Menu
Projetos e Obras
Busca

Sem categoria

Revestindo pisos – Parte 3

22/04/2010

Hoje, na terceira parte da nossa série sobre os prós e contras dos materiais mais comumente utilizados para o revestimento de pisos, falamos sobre pedras. Pedras – mármore, granito, ardósia, São Tomé, etc. As pedras permitem variadas colocações diferenciadas, conforme o corte que recebam em sua extração. No entanto dependem da existência de um contra(…)

Hoje, na terceira parte da nossa série sobre os prós e contras dos materiais mais comumente utilizados para o revestimento de pisos, falamos sobre pedras.

Pedras – mármore, granito, ardósia, São Tomé, etc.

As pedras permitem variadas colocações diferenciadas, conforme o corte que recebam em sua extração. No entanto dependem da existência de um contra piso com boa espessura para seu assentamento, o que nem sempre é viável, principalmente em apartamentos.

Em sua maioria, as pedras evocam uma decoração rústica e informal, mas com acabamento polido são consideradas bastante clássicas e sofisticadas.

A linha Arpoador remete às pedras com perfeição

A linha Arpoador remete às pedras com perfeição

Como principais vantagens estão sua nobreza e sofisticação, facilidade de manutenção e grande durabilidade. Algumas pedras também são indicadas para exteriores por não se aquecerem ao sol e outras por seu baixo custo.

Como principais desvantagens, a dificuldade e até inviabilidade de colocação em determinados lugares, além de também ser um revestimento “frio”. Muitas pedras não resistem a determinados tipos de abrasivos e até sucos de frutas, devido à sua porosidade, ficando manchadas se receberem algum respingo do tipo.

Se receberem acabamento polido também podem se desgastar com o uso intenso e isto nos leva a outro fator importante que às vezes é esquecido: a necessidade de manutenção em longo prazo. Às vezes é preciso recuperar a pedra através de novos polimentos ou lixamentos. Em caso de outros acabamentos (natural, apicoado, flameado, lixado), a pedra absorve sujeira e pode ser inviável sua recuperação.

Saiba mais sobre a linha Arpoador da Portobello aqui.

Maria Alice Miller é designer de interiores carioca dedicada à análise e crítica de design, decoração e arquitetura. Colabora para inúmeros sites e blogs na internet e é editora do blog Casa com Design.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *