Menu
Projetos e Obras
Busca
Portobello_pbl_amb_ampla_design_max_60x60_ret_26287_2129

Conteúdo Vida contemporânea

Quatro dicas para personalizar ambientes

29/11/2017

Com a disseminação da oferta cada vez mais similar de produtos no varejo, a personalização dos ambientes é um caminho interessante para o design de interiores. Aprenda como aplicar sua identidade no decor com quatro dicas do nosso colunista.

Personalidade – segundo o dicionário Michaelis – “é a qualidade essencial e exclusiva de uma pessoa; aquilo que a distingue de todas as outras; caráter, identidade, originalidade”. Com isso em mente, paira a questão: como personalizar um ambiente usando os mesmos pisos, luminárias, móveis, acabamentos e tudo mais que compõe um espaço com a oferta disponível no mercado?

Pessoas com uma personalidade riquíssima podem não ter necessariamente uma vocação estética para criar ambientes que transbordem suas características. Nas lojas de decoração, encontramos cada vez mais peças de arte e fotografia que estão para o design de interiores assim como o fast fashion está para a moda. São cool, porém refletem as tendências do momento, e não a personalidade dos compradores. Escolher peças prontas é um atalho, porém, criar um espaço com as suas características é algo que vale à pena e realmente faz com que você se veja na decoração e se sinta, literalmente, em casa!

Abaixo, quatro dicas de como trazer personalidade para os seus ambientes:

  1. REDESENHE A OFERTA DO MERCADO

No momento de escolher um piso, por exemplo, experimente brincar com diferentes cores e texturas de porcelanato para criar um ambiente que seja a sua cara (ou a cara do seu cliente). Se pensarmos em mosaicos e nos aprofundarmos no universo de cada um, sempre há formas de propor maneiras únicas de juntar as peças e surpreender a você e aos outros.

 

  1. CRIE UMA PAREDE GALERIA

Montar uma parede repleta de pinturas, fotografias, pôsteres, espelhos e, porque não, fotos pessoais novas ou antigas, para alguns é algo muito fácil e para outros, algo quase impossível. Para começar, tudo que você precisa é de um martelo, pregos e uma coleção que represente o seu universo. Obras garimpadas, achados de família, pôsteres de exposição, lembranças de viagem. Uma dica é medir o tamanho da sua parede e montar no chão primeiro a disposição dos quadros. A mistura do novo com o velho, da herança de família com o artista do seu coração é o que fazem com que a parede seja pessoal, e não pareça saída de uma loja de produção em massa.

  1. LIVROS & REVISTAS

Nada mais pessoal que organizar um espaço na sua sala, escritório ou quarto para expor os seus gostos e inspirações. Para quem gosta de arte, livros de arte deixam qualquer ambiente mais rico. Revistas de moda e decoração sempre são charmosas e até edições antigas podem deixar qualquer ambiente muito mais pessoal e gostoso para os visitantes.

  1. PORTA-RETRATOS

Na era dos fotos digitais, cada vez menos imprimimos fotos de viagens de família e momentos especiais. Dedicar um espaço – em uma mesa de canto ou aparador – para unir fotos de momentos marcantes é o mais pessoal dos toques que podemos dar para nossa casa. Organize com carinho. Escolha molduras diferentes – misture vintage com moderno – e crie um cantinho que vai deixar sua sala realmente com a sua cara.

 

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *