Menu
Projetos e Obras
Busca
loja de São José

Portobello Shop São José/SC é referência em sustentabilidade

Conteúdo Portobello

Soluções sustentáveis na Portobello Shop

05/08/2022

Rede de lojas da Portobello é exemplo de como um ambiente comercial pode contribuir para a responsabilidade ambiental

A Portobello é líder na fabricação de revestimentos cerâmicos na América Latina e também a maior rede de lojas especializadas do segmento. A Portobello Shop conta com 150 lojas em todos os estados do Brasil, e, como tudo o que a marca faz, a sustentabilidade está presente também no varejo.

No quarto vídeo da websérie sobre sustentabilidade, a editora do Archtrends, Maria Silvia Ferraz, visitou a Portobello Shop São José, em Santa Catarina, atualmente a loja mais sustentável da rede.

Neste episódio, é possível conhecer a loja em detalhes e descobrir os planos que a equipe de arquitetura está desenvolvendo para o padrão de sustentabilidade para as demais lojas.

Portobello Shop São José

A Portobello Shop São José foi inaugurada em 2017. O projeto é do arquiteto Giovani Bonetti, do escritório Marchetti Bonetti. Ele idealizou para essa unidade uma estrutura para que a loja fosse uma referência em sustentabilidade.

fachada da loja em São José sc
Projeto da loja na Grande Florianópolis foi planejado para ser sustentável

“É muito interessante observar como as escolhas de arquitetura podem ter um impacto positivo no melhor aproveitamento dos recursos naturais. A construção foi limpa, utilizando concreto armado, metal e vidro. Esse tipo de arquitetura e de obra de construção civil já tem um impacto ambiental bem menor em comparação com a alvenaria tradicional”, detalha Maria Silvia, ao conhecer os ambientes da loja.

A sustentabilidade está na essência da Portobello e isso pode ser visto em todos os posicionamentos da marca, não só na parte fabril, mas também no varejo, nos produtos e nas pessoas que participam da empresa.

A franqueada e membro do Conselho de Sustentabilidade da Portobello, Gabriela Gomes, falou sobre esse modelo. “Sou bem entusiasta do projeto da loja de São José. Quando a gente começou a pensar no projeto, partimos do princípio que deveria ser uma obra limpa e com o menor impacto ambiental possível”, conta.

Gabriela Gomes
Gabriela Gomes conhece em detalhes o projeto da Portobello Shop São José

E o projeto não parou por lá, todas as outras franquias estão partindo desse princípio. “Os outros franqueados compraram essa ideia. As lojas estão cada vez mais sustentáveis, com energia limpa e construção mais limpa, porque só assim vamos conseguir ter o impacto que a gente gostaria no mundo”, explica Gabriela. 

Arquitetura sustentável

Apresentando os elementos estruturais da construção, Maria Silvia fala sobre como uma loja pode ser sustentável. “A fachada é ventilada, o que garante temperaturas mais amenas no interior da loja. No verão, essa região é bem quente, então é importante pensar em formas de maneirar no uso do ar condicionado.”

O projeto conta com ventilação cruzada, que favorece a ventilação natural. Quando a temperatura de fora está menor do que a dentro, um sistema avisa que está na hora de desligar o ar condicionado e abrir as janelas. Mesmo assim, tem dias que não dá pra evitar o ar condicionado, então a loja conta com dutos que distribuem melhor o ar frio garantindo uma maior eficiência energética.

Uso responsável da energia e de resíduos

É padrão na Portobello Shop a utilização de lâmpadas LED, não só porque elas consomem muito menos energia, como também duram muito mais tempo, retardando o seu descarte. 

A Portobello Shop São José também faz uma rígida coleta seletiva de seus resíduos. E por estar próxima da fábrica da Portobello, cerca de 45km de distância, a Portobello Shop São José consegue devolver o porcelanato descartado quando há troca de produtos em exposição na loja. E ele é reincorporado na massa cerâmica durante o processo produtivo.

Como essa loja já nasceu com a devida preocupação ambiental, o espaço para alocar a equipe também foi pensado de forma sustentável. “O arquiteto sugeriu reaproveitar contêineres descartados, uma nova vida para um resíduo tão robusto”, apresenta a editora do Archtrends.

Visão social

Como a sustentabilidade também considera a responsabilidade social, as lojas de toda rede Portobello Shop participam e apoiam projetos sociais de suas comunidades. Durante o inverno as lojas oferecem pontos de arrecadação para a campanha do agasalho, incentivando clientes e equipes a fazerem suas doações.

Maria Silvia mostra os detalhes da loja
Sustentabilidade tem a ver com o respeito ao cidadão

Outro ponto importante da sustentabilidade é a acessibilidade. “É possível notar que não há degraus no térreo da loja e os lavatórios também são adaptados para pessoas com deficiência”, registra Maria Silvia. 

Começou em Santa Catarina e vai ganhar o Brasil

A Portobello Shop São José foi a primeira loja da rede a trazer com força o conceito de sustentabilidade. Nos últimos cinco anos, a Portobello evoluiu muito em suas ações e direcionamento de sustentabilidade. 

Diversas outras lojas da rede já adotaram as características que são vistas em São José. Atualmente, a equipe de arquitetura está trabalhando em um novo padrão de sustentabilidade que vai ser lançado em breve na nova Portobello Shop Alto da XV em Curitiba/PR.

O Coordenador de Arquitetura e Obras, Luís Caliman, fala sobre esse movimento. “Ser mais sustentável é um compromisso, não tem mais opção. Não podemos não ser sustentáveis. Por isso todos nossos projetos já nascem e nascerão mais sustentáveis. Estamos trabalhando na pauta ESG (Environmental | Social | Governance), seja na parte de redução do impacto ambiental, seja na parte de melhoria, conforto e bem-estar dos ocupantes, e na parte de governança, com a redução dos custos operacionais”, explica Caliman. 

Luís Caliman e  Maitê Lolatto
Para Luís Caliman, Coordenador de Arquitetura e Obras da Portobello, ser sustentável não é mais uma escolha

Para os gestores, a operação é a parte mais importante dentro do processo de lojas sustentáveis. “Estamos falando de pessoas. As pessoas que operam nossas lojas, as pessoas que usam nossas lojas. Então é a partir da mudança comportamental dessa equipe que de fato a gente vai conseguir ter ganhos significativos no que tange a sustentabilidade”, complementa.

Trata-se de um plano macro. Esse conceito começou com um manual de acessibilidade, pensando em lojas mais acessíveis e inclusivas. O segundo passo está sendo o desenvolvimento de uma loja piloto, trazendo os conceitos de sustentabilidade para a replicabilidade na rede.

Fachada do novo Projeto
Projeto da nova loja, no Paraná, destaque em sustentabilidade

Portobello Shop Alto da XV em Curitiba

A Especialista em Arquitetura e Obras, Maitê Lolatto, falou mais sobre esse novo projeto. “A loja do Alto da XV será a loja mais sustentável da rede, porque estamos buscando otimizar os sistemas de água, energia, conforto e bem-estar. Ela vai ser piloto para parâmetros de sustentabilidade, mas tem vários que já podem ser vistos aplicados em outras lojas”, reforça.    

Maitê Lolatto
Maitê Lolatto explica como a gestão torna a sustentabilidade possível

Sustentabilidade chega até o consumidor final

Esse foi o quarto episódio da websérie sobre sustentabilidade e é possível perceber como a Portobello coloca em prática a responsabilidade ambiental. Você pode conferir todos os episódios da série, nos três vídeos anteriores, que falam da exploração da jazida, passando pela fabricação do porcelanato, mostrando como o porcelanato pode ser um material sustentável e chegando até a Portobello Shop.