Menu
Projetos e Obras
Busca

Lastras, porcelanatos e cerâmicas são os melhores revestimentos para paredes com umidade e podem ser usados em todos os ambientes da casa. No destaque, Concrete Rope, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Portobello Técnica

Qual o melhor revestimento para paredes com umidade?

01/08/2017

Descubra qual o melhor revestimento para paredes com umidade e confira dicas para acabar com o problema em diferentes ambientes da sua casa! [Atualizado em: 10/08/2021]

Bolor, bolhas e odor desagradável. Esses são alguns sinais de que a umidade se instalou na sua casa. Para quem sofre com isso, é fundamental entender qual é o melhor revestimento para paredes com umidade.

Afinal, o uso do material certo ajuda a resolver a questão e evitar que outros problemas maiores apareçam nos ambientes, favorecendo o conforto e o bem-estar. Confira as orientações e dicas que reunimos neste artigo!

O que causa umidade?

A umidade nas paredes tem inúmeras causas. Os vazamentos em canos são as mais graves e precisam de conserto imediato. Outros motivos são:

  • problemas estruturais, como vigas baldrames e fundações rasas ou falta de impermeabilização da laje;
  • falta de impermeabilização nas vedações, o que faz com que a umidade do solo suba pelas paredes;
  • danos nos telhados ou ao redor dos caixilhos das janelas;
  • vapor do banho que não consegue sair do ambiente;
  • ventilação ou iluminação insuficientes;
  • questões climáticas;
  • calhas entupidas.

Como identificar e resolver o problema?

Cada um dos motivos que citamos acima tem uma resolução diferente. Por isso, ao notar sinais como manchas escuras, presença de bolor e mofo, bolhas, pinturas descascadas e revestimentos estufados, contrate um profissional especializado.

O bolor e o mofo, sem dúvida, são os problemas causados pela umidade que mais preocupam. Embora sejam semelhantes, não são a mesma coisa. O bolor apenas infecta os objetos, enquanto o mofo os corrói.

No caso do bolor, a superfície se apresenta acinzentada e a remoção é simples: basta usar um pano umedecido em uma solução anti-bolor.

Já o mofo conta com pontos escuros e é mais difícil de ser retirado, pois causa danos profundos e irreversíveis ao material afetado.

Algumas dicas que ajudam a resolver e a evitar o problema das paredes com umidade são:

  • em banheiros mal ventilados, a umidade pode surgir porque o vapor do banho não consegue sair do ambiente. Nesse caso, é preciso rever a ventilação, pensando em instalar janelas ou extratores para retirar o ar quente;
  • se o problema for causado por uma infiltração, será necessário remover o revestimento ou a pintura e o reboco, selar as fissuras e adicionar impermeabilizantes no chapisco;
  • na fase de obras, sempre impermeabilizar as paredes com produtos próprios, que podem ser adicionados antes da massa corrida ou na própria massa;
  • também na fase de obras, não se esqueça de fazer a impermeabilização dos baldrames com tinta asfáltica e das lajes com manta asfáltica;
  • para as paredes externas, na fase de obras, faça uma pintura impermeável com base acrílica;
  • em regiões naturalmente úmidas, é possível utilizar um desumidificador.

Qual o melhor revestimento para paredes com umidade?

Somente após resolver a causa da umidade é que você poderá aplicar o revestimento.

Um mito é pensar que basta instalar um bom revestimento para paredes com umidade que o problema se resolverá sozinho.

Isso não acontecerá; se você não cuidar da causa da umidade, mesmo com o melhor revestimento, ela eventualmente retornará.

Então, o primeiro passo é consertar e depois aplicar o revestimento. Caso contrário, você pode ter diversos problemas, como descolamento do produto e eflorescência, entre outros, sem contar o prejuízo.

Vamos ver algumas boas opções de revestimento para paredes com umidade.

Lastras, porcelanatos e cerâmicas

Sem dúvida, as lastras, os porcelanatos e as cerâmicas são os melhores revestimentos para paredes com umidade. Isso porque apresentam características interessantes, como a resistência a fungos, a facilidade de instalação, a baixa manutenção e a possibilidade de instalar em qualquer superfície.

No caso das lastras e porcelanatos, ainda há outras vantagens, como a alta resistência à abrasão, a grande durabilidade e a versatilidade de tamanhos, cores e texturas. Como tem uma porosidade mínima, ele é bastante impermeável e requer pouquíssima manutenção.

Lastras, porcelanatos e cerâmicas podem ser usados em pisos e paredes em praticamente toda a casa. Só tome cuidado em locais com contato frequente com a água — como no banheiro —, preferindo especialmente para o piso as versões com acabamento natural, que são menos escorregadias.

Outra dica importante: em ambientes com muita retenção de umidade — como garagens, depósitos e similares —, é altamente recomendável a aplicação do porcelanato ou da cerâmica tanto nas paredes quanto nos pisos.

Os porcelanatos têm baixíssima absorção de água, além de recriarem diferentes materiais, como o mármore. Na imagem, Bleu de Savoie, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Mármores e granitos

Esses materiais são bem duros e têm maior abrasão. Por isso, custam mais caro que os anteriores.

Os mármores são muito porosos e absorvem água, necessitando de tratamento especial para não sofrerem com manchas e outros problemas.

Já o granito é menos impermeável, sendo mais resistente às manchas e ao mofo.
Essas duas pedras são muito usadas em bancadas, mas também podem ser aplicadas em pisos e paredes.

Pastilhas

As pastilhas podem ser de cerâmica ou de vidro. São ótimas para dar um charme extra, sendo muito usadas, principalmente, em cozinhas e banheiros.

Para paredes com umidade, as de porcelanato são as mais recomendadas, especialmente no caso de áreas molhadas, como dentro do box.

Elas oferecem uma enorme variedade de estilos, modelos e cores, permitindo personalizar qualquer ambiente.

As pastilhas são boas opções de revestimento para paredes com umidade e trazem um toque diferente à decoração. Na imagem, Colors Glam Diesel, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Ladrilho hidráulico

O ladrilho hidráulico é um revestimento produzido artesanalmente e tem uma atmosfera retrô bem interessante. Contudo, sua aplicação exige mão de obra especializada.

Pode ser usado em pisos e paredes com umidade, mas é fundamental realizar a impermeabilização das peças, de modo a reduzir a incidência de manchas com o passar dos anos.

Granilite

É uma massa de cimento com pedaços de pedra, como calcário, mármore e quartzo, em diferentes granulometrias, com acabamento rústico ou liso. É muito resistente, mas exige bastante manutenção e não pode ter contato com produtos abrasivos.

É possível usá-lo como revestimento de pisos e paredes. No entanto, se for aplicá-lo no chão, é fundamental usar uma resina na versão polida, que vai deixá-lo menos escorregadio.

É importante destacar que os porcelanatos e as cerâmicas conseguem reproduzir de maneira muito fidedigna todos esses revestimentos.

Portanto, você pode apostar em um produto com baixíssima absorção de água, mas sem deixar o seu design favorito de lado.

Há opções de porcelanatos para pisos e paredes que interpretam mármores, granitos, pastilhas, ladrilhos hidráulicos, granilites e muitos outros materiais.

Revestimentos que não devem ser usados

Existem alguns revestimentos que não são indicados para ambientes com umidade, como é o caso do laminado de madeira, que não pode ter nenhum tipo de contato com a água, para evitar o estufamento e o apodrecimento.

Como resolver o problema da umidade em cada cômodo de casa?

Como são muitas as causas de umidade nas paredes, é fundamental contar com a avaliação de um especialista. Mesmo assim, separamos algumas dicas que podem ajudar.


Banheiros

O banheiro é a área da casa que mais sofre com a umidade. Se o motivo é o vapor, que não tem por onde sair, é preciso melhorar a ventilação.
O ideal seria instalar novas janelas. Mas se não tiver como, você poderá adotar exaustores, que ajudam a retirar o ar quente.

A falta de ventilação é uma das principais causadoras de umidade no banheiro. Os revestimentos cerâmicos podem ser instalados em paredes e pisos nesses ambientes. Na imagem, Calacatta Blanc, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Outra dica simples é evitar deixar toalhas e tapetes molhados no banheiro, especialmente quando o cômodo estiver fechado.

Mas se o problema for mais grave — por exemplo, causado por uma infiltração —, será necessário investigar a fundo a situação.

Alguns sinais indicativos são: manchas de mofo ou bolor na parede ou no teto; partes pintadas com tinta amolecidas, com bolhas ou descascando; revestimento oco ou ameaçando se soltar; ou rejunte se soltando com facilidade ou com aspecto de molhado.

Nesse caso, é preciso chamar um especialista para encontrar e resolver a infiltração. Será necessário remover o revestimento atual, consertar o problema, refazer a impermeabilização e, finalmente, assentar um novo revestimento para paredes com umidade.

Quartos e salas

Em quartos e salas, a umidade está relacionada, principalmente, à falta de impermeabilização durante a fase de construção, em especial na laje ou nas vedações.

Também pode ser causada por problemas nas calhas, danos no telhado ou ao redor dos caixilhos das janelas. Esses últimos são mais fáceis de resolver.

Quem mora em cidades litorâneas ou regiões úmidas pode sofrer constantemente com o problema. Nesses casos, escolher um bom revestimento para paredes com umidade faz toda a diferença.

O ideal é investir em lastras e porcelanatos, tanto para o piso quanto para eventuais detalhes nas paredes.

Nos quartos, usar o revestimento certo na parede da cabeceira traz elegância e ajuda a resolver o problema da umidade. Na imagem, Bianco di Lucca Marea, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Em quartos e salas, são várias as possibilidades decorativas que um revestimento para paredes com umidade oferece, como:

  • compondo a cabeceira, já que existem versões incríveis que recriam madeira, mármore e outros materiais nobres;
  • usando lastras nas paredes para criar superfícies contínuas e favorecer a amplitude;
  • criando um belo painel para destacar uma parede;
  • desenvolvendo um painel de TV.

Cozinhas

As cozinhas podem sofrer com umidade nas paredes. Geralmente, a falta de ventilação é uma das principais causas, como acontece nos banheiros.

Pensar em soluções que favoreçam a ventilação, como a instalação de janelas, é o ideal. No entanto, se o motivo for uma infiltração ou um vazamento, precisa ser resolvido por um especialista.

Nas cozinhas, o porcelanato ajuda a proteger contra a umidade e trazer um charme extra, como o detalhe com Nero Venato, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Nas cozinhas, não há um revestimento para paredes com umidade mais usado, mas sim três: as lastras, os porcelanatos e as cerâmicas.

Você ainda pode compor a rodabanca e usar esses materiais nos pisos, evitando que o problema retorne.

As pastilhas também podem ser usadas, dependendo do efeito estético desejado.

Paredes externas

Paredes externas com umidade, na maioria das vezes, têm problemas de impermeabilização. Mas também podem sofrer com vazamentos hidráulicos.

Se sua parede não foi impermeabilizada na fase de obra, será preciso fazer isso. Retire a pintura ou o revestimento e aplique um impermeabilizante. Depois, refaça o acabamento.

As fachadas também exigem cuidados em relação à umidade. Na imagem, a arquitetura ganhou ainda mais destaque com a aplicação de Travertino Grigio Marea, da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

As paredes externas e os muros podem receber revestimentos como lastras e porcelanatos e, inclusive, ficam muito mais charmosos desse jeito.

Nesse caso, a dica é sempre conferir a indicação de uso do produto ou falar com um consultor. Opte por aqueles apropriados para fachadas e paredes externas, que são resistentes às intempéries.

Agora você já sabe qual é o melhor revestimento para paredes com umidade? Encontre opções incríveis no site da Portobello e deixe sua casa bonita e funcional!

26 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Marilene Rodrigues da Silva santos says:

    Adorei a dica pois eu não sei nada de revestimentos.

  • Zelir Rodrigues says:

    Gostei muito das definições para impermeabilização de parede com umidade. A minha parede tem infiltração no teto e parede. O que fazer? Utilizar os mesmo produtos?

    • Portobello says:

      Olá Zelir, tudo bem?

      Se o problema for apenas manchas de mofo ocasionadas pelo vapor de um banho demorado, o primeiro passo é manter o local arejado, com as janelas e basculantes sempre abertos.

      Agora, se as manchas aparecerem no corredor ou no quarto, por exemplo, é preciso chamar um profissional experiente. Ele vai investigar a parede com umidade e solucionar o problema. Geralmente, é necessário lixar e aplicar um produto para vedar o espaço. Procure certificar-se também da qualidade dos produtos impermeabilizantes que ele vai usar.

      Depois de consertada e impermeabilizada a parede, você pode investir nos porcelanatos e cerâmicas para revesti-las e deixar a casa com aquele visual incrível.

      Agradecemos o seu contato!

      – Equipe Archtrends Portobello

  • Nelci says:

    Boa tarde! Também achei incrível essas dicas, porém tenho uma dúvida. A minha sala tem uma parede ligada ao lavabo que fica embaixo da escada. Essa parede está toda mofada e já fizemos de tudo mas ninguém consegue resolver o problema. Gostaria muito de revestir essa parede com tijolo á vista e manchada com tinha branca, bem rústica. Será viável? Obrigada! Abs

    • Portobello says:

      Olá Nelci!

      Tudo bem?

      Pedimos desculpas pela demora.

      O mofo é um sinal de infiltração, por isso não recomendamos a aplicação de nenhum produto antes que a parede tenha o problema corrigido. O primeiro passo é consertar e depois aplicar o revestimento, caso contrário você pode ter diversos problemas como descolamento do produto, eflorescência, entre outros, sem contar no prejuízo.

      Obrigado pelo seu contato! Continue nos acompanhando!
      Abraços,

      Equipe Archtrends

  • Luciane Paulino says:

    Gostaria de colocar um revestimento na parede do meu quarto, pois a mesma apresenta sempre bolhas de infiltração. Já cansei de mandar arrumar e não resolve o problema. Será que um revestimento vai me causar problema nessa parede com umidade?

    • Portobello says:

      Olá Luciane!

      Tudo bem?

      Infelizmente, sim! Enquanto a infiltração não for resolvida, você não deve aplicar nada em cima. O revestimento pode deslocar, ter eflorescência, entre outros problemas.

      Obrigada por nos acompanhar!

      Abraços,
      Equipe Archtrends

  • Tatiane says:

    Oi qual profissional que devemos chamar para infiltração dentro de casa?

    • Portobello says:

      Olá Tatiane!

      Um torneiro mecânico poderá ajudar. Hoje em dia existem empresas especializadas em impermeabilização, vale pesquisar se na sua região tem esse tipo de atendimento especializado.

      Obrigada por nos acompanhar!

      Abraços,
      Equipe Archtrends

  • Luzia says:

    Quero saber se tem revestimento de parede úmida para quarto.

    • Portobello says:

      Olá Luzia!

      Tudo bem?

      Você pode optar por qualquer tipo de porcelanato do seu gosto. Por favor, veja o link e conheça alguns produtos https://archtrends.com/referencias/quartos

      Você também deve observar que para resolver o problema de umidade, é necessário primeiro diagnosticar o problema antes de assentar o revestimento.

      Abraços,
      Equipe Archtrends

  • Tomásia Gonçalves da Rocha says:

    Olá ! O quarto da minha filha está cheio de mofo e umidade,já que moramos na praia. Quero cobrir com cerâmica. Ela gosta de tons claros. Podem me indicar alguns? Obrigada.

  • Gigi says:

    Tinha dúvidas e o post me ajudou a esclarecer, além de me dar ótimas referencias pra reproduzir aqui em casa! Amei!

  • Feliciano Rosa Marques says:

    Ok para os porcelanatos em paredes com UMIDADE, mas o problema está como tratar a parede antes de assentar o porcelanato.
    Deve-se retirar todo o reboco e aplicar com a nova massa de reboco algum tipo de Impermeabilização ?

    • Portobello says:

      Olá Feliciano!

      O ideal é que você procure um profissional para que ele detecte o problema. Em muitos casos o ideal é aplicar um impermeabilizante depois de resolvido o problema.

      Continue nos acompanhando!!!

      Abraços,
      Equipe Archtrends

  • Aline Oliveira says:

    Olá, boa tarde tudo bem?!
    Então…meu problema de umidade, são nas paredes do quarto e sala. É uma umidade que vem do chão, ou seja, não se trata de algum tipo de encanamento…
    Nesse caso, o que é aconselhado usar?

  • Paula says:

    Boa Tarde!
    Gostaria de saber que tipo de revestimento eu poderia colocar na minha sala de estar e na minha sala de jantar. Vou colocar placa 3D em uma parede de cada sala e gostaria de colocar revestimento nas outras para ver se acaba c a umidade, mais tenho medo de ficar tudo parecendo cozinha, então preciso muito de uma dica de vcs de um revestimento discreto q posso colocar e não vai chamar muito atenção, queria um que não aparecesse muito as emendas.

  • DEISE says:

    Estou com umidade na parede do quarto, qual melhor revestimento pra usar?

    • Portobello says:

      Olá, Deise, como vai?

      Como explica no texto, primeiro é preciso investigar o problema e chamar um profissional para corrigi-lo. Após a retirada da umidade na parede, você pode escolher vários tipos de porcelanato para aplicar.

      Que tal você se inspirar aqui mesmo no Archtrends com revestimentos para quarto.

      E ainda, você pode ligar para o SAC 0800 648 2002 ou entrar em contato com a loja mais próxima de você.

      Você também pode conhecer todos os produtos Portobello para parede aqui.
      Grande abraço,
      Equipe Archtrends Portobello

  • Aparecida Lucimar Guimarães says:

    Olá pessoal! Adorei as dicas. Gostaria que vocês me orientasse no que fazer com uma parede que bate chuva, pois acontece isso com a parede da minha sala. Devido a esse problema tenho que ficar limpando com alvejante. Gostaria de colocar um tipo de piso e resolver de vez esta situação. O que vocês me recomendam?????

    • Portobello says:

      Olá, Aparecida,

      Para paredes com umidade, o ideal é tratar esta umidade para depois assentar o revestimento. Para verificar de onde está vindo esta umidade é importante contratar um profissional habilitado que identificará e auxiliará no método correto para eliminar qualquer infiltração que possa ter.
      Posteriormente a isso, você pode escolher qualquer revestimento que lhe agrade e que tenha esta finalidade, para aplicar na parede.

      Grande abraço,
      Equipe Archtrends Portobello