Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Tipos de telha e cobertura: quais são e como escolher o melhor

27/03/2020

Não sabe a diferença entre os tipos de telha? Aprenda as vantagens e desvantagens de cada uma e veja as indicações de uso!

Na hora de escolher entre os diferentes tipos de telha, é importante considerar algumas dicas essenciais e questões técnicas. Afinal, essa é uma etapa fundamental de qualquer construção, responsável por manter a casa segura e funcional, além de esteticamente agradável.

Tipos de telha e coberturas

No mercado especializado, há uma grande variedade de tipos de telhado, por isso é essencial compreender as diferenças básicas entre cada telha, de modo a optar pela mais adequada para sua construção.

A telha cerâmica, por exemplo, é a mais usada em projetos residenciais. Além de ser esteticamente bonita, ela oferece conforto térmico e é eficiente na hora de vedar o telhado. Também chamadas “telhas de barro”, elas podem ser naturais ou esmaltadas, sendo que a última possui maior durabilidade.

tipos de telha

Conhecidas também como “telhas de barro”, as telhas de cerâmica são fáceis de encontrar e conferem um estilo rústico ou natural à fachada (Projeto: Marcia Meccia)

Os modelos cerâmicos podem variar, dependendo do design da peça e suas características. É possível encontrar a telha romana, que tem um design sofisticado, a telha colonial, que apresenta excelente vazão de água e facilidade para instalar, ou a telha americana, que é sofisticada e possui boa estabilidade.

Além delas, há ainda a telha italiana, que dispensa o uso de argamassa e oferece excelente conforto térmico, a telha francesa, com design plano, e a telha portuguesa, com design moderno e boa estabilidade.

A telha de concreto, por sua vez, oferece boa durabilidade e ótimo conforto térmico, por isso é comumente utilizada na região sul do país e em cidades com arquitetura colonial. Em geral, esse modelo não conta com esmalte de cobertura, sendo indicada a aplicação de resina para proteção e impermeabilização.

tipos de telha

A telha de concreto Coppo Veneto é produzida a partir do cimento e oferece conforto térmico e durabilidade

Já a telha esmaltada é uma variação da telha cerâmica. A diferença é que conta com a aplicação de uma camada colorida (vítrea) e é mais usada em projetos de teto sem forro, no qual as telhas ficam visíveis de dentro da casa.

A telha de PVC é leve e versátil, podendo ser encontrada em várias cores e modelos, inclusive na versão que imita cerâmica. As principais vantagens são o fato de serem necessárias menos peças por m², por serem grandes, e a resistência, especialmente no transporte, reduzindo as chances de perda de material. Além disso, oferecem bom isolamento acústico e térmico.

tipos de telha

As telhas de concreto oferecem conforto térmico e conferem um toque mais urbano ao projeto (Projeto: Carla Bertuol)

A telha shingle é usada especialmente no sul do Brasil e em casas de alto padrão, sendo também muito comum em projetos de casas americanas. Produzida com massa asfáltica, ela é bastante resistente, exige pouca manutenção e possui grande variedade de cores. Além disso, ela permite grandes inclinações, por ser reta, leve e não acumular água.

As telhas de fibrocimento são modelos baratos e leves, que podem ser usados em telhados com pouca inclinação. Elas estão disponíveis em diferentes formatos, comprimentos e graus de ondulação e são comumente usadas em indústrias, galpões, garagens e comércios.

tipos de telha

A telha de fibrocimento é uma das telhas mais versáteis, podendo ser utilizada para obras residenciais ou até mesmo industriais

A telha ecológica, por sua vez, é produzida a partir de camadas de fibras vegetais impermeabilizadas com betume e protegidas com resina. Esse modelo pode ser encontrado em várias cores, é leve e fácil de instalar.

tipos de telha

A telha ecológica Onduline vermelha é feita de fibra vegetal, fabricada com material reciclado e possui baixa transmissão de calor, proporcionando conforto térmico ao ambiente

As telhas metálicas são as mais usadas para cobertura em vãos, principalmente de galpões, já que contam com versões maiores. Uma versão desse modelo é a telha galvanizada ou telha de zinco, que passa por um processo que ajuda a proteger o aço contra corrosão. Outra opção dentre as metálicas é a “telha sanduíche”, que possui, no meio, um “recheio” de isopor para auxiliar no conforto térmico e acústico do telhado.

A telha de policarbonato é usada em coberturas de áreas externas ou para criar pontos de luz dentro da casa, já que é uma telha transparente e translúcida. Além disso, é um modelo resistente, durável, leve e com proteção UV, que evita o amarelamento.

A telha PET, produzida a partir de garrafas PET, é ecologicamente correta, leve e bastante resistente, capaz de suportar altas temperaturas. Por não ser porosa, essa opção tem menos permeabilidade, reduzindo as chances de desenvolvimento de mofo, e ainda pode ser encontrada em modelos semelhantes às cerâmicas, em versões translúcidas e coloridas.

Por fim, a telha de vidro é a mais usada para permitir a entrada de luz solar no ambiente. Produzida no mesmo formato da telha cerâmica ou de concreto, ela pode ser instalada também em ambientes externos.

tipos de telha

A telha de vidro permite a entrada de luz, sendo especialmente recomendada em ambientes externos, como piscinas

Como escolher o tipo de telhado para sua casa

Além de entender as diferenças entre os tipos de telha, há detalhes técnicos que precisam ser considerados na hora da escolha do produto. A inclinação do telhado, por exemplo, é um ponto-chave, que garante segurança e conforto térmico.

A telha americana é um modelo que só pode ser usado com inclinação mínima de 30% – no caso de inclinações acima de 45%, a telha deve ser amarrada. Já a telha colonial, por sua vez, precisa de uma inclinação mínima de 35%.

tipos de telha

A telha americana de PVC tipo Colonial possui acabamento similar às telhas convencionais, é resistente, leve e de fácil manuseio, tornando a instalação mais prática

Para saber qual telha é indicada para a inclinação do seu telhado, vale contar com ajuda de do profissional responsável pela obra. Isso porque, dependendo do tipo de telhado, você precisará de uma telha específica.

Outras dicas importantes são investir em manta térmica para telhado, caso você deseje mais conforto térmico, e instalar uma calha para telhado, que ajuda a escoar a água da chuva.

Para criar pontos de entrada de luz na casa, além de investir em telhas transparentes, uma excelente solução é apostar em domos ou clarabóias. Trata-se de produtos fabricados em acrílico, transparentes, resistentes, que permitem a entrada de luz, são fáceis de limpar e estão disponíveis em formatos variados, favorecendo a decoração.

tipos de telha

Os domos são produtos resistentes, que permitem a entrada da luz, otimizando a iluminação e a decoração do ambiente.

Como combinar a telha com o revestimento externo da casa?

Antes da compra, é importante conferir se o tipo de telha combina com o formato do telhado e com o estilo da construção. Também é fundamental pensar nas cores da telha, que precisam harmonizar com o revestimento externo da fachada.

Se o seu projeto prioriza a questão ambiental e utiliza revestimentos diferenciados, como de pedras naturais ou que imitam cimento queimado, vale optar pelo telhado aparente, com telhas ecológicas. O resultado será estiloso e muito mais benéfico para o meio ambiente.

Já uma casa moderna pode contar com telhado embutido, em que as telhas são adaptadas para ficarem “escondidas”, evidenciando os demais elementos da fachada, como revestimentos, cores e detalhes, como pedras ou porcelanatos. Além da questão estética, esse telhado também costuma ser mais barato porque demanda menos madeiramento.

tipos de telha

O telhado embutido é uma ótima opção para valorizar os demais elementos da fachada da casa (Projeto: Melissa de Angelis)

No caso de telhados aparentes, as cores da telha também podem ser diferenciadas, criando contraste com a fachada e ajudando a valorizá-la. Para uma casa mais rústica, no entanto, com janelas e portas de madeira e tijolo aparente, vale usar telha cerâmica em sua cor natural.

Os revestimentos para fachadas ajudam a deixar as casas mais bonitas e são confeccionados especialmente para uso nas áreas externas. É possível ainda encontrar itens com estampas, cores e materiais diferentes, que valorizam o estilo da sua casa.

Agora ficou mais fácil entender sobre os diferentes tipos de telha? Compartilhe essas dicas e aproveite para definir os detalhes do seu projeto!

3 Comentários

Deixe uma resposta para Vagnario Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *