Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Academia em casa: como projetar um espaço funcional e bonito

04/12/2020

Aprenda a montar uma academia em casa: veja dicas para escolher o local, definir os equipamentos e decorar de maneira atrativa, aconchegante e funcional!

A pandemia do novo coronavírus trouxe muitas mudanças significativas. E, sem dúvida, o apego maior ao lar foi uma delas. Com isso, várias pessoas passaram a buscar maneiras de adaptar a moradia às suas necessidades. Por exemplo, com uma academia em casa.

Prático, seguro e versátil, esse espaço permite manter a rotina de exercícios mesmo no isolamento e funciona como um motivador extra para quem tem preguiça de sair para fazer atividades físicas. Quer montar uma academia em casa e não sabe como? Siga a leitura!

Por que ter uma academia em casa?

São muitos os benefícios de ter um espaço fitness em casa.

O primeiro, sem dúvida, é a praticidade. Afinal, você poderá se exercitar a hora que desejar, sem ter que se deslocar ou se submeter ao horário de funcionamento da academia — o que é excelente para quem tem uma rotina agitada e pouco tempo para a malhação.

Além disso, com um espaço desse você poderá economizar. O investimento é feito apenas uma vez, na estruturação, e de vez em quando para adquirir novos produtos e equipamentos.

Inclusive, esse dinheiro que você economizará poderá ser usado para contratar um personal trainer e ter um auxílio exclusivo, por exemplo, deixando a sua rotina de treinamento ainda mais de acordo com o seu perfil e os seus objetivos.

A academia em casa oferece uma série de vantagens, principalmente a facilidade de poder treinar no horário que for mais confortável para a sua rotina (Projeto: Haus Arquitetos)

Para quem não gosta de dividir aparelhos ou aguardar a vez nas academias lotadas, ter um espaço fitness em casa é uma excelente alternativa, pois é possível treinar com toda a liberdade.

Outras vantagens que podemos citar são:

  • possibilidade de trabalhar com atividades diferenciadas e de acordo com os seus gostos pessoais (musculação, aeróbico, funcional, pilates, crossfit etc.);
  • equipamentos de primeira linha, já que você poderá optar pelas marcas e pelos modelos que mais agradam;
  • mais higiene sobre os aparelhos, afinal, só você e a sua família usarão a academia;
  • menos distrações e maior rendimento;
  • toda a família poderá usar o espaço.

Onde montar a academia em casa?

Praticamente qualquer lugar da casa pode ser transformado em uma academia. A arquiteta Fernanda Calazans explica que o ideal é que o “ambiente tenha, no mínimo, espaço para colocar um colchonete para alongamentos e exercícios e uma estante para pesos, tornozeleiras e acessórios”.

Assim, é possível criar a sua academia em diferentes espaços que podem estar disponíveis, como um quarto de hóspedes, um cantinho na sala de estar, a varanda, o quintal, a garagem ou a área de lazer (próximo à piscina, por exemplo), entre outros.

Para definir qual é o melhor local de casa, primeiro considere quais são os seus objetivos com a academia e os tipos de exercícios que você pretende ou gosta de fazer. Dessa forma, também será mais fácil definir equipamentos, acessórios e outros pontos cruciais.

A academia pode ser montada em diferentes espaços de casa, desde um quarto vago até a sala de jantar (Projeto: Portobello Shop Varginha)

Mesmo espaços pequenos podem ser usados, principalmente se você pensa em adotar equipamentos multifuncionais e itens menores, como os elásticos, halteres e outros. Por isso, a academia em casa também pode ser projetada por quem mora em apartamento.

O mínimo recomendado, contudo, é que o espaço tenha entre 2,8 e 4,7 m².

Outra dica importante é escolher um local que não atrapalhe o fluxo de circulação da casa.

Cuidados estruturais

Além do tamanho, Fernanda explica que o usuário deverá considerar outras questões essenciais, como ventilação e luz.

Quando nos exercitamos, é normal que a respiração se torne mais acelerada e a temperatura do corpo suba. Por isso, malhar em um local arejado é fundamental.

Fora a ventilação natural, você poderá optar por incluir um ventilador. Só tome cuidado com o ar condicionado, que pode deixar o espaço mais seco e dificultar a respiração durante as atividades.

A iluminação é outra questão. Afinal, é fundamental conseguir enxergar bem os exercícios, pesos e equipamentos.

Se a iluminação natural não for muito favorável, compense com a artificial. Mas atenção na hora de escolher as lâmpadas, porque é importante que elas não aqueçam o espaço.

Piso

O piso é uma decisão bem importante e dependerá do exercício físico que será realizado.

Como há a questão da presença dos pesos, a dica é investir em uma superfície emborrachada, como tapetes ou tatames.

Essas coberturas ainda ajudam a evitar escorregamentos e são ótimas soluções para quem não deseja realizar uma reforma mais intensa na área da academia.

Dessa forma, você conseguirá manter a beleza do seu porcelanato e evitar acidentes.

Com as dicas certas, a academia em casa pode ser uma área charmosa e funcional (Projeto: Espaço & Casa Arquitetura e Interiores)

Outros pontos

Paredes e outros pontos estruturais podem precisar de reforço, dependendo do equipamento que será instalado ou da atividade que será feita.

“Se for realizar exercícios que precisem de equipamentos presos à parede, é necessário reforço. No caso da instalação de um saco de box, por exemplo, é preciso contar com um suporte preso na laje e verificar se a laje suporta a fixação de um peso concentrado em um só ponto”, orienta Fernanda.

E os equipamentos?

Definir os equipamentos para a sua academia em casa dependerá muito das atividades que você pretende praticar.

Quem ama corrida não pode deixar de lado a esteira. Para os amantes do ciclismo a bicicleta ergométrica é fundamental. Ainda há a possibilidade de criar uma área destinada a outras atividades, como pilates e yoga, com tatames, bolas e bozu.

Se a ideia é montar um circuito de funcional, vale a pena contar com diferentes tipos de elásticos, cordas, step, halteres, TRX, corda náutica e kettlebel, entre outros.

Para a musculação, dependerá se você é mais avançado ou iniciante. A barra fixa, o banco inclinado, os halteres e as anilhas são fundamentais. Fora eles, você pode incluir outras opções, como equipamentos multifuncionais, caneleiras e barras.

Para quem deseja emagrecer, é importante contar com itens que permitam a realização de exercícios aeróbicos, como jump, cordas para pular, corda náutica, elíptico etc.

Os equipamentos dependerão muito das atividades que você deseja fazer e do seu nível de prática, podendo mesclar equipamentos aeróbicos e de musculação (Projeto: Tereza Cristina Marques Jeronimo)

Mesmo com um orçamento enxuto já é possível começar a sua academia em casa. Por exemplo, com um colchonete, um par de caneleiras, um conjunto de minibands com intensidades variadas e um par de halteres. Se ainda sobrar dinheiro, invista em uma fita de suspensão TRX.

Em alguns exercícios, você deverá adicionar outros itens para tornar a prática segura. Por exemplo, para fazer a barra com anilha sozinho, será preciso colocar o equipamento nas costas e depois fazer o agachamento. Então, é indispensável contar com um suporte, que permitirá a realização correta do movimento.

Como deixar o ambiente atrativo visualmente?

É claro que uma academia em casa bem equipada é muito importante. Mas não podemos deixar de lado a decoração, pois ela é capaz de tornar o espaço mais aconchegante e motivador, dando inspiração aos treinos.

Uma ideia para quem tem mais espaço disponível é usar fotos ampliadas como pôsteres nas paredes. É interessante buscar imagens de atletas dos quais você goste ou de atividades físicas relacionadas aos seus treinos. Também é bacana usar frases inspiradoras.

As cores podem ser variadas. Na maior parte do espaço, prefira as tonalidades neutras, que são mais relaxantes, ampliam visualmente e dão uma sensação maior de limpeza e claridade.

Depois, pontue com alguns detalhes em tonalidades mais fortes e vibrantes, que ajudam a adicionar mais “calor” e “energia”, motivando para as práticas esportivas.

A academia em casa deve ser bem arejada e iluminada, favorecendo o conforto durante a prática dos exercícios (Projeto: Fernanda Calazans)

Não se esqueça do espelho! É fundamental que ele seja de corpo inteiro; só assim você conseguirá acompanhar a execução dos movimentos e corrigir a sua postura durante os treinos, evitando lesões.

Um bom armário ou algumas prateleiras e nichos também ajudam na organização. Afinal, você poderá usar esses espaços para guardar pesos, anilhas, caneleiras e outros equipamentos. Ainda é possível ampliar as áreas de armazenamentos com ganchos e suportes.

E, claro, vale a pena também completar o ambiente com um equipamento de som e um televisor, para distrair e dar uma motivação extra aos seus treinos.

Outras ideias legais são uma lousa para anotar os seus treinos e acompanhar a sua evolução, plantas que ajudem a purificar o ar e quadros decorativos.

Cuidados diários

Para manter a sua academia em casa sempre bonita e funcional, não se esqueça dos cuidados diários. “A limpeza e a organização são fundamentais. Manter tudo limpo e organizado faz a diferença quando se realiza exercícios em casa”, lembra Fernanda.

Por isso, atenção também aos itens que você escolhe. Os equipamentos devem ser de materiais duráveis, resistentes e, principalmente, fáceis de limpar. Lógica semelhante se aplica ao piso, que não deve manchar com facilidade ou necessitar de muitos cuidados especiais com a higienização.

Outra dica é, sempre depois de usar a academia em casa, deixar o espaço ventilando, com as janelas abertas e os ventiladores ligados.

E claro, não se esqueça que não é porque você treina em casa que pode dispensar o acompanhamento profissional. O educador físico ajudará a conquistar os seus objetivos com segurança, montando treinos personalizados para as suas necessidades e acompanhando a execução dos seus movimentos, evitando lesões e outros problemas.

Outro ponto é a disciplina. Mesmo que a academia em casa traga mais facilidades, é primordial conseguir organizar a sua rotina para garantir tempo suficiente para os treinos e planejá-los de forma adequada às suas possibilidades.

Com essas dicas, ficou mais fácil montar a sua academia em casa? Esperamos que sim! Aproveite para ver as nossas dicas sobre espaços multiuso e transformar as possibilidades do seu lar!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *