Menu
Projetos e Obras
Busca
transformar o ambiente

Decoração

É possível transformar o ambiente sem reforma? Leia e descubra como

20/12/2017

Eventualmente, uma reforma completa é muito bem-vinda, mas você não precisa ter tanto trabalho para transformar a decoração! Se você já trocou móveis de lugar, sabe como a simples mudança da disposição dos objetos é capaz de alterar profundamente o aspecto de um ambiente. Ao modificar os detalhes certos, é possível alterar o espaço de maneira(…)

Eventualmente, uma reforma completa é muito bem-vinda, mas você não precisa ter tanto trabalho para transformar a decoração!

Se você já trocou móveis de lugar, sabe como a simples mudança da disposição dos objetos é capaz de alterar profundamente o aspecto de um ambiente. Ao modificar os detalhes certos, é possível alterar o espaço de maneira rápida, criativa e econômica.

Neste artigo, você vai aprender algumas dicas práticas de decoração para renovar o seu lar de várias maneiras!

Escolha novas cores de revestimento

transformar o ambiente

Revestimento marrom – ideal para quem deseja dar uma cara diferente ao ambiente

O revestimento é uma parte do ambiente que não deve ser negligenciada. Ele é o pano de fundo do lugar, quando é utilizado em grande escala, e também pode servir como um ponto marcante, se for empregado em detalhes. Nos dois casos, descobrir novas cores é uma alternativa para redesenhar a decoração.

Não há regra para a cor do revestimento. A escolha depende, em primeiro lugar, das suas preferências. Existem, é claro, recomendações a fim de aproveitar ao máximo as características de diferentes tipos em cada ambiente.

Como já explicamos em um post aprofundado sobre os revestimentos existentes no mercado, o porcelanato é a opção ideal para aliar elegância, resistência e praticidade. É um material muito versátil, disponível em cores e texturas variadas e até com inspiração em diversos materiais da natureza, como pedras e madeira.

Para utilizá-lo na renovação da decoração, primeiro você precisa definir o estilo que vai adotar e quais são as funções do ambiente. Espaços como cozinha e banheiro exigem cuidado especial, por exemplo, já que estão em contato constante com umidade e gordura.

Vale brincar livremente com as cores, segundo seu estilo. Para se inspirar, dê uma olhada em nossos painéis no Pinterest com imagens de decoração de banheiro e de cozinha.

Nos outros cômodos da casa, o preceito é o mesmo. Mudar o revestimento de um tom mais claro para um amadeirado escuro pode criar um efeito de aconchego, em alguns casos; o contrário pode dar a impressão de amplitude.

Para ter certeza de que está fazendo a escolha certa, utilize nosso Especificador Virtual. Ele é gratuito e revela o revestimento ideal ao ambiente que você deseja redecorar.

Combine papel de parede com revestimento

Papel de parede moderno – para aqueles que gostam de ousar, sem fazer grandes transformações

Quando são bem utilizados em detalhes, adesivos e papel de parede evidenciam toda a sua criatividade. Ao aplicá-los em ambientes inteiros, é arriscado esbarrar no exagero. Por isso, o ideal é que você escolha pontos específicos do cômodo para aplicá-los, mas utilize revestimento na maior parte do ambiente.

É interessante seguir o princípio do equilíbrio no design de interiores. Ele prevê que os elementos do ambiente estejam contrabalançados pelo espaço — ou seja, sem excesso em nenhum ponto.

Pode ser simétrico (objetos iguais dos dois lados de um sofá central na sala, por exemplo), ou assimétrico (elementos diferentes, mas com “presença”).

Intercalar papel de parede e revestimentos é uma ótima opção! Adesivos e papel de parede em pequenas áreas costumam gerar esse equilíbrio.

Que tal uma tira de papel em um lado da sala equilibrada com um móvel do lado oposto? Eles também podem ajudar a criar contraste (como um papel de parede estampado atrás do sofá com textura lisa).

Conseguem, ainda, trazer um elemento lúdico. Se for o seu estilo, não tenha medo de se divertir com os adesivos. Há modelos com desenhos inusitados, como árvores minimalistas, frases e formas geométricas. Uma boa opção são as fitas adesivas japonesas washi tapes, que já apareceram no nosso post sobre decoração “faça você mesmo”.

No caso dos quartos, muitas pessoas têm receio de ousar nas cores, já que não costumam ser ambientes em que se deseja a agitação frequentemente associada aos tons vibrantes.

O truque para minimizar esse efeito é utilizar a parede atrás da cabeceira da cama e experimentar com adesivos, papéis de parede ou até revestimentos de cores mais fortes.

Invista na repaginação dos móveis da casa

transformar o ambiente

Móveis em contraste P&B trazem sofisticação ao ambiente

Se você gosta de decoração, provavelmente suspira toda vez que passa por uma boa loja de móveis. Mas dar uma repaginada no que está disponível é tão bom quanto adquirir itens novos!

Reutilizar móveis, especialmente os antigos, é uma tendência (que chega ao ápice nas peças vintage do estilo retrô).

Se você gosta da estética mais antiga, é hora de vasculhar os brechós e até a casa dos pais ou avós em busca de itens que remetem a outras épocas. Em ambientes que priorizam essa estética, ficam bem vários objetos assim em conjunto.

Mas também é possível aliar um ou outro item retrô em cômodos com características modernas. Uma mesinha vintage em uma sala contemporânea, por exemplo, pode ser o charme do lugar.

Fora do estilo retrô, também há possibilidades para repaginar os móveis. Assim como nas paredes, os adesivos caem muito bem.

Cogite também pintar a mobília. Pode ser uma pintura com cores sólidas e vibrantes, se você quiser algo mais enérgico.

Já se preferir um ar romântico, a indicação é utilizar a técnica de pátina. Ela consiste basicamente em pintar o móvel em tons claros e, antes que a tinta seque completamente, lixar a pintura para dar um aspecto propositalmente desgastado ao móvel.

Modifique a proposta de iluminação

transformar o ambiente

Janelas grandes trazem uma bonita iluminação natural

A iluminação pode valorizar todo o cômodo, se for feita corretamente, ou arruinar a decoração, caso seja realizada com descuido. Ela vale para o ambiente como um todo e para ressaltar móveis e detalhes.

Para a luz geral, é melhor privilegiar uma iluminação forte, já que ela deve alcançar todos os cantos do local. A luminária segue a dimensão do cômodo: em lugares menores, é melhor um aparato pequeno, como uma luminária pendente fina. Nos mais amplos, vale um item maior e chamativo.

Tenha atenção ao teto também: se ele for branco, uma lâmpada apontada para cima garante que a luz seja bem refletida no ambiente inteiro.

É interessante prestar atenção à iluminação de prateleiras e nichos. Uma solução que tem cada vez mais força nesses casos são as fitas de LED.

Outro ponto importante é saber diferenciar as necessidades de iluminação de cada cômodo. Sala e quartos pedem fluorescência amarelada, que traz conforto. Os abajures com luz suave são muito bem-vindos.

Já cozinha e banheiro funcionam melhor com fluorescência azulada, que ressalta a claridade e a limpeza.

Aposte em itens de decoração inusitados

transformar o ambiente

Itens inusitados podem transformar completamente o ambiente

O principal fator a ser considerado na hora de selecionar itens de decoração é o afeto. Não adianta ter um quadro lindo que não estabeleça uma relação afetiva com os moradores da casa. Então, o primeiro investimento é entender quais objetos fazem bem a eles. Sempre com isso em mente, há algumas dicas para acertar na escolha.

Primeiro, é necessário avaliar o ambiente de alto a baixo a fim de descobrir os pontos vazios, que podem comportar mais itens. É um espaço alto e estreito? Invista em uma luminária fina e longilínea, por exemplo.

Também é importante haver harmonia entre cores e texturas dos elementos de decoração e o restante do ambiente. Valorizar o contraste é uma boa alternativa: se as paredes são lisas e em tons neutros, que tal uma moldura mais rebuscada com uma cor vibrante?

Como você percebeu, transformar a decoração mudando poucos detalhes é um desafio prazeroso, que envolve principalmente conhecer bem o gosto dos moradores da casa e a utilização de cada ambiente.

Quer se inspirar ainda mais e descobrir outras opções de decoração inusitadas? Confira como decorar com galhos de árvore!

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *