entender o que ela considera essencial na construção de um espaço como esse. Confira algumas dicas a seguir!

Projeto de closet da arquiteta Giovana Guerra

Atente ao estilo dos clientes

Essa é uma dica que você já deve considerar para qualquer ambiente que projeta, mas é especialmente importante na construção do closet: saiba qual é o estilo dos clientes.

No caso desse cômodo, conhecer o estilo deles vai muito além de saber se preferem uma decoração minimalista ou clássica, e envolve compreender as particularidades do vestuário de cada um.

Conhecer o estilo do dono do closet, vai muito além de saber se prefere uma decoração minimalista ou clássica, e envolve compreender as particularidades do vestuário de cada um.

“É importante que a gente saiba a numeração que o cliente veste e calça para projetar os armários com conforto”, ressalta Giovana.

Clientes com uma numeração maior de calçados, por exemplo, demandam mais espaço na área do armário reservada para os sapatos.

Clientes de estatura maior, por sua vez, exigem cabideiros altos, assim como aqueles que possuem muitos vestidos. A solução são armários planejados ou modulados — que, além de permitirem adaptação a essas particularidades, oferecem espaços específicos para bolsas, acessórios etc.

Giovana também fala sobre a escolha entre closet aberto ou fechado. Ela trabalha principalmente na cidade de Rio Verde, Goiânia, um importante polo agropecuário — o próprio casal para quem montou o closet é desse setor — e as condições climáticas da região não favorecem os closets abertos.

“Eu não faço closet sem portas, porque a minha região não permite. Aqui não cabe essa sistemática, porque, mesmo você tendo uma casa climatizada, a poeira, a luz etc. podem desbotar as roupas e gerar desgaste nos materiais”, ela explica.

E, claro, vale conversar bastante com os clientes para entender outras necessidades, além dos cuidados com o vestuário.

No caso do projeto da Giovana, por exemplo, eles precisavam de uma acústica reforçada no cômodo, já que ele tem portas de acesso ao banheiro e ao quarto dos dois, que acordam em horários diferentes.

Cuide da iluminação do closet

Especialmente quando o closet não é integrado ao quarto e não tem janelas, é muito importante prestar atenção ao compor a iluminação do ambiente.

Afinal, o closet é o espaço onde a pessoa vai escolher as roupas para o dia e se maquiar, portanto precisa de luzes que não distorçam as cores.

O closet precisa de luzes que não distorçam as cores

“A minha especialização em light design entra em ação”, diz Giovana. Ela prefere luzes com temperatura de 4000 K, consideradas neutras. No projeto sobre o qual conversamos, utilizou iluminação indireta com uma sanca e, na região do espelho, posicionou duas lâmpadas laterais.

As luzes laterais são interessantes para não causar sombras no reflexo, o que poderia dificultar bastante a aplicação correta da maquiagem.

Invista nos revestimentos

Reparou os espelhos no fundo do closet projetado pela Giovana? Eles são uma tática para expandir o espaço — além, claro, de ser um elemento essencial em um bom closet, já que permitem uma visão de corpo inteiro.

O piso é de peças polidas do porcelanato Bianco Tu. Giovana costuma preferir porcelanato acetinado, mas conta um truque para acertar no uso dos polidos: “Minha recomendação é nunca ter luz diretamente sobre o piso, para ele não criar um efeito espelho”.

A disposição do móvel no centro do cômodo, segundo a arquiteta, também ajudou a diminuir os reflexos da luz no piso  e serviu como mais um espaço para guardar acessórios.

Para dar personalidade ao espaço, uma boa ideia é investir em texturas e estampas. Giovana deu nova vida ao ambiente simplesmente colocando uma cadeira colorida de acrílico na penteadeira.

Mais inspirações de closet

O projeto da Giovana é um exemplo de closet concebido como um cômodo à parte do quarto, mas o closet também pode ser integrado. Em quartos amplos, essa é uma ótima ideia para aproveitar a luz natural das janelas e trazer ainda mais facilidade para o dia a dia do cliente.

ambiente projetado pelo Espaço do Traço Arquitetura segue nessa linha. O closet fica no próprio quarto. Como ele é aberto, as roupas fazem parte da decoração do cômodo. Nesse caso, elas estão bastante organizadas, mas um cuidado essencial com o closet aberto é sempre evitar desorganização, ou a bagunça fica muito exposta.

A integração estética fica por conta do minimalismo do Concreto Cinza 60×120 no piso, que harmoniza com a madeira dos armários.

Josi Barros também optou por um closet aberto em um projeto. O tom sóbrio dos armários é reforçado pelo piso de porcelanato Gea Nordic, e a iluminação ganha um charme a mais com fitas de LED sob as prateleiras — uma boa estratégia para transformar os armários em itens de decoração, além de reforçar a iluminação pontual sobre os acessórios.

Closet: monte um ambiente funcional e cheio de estilo

Projeto de closet da arquiteta Josi Barros

E aí, se encantou com esses projetos de closet? Compartilhe este post nas suas redes sociais e mostre para outros colegas como esse ambiente pode ser cheio de estilo — no vestuário, claro, mas também na arquitetura!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *