Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Entrevistas

Sergio Coelho destaca projetos no Archtrends, entre os quais, o finalista do Prêmio ArchDaily Brasil

13/04/2020

Dos quase 20 projetos expostos em seu perfil aqui no site, Sergio Coelho seleciona três para contar como criou seus conceitos e quais os porcelanatos eleitos para decorar os ambientes. Entre eles, o arquiteto cita o projeto finalista do Prêmio ArchDaily Brasil – Obra do Ano 2020.

Passaram-se 31 anos e Sergio Coelho continua, como desde o início, apaixonado por desenvolver projetos de arquitetura. Ao longo dos anos, sua vocação e satisfação pessoal ajudaram a consolidar sua carreira na cidade de Ribeirão Preto (SP) e região. Pelas suas contas, conseguiu realizar mais de 500 sonhos de clientes, criando obras corporativas e residenciais de alto padrão. Mas, como é de sua vontade, muitos outros ainda estão por vir.

Para ele, a arquitetura é um campo vasto, rico e fascinante, uma das ciências mais completas do mundo. “É uma reunião de outras ciências (exatas e humanas), que encontra as ferramentas necessárias para criar e edificar. São conceitos filosóficos, matemáticos e a serviço do conforto e da segurança das pessoas”, ressalta Sergio, que já lecionou arquitetura por 15 anos.

Antenado no meio digital, Sergio aposta cada vez mais na divulgação de seu vasto portfólio pelas redes sociais. O arquiteto criou um site pessoal, uma conta no Instagram e, claro, seu perfil aqui no Archtrends. “São quase 20 trabalhos divulgados nesta plataforma bastante funcional que é o Archtrends Portobello, uma excelente integração construtiva entre profissional e a marca que, cá entre nós, dá uma excelente assistência ao cliente e também auxilia o profissional de forma exemplar”, ressalta.    

Sergio Coelho prestigiou os novos lançamentos da Portobello na feira Revestir 2020 (Imagem: acervo Sergio Coelho)

Sergio Coelho é especificador da Portobello Shop Ribeirão Preto há bastante tempo. Entre esses 20 projetos citados acima com revestimentos Portobello, ele faz questão de destacar três nos segmentos residencial, comercial e religioso. Confira a seguir:

1| Capela para Todos os Santos

É o projeto finalista do Prêmio ArchDaily Brasil Obra do Ano 2020, na categoria Religiosa. Para Sergio Coelho, foi uma alegria e satisfação participar deste concurso, “um projeto que iniciamos com muita poesia e que tem repercutido de forma bastante positiva. Sinto-me abençoado”, afirma. 

A Capela para Todos os Santos foi elaborado para a CASACOR 2019 em Ribeirão Preto. Com traços minimalistas, o projeto possui área de 9m². O conceito do espaço e seus objetos foram executados numa linguagem religiosa contemporânea. 

Sua construção voltada para um jardim busca proporcionar momentos de meditação. Possui matérias como o mármore, madeira e pedra, em uma versão ecológica, com o porcelanato Portobello. A capela também é constituída por um altar com várias imagens de Santos, onde a ideia é que cada visitante encontre seu protetor.

Prêmio ArchDaily Brasil

Frente da Capela para Todos os Santos (Foto: Denilson Machado – MCA Estúdio)

Prêmio ArchDaily Brasil

Bancos geométricos revestidos com Pietra Lombarda (Foto: Denilson Machado – MCA Estúdio)

Prêmio ArchDaily Brasil

Croqui do projeto Capela para Todos os Santos (Imagem: acervo Sergio Coelho)

Especificações:
Parede – Mos Ripa Sequoia 30×120
Detalhamento parede – Grand Joie Oro Bianco 
Detalhamento parede – Petit joie Oro Bianco 
Parede e nicho (três peças no centro e nos laterais filetes com o mesmo material) – Oro Bianco 60×120 
Bancos – Pietra Lombarda Grigio 120×120

2| Casa Rubens

Concluído em outubro de 2019, é um projeto residencial construído em um terreno com grandes desníveis. Como destaque, possui jardins em platôs executados em concreto aparente. A casa se desenvolveu em um estilo atual, valorizando o pé direito do living e, ainda, as tradições da família.

Especificações:
Piso cozinha – City Fendi 90×90 pol
Piso superior – Araucária Clara 20×120
Piso térreo – Travertino Navona Crema 120×120
Rampa- Mineral Técnica Grafite 60×60
Banheiros- Agata Nacre 60×120 
Paredes cozinha- Colorissima Off White 30×60
Piso externo – Pietra Lombarda Sépia 90×90
Piscina- Barlavento Caribbean 14,5×14,5

3| Fachada de loja 

E para citar um empreendimento, o arquiteto elege um projeto comercial de móveis, no estilo  “contemporâneo regionalista simétrico”, como define. O foco do projeto foi voltado para a iluminação e ventilação natural dos ambientes, jardins internos e fluidez entre os volumes.  “Trabalhamos com regionalismo arquitetônico, pois Ribeirão Preto é uma cidade quente e sempre pede materiais naturais, obras orientadas e ventiladas”, enfatiza.

Fachada revestida com tijolinhos Vivienne Brick, da Portobello (Projeto: Sergio Coelho)

O projeto priorizou ventilação natural dos ambientes e jardins internos (Projeto Sergio Coelho)

Trajetória 

Sergio Coelho conta que aos nove anos resolveu sair da fazenda onde vivia para dar continuidade aos estudos em Ribeirão Preto, região metropolitana de São Paulo. Sua vocação começou a dar os primeiros sinais nos desenhos que esboçava espontaneamente, tentando reproduzir de forma natural os layouts do meio urbano.

“Não sabia, ainda, que essa curiosidade era o prenúncio de uma profissão, de um estado de espírito inquieto”, destaca. A certeza veio quando cursou desenho arquitetônico durante o colegial na Escola Industrial de Ribeirão Preto. 

Sergio Coelho conquistou importantes concursos de arquitetura   

Seu primeiro projeto foi a casa de sua prima, mas o reconhecimento como profissional veio logo depois de formado, quando participou e venceu vários concursos de arquitetura, como a revitalização do centro urbano de Ribeirão Preto e o restauro do Theatro Pedro II, com uma equipe de arquitetos de vários pontos do país.

O arquiteto também foi vencedor do concurso para o projeto da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP), com sedes em Ribeirão Preto e Guarujá, e ganhador do concurso para o projeto do Residencial Santa Helena, também em Ribeirão Preto. Sergio Coelho é formado na PUC de Campinas, no ano de 1985. Possui escritório localizado na avenida Professor João Fiusa, 1901 – Sala 1002, Ribeirão Preto, contando com uma equipe de quatro colaboradores. 

Ficou curioso em conhecer mais trabalhos deste grande arquiteto? Chegou a vez de conferir seu vasto portfólio aqui no Archtrends!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *