Menu
Projetos e Obras
Busca
Tendências de comportamento

As tendências de comportamento para o pós-pandemia norteiam o Trend Book 2020-2021, da Portobello

Conteúdo Matérias

Tendências de comportamento para o mundo pós-pandemia

18/12/2020

A Portobello lançou recentemente o Trend Book 2020-2021, que traz as principais tendências de comportamento para o mundo pós-pandemia. Confira!

No último dia 14 de outubro, a Portobello lançou a Mostra Unlimited, uma exposição virtual em que grandes nomes da arquitetura exibiram possibilidades de uso para as lastras. Além disso, foi apresentado o Trend Book 2020-2021, que reúne as principais tendências de comportamento para o mundo pós-pandemia.

Durante o evento, o Trend Book 2020-2021 foi explorado pela gerente de produto e pelo gerente de branding e arquitetura da Portobello, respectivamente, Pamela Golin e Eduardo Scoz.

Eles comentaram que o processo criativo exige pesquisas constantes e troca de conhecimentos. Também mencionaram como a pandemia da Covid-19 impactou as tendências de comportamento para os próximos meses.

Veja, a seguir, um resumo sobre o que pode ser visto no Trend Book 2020-2021 da Portobello!

Trend Book 2020-2021: veja quais são as tendências de comportamento para o pós-pandemia

Tendências de comportamento
A pandemia do novo coronavírus influenciou e continua a influenciar a forma como nos comportamos (Foto: cottonbro)

As pessoas demonstram o que querem muito antes de terem consciência desses desejos. E é a partir desse pressuposto que a Portobello apresenta as previsões e tendências de comportamento para um mundo pós-pandemia.

Uma grande pesquisa foi realizada, contando com entrevistas com designers e outros especialistas. A partir dessa apuração, foram mapeadas as macrotendências e as tendências para o ciclo 2020-2021.

Antes de entrarmos nos novos hábitos de comportamento, é importante que você entenda que as macrotendências são previsões de movimentos que influenciam os hábitos da sociedade. Já as tendências descrevem esses impactos em nosso cotidiano.

É dessa forma que apresentaremos este resumo do Trend Book 2020-2021, com macrotendências e tendências. Acompanhe!

Wellbeing

Tendências de comportamento
Por conta da pandemia, adaptar as residências para trabalhar em casa se tornou necessário (Projeto: Portobello S.A.)

A macrotendência Wellbeing diz que a sociedade deve ressignificar a casa como um espaço versátil e funcional, palco para diferentes atividades, que abriga, protege e conforta, ao mesmo tempo que remete a memórias afetivas.

Assim, essa macrotendência se desdobra em quatro tendências:

  1. Flex House: os espaços adaptáveis se tornaram essenciais em um cenário que está em constante transformação;
  2. Safe Place: a casa deve ser vista como um espaço seguro, permeado pelo sentimento de afeto e cuidado;
  3. Comfy Zone: os ambientes devem ser um refúgio para desacelerar, estimular sentidos, olhar para dentro e recordar o essencial;
  4. Memoir: aprender com o passado e evocar memórias para construir o futuro passou a ser ainda mais importante.

Me Is We

Tendências de comportamento
Os cuidados com a natureza devem ganhar força nos projetos arquitetônicos (Projeto: Portobello S.A.)

A macrotendência Me Is We emerge dos princípios da Geração Z, da qual fazem parte os consumidores que ingressam agora no mercado de trabalho e ditam mudanças de comportamento das marcas.

Tratam-se de pessoas que têm uma consciência política e ambiental muito forte, além de um senso de comunidade, prezando pelo compartilhamento de experiências.

Me is We, portanto, é uma macrotendência que entende o bem-estar como algo que se interconecta com o todo e que acredita que cuidar da natureza significa autocuidado. De tal forma, se reflete nas quatro tendências a seguir:

  1. True Stories: as narrativas sinceras são mais valorizadas. Contar histórias reais passou a ser visto como o cultivar de uma conversa com os nossos propósitos;
  2. Do & Share: significa compartilhar os bastidores como prova de que ética e responsabilidade são compromissos reais e não ficam apenas no discurso;
  3. Collective Soul: vê a pluralidade como vetor do senso de pertencimento e construção da individualidade. Os laços de empatia devem ser fortalecidos;
  4. Pure Self: entender-se como parte da natureza é necessário para ter uma compreensão real do sistema natural.

Soft Tech

Tendências de comportamento
As lastras são fabricadas com uma tecnologia que garante a sustentabilidade dos projetos (Projeto: Portobello S.A.)

A flexibilização do trabalho fez com que a conectividade da casa se tornasse uma necessidade básica. A digitalização dos ambientes ganhou força e deve continuar a se intensificar no pós-pandemia, com foco no aperfeiçoamento da vida humana.

A macrotendência Soft Tech fala sobre isso e também sobre processos de fabricação mais sustentáveis, que usam da tecnologia para reduzir a nossa dependência de recursos naturais. Na arquitetura, materiais que garantem a sustentabilidade, como as lastras, ganham força.

As quatro tendências de comportamento que fazem parte da macrotendência Soft Tech são as seguintes:

  1. Real Virtual: a tecnologia passa a fazer parte de praticamente todos os momentos das nossas vidas;
  2. Maxi Me: a personalização é potencializada. Os projetos e produtos passam a ter cada vez mais a cara do usuário;
  3. Dream Escape: o realismo fantástico passa a ser visto como uma válvula de escape para a realidade;
  4. Pure Tech: novas tecnologias são utilizadas para garantirmos um futuro mais sustentável.

+ Curva Forçada: Covid Pandemic

Tendências de comportamento
A pandemia é uma curva forçada que redirecionou as tendências para o futuro (Foto: Anna Shvets)

Além das macrotendências, o Trend Book fala sobre a curva forçada que direcionou o nosso comportamento nos últimos meses: a pandemia da Covid-19.

Em muitos casos, o novo coronavírus serviu como um acelerador de comportamentos que já apareciam em tendências pré-pandemia. Em outros, no entanto, a rota foi completamente alterada ou até mesmo abandonada.

O fato é que foi a pandemia que pautou todas as tendências de comportamento apresentadas no Trend Book 2020-2021, principalmente no que se refere às áreas de arquitetura e interiores. Afinal, os profissionais desse segmento precisam reinventar e adaptar os espaços para uma nova realidade.

As casas foram repensadas e viraram palco para todas as atividades do dia a dia. Foi no lar que as pessoas tiveram que trabalhar, estudar, praticar exercícios físicos, realizar atividades de lazer etc. Mesmo com a liberação gradual da quarentena, o distanciamento social ainda se faz necessário e as pessoas devem continuar a passar mais tempo no lar.

Além disso, elas passaram a ficar mais atentas sobre a instabilidade do futuro, como a possibilidade de uma segunda onda de contaminações por Covid-19 chegar em nosso país antes de uma vacina, por exemplo.

Os espaços públicos também precisaram ser adaptados para incentivar o distanciamento social e garantir a segurança das pessoas. Praças, parques, restaurantes, bares, cinemas, lojas, escritórios… Tudo precisou ter o layout modificado, fazendo com que entrássemos em uma era das cidades salubres.

Esse foi o nosso resumo das tendências de comportamento para um mundo pós-pandemia, apresentadas no Trend Book 2020-2021 da Portobello. 

O catálogo está repleto de exemplos desses fenômenos em eventos, projetos e atividades. Também traz moodboards para cada uma das macrotendências, contendo as cores da escala Pantone que mais ilustram cada uma delas.

Por isso, se você quer ficar por dentro das tendências de comportamento para o nosso futuro próximo, baixe o Trend Book 2020-2021 de forma totalmente gratuita e tenha acesso a todas essas informações. Não perca a oportunidade de ter muitos insights para os seus projetos!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *