Menu
Projetos e Obras
Busca
Programas em São Paulo

Exposição ExFinito no Farol Santader (Foto: Carol Quintanilha / catálogo da exposição)

Conteúdo Eventos

O que fazer em São Paulo em janeiro

04/01/2021

Confira nossas sugestões de lazer que levam a sério os protocolos de proteção contra a Covid-19, entre exposições, espetáculos e restaurantes.

1 | ExFinito por Iván Navarro

Exposição ExFinito no Farol Santader (Foto: Carol Quintanilha / catálogo da exposição)

O Farol Santander tem se destacado pelas exposições midiáticas, imersivas, instagramáveis – e de alto valor artístico, claro. Agora chegou a vez de Iván Navarro instalar seus labirintos de cor, provocando dúvidas e potencializando os sentidos. O chileno radicado em Nova York criou 14 obras especialmente para o Farol, com curadoria de Marcello Dantas. O artista utiliza espelhos, luzes e vidros para criar obras de grandes dimensões e imersivas, permitindo uma experiência com envolvimento do espectador. O Farol Santander é um programa em São Paulo seguro, está funcionando com apenas 40% da capacidade e horário reduzido. É preciso comprar o ingresso com horário marcado no site, assim é possível visitar com mais privacidade e tranquilidade.

Serviço

Período: até 28 de fevereiro

Horários: terça a domingo, das 13h às 19h

Localização: Rua João Brícola, 24, Centro

Entrada: R$ 25 e R$ 12,50 (meia-entrada)

Ingressos e agendamentos: clique aqui

Dica: O ingresso dá direito a visitar todo o Farol. Então, além de ExFinito no 22º andar, é possível visitar também a exposição Revoada, de Flavia Junqueira, até 10 de janeiro, no 24º andar. Porém, atenção com o tempo máximo de permanência no prédio, que é de 1h45.

2 | Beatriz Milhazes: Avenida Paulista

Obra de Beatriz Milhazes (Foto: divulgação Masp)

Uma das artistas mais significativas da cena brasileira e internacional do século 21, Beatriz Milhazes ganha exposição dupla nas principais instituições da Avenida Paulista, no que deve ser um dos principais programas em São Paulo no primeiro semestre de 2021. Esta é a maior mostra já dedicada à obra de Milhazes, com mais de 170 trabalhos. A carioca é destaque no panorama da pintura internacional e na história recente da abstração. No Itaú Cultural são exibidas colagens e gravuras. No Masp, pinturas, esculturas e desenhos, uma tapeçaria, além de livros e documentos. Avenida Paulista, além de nomear a exposição, é também o título de uma pintura feita especialmente para a ocasião e doada pela artista ao Masp. Tanto o Itaú Cultural, quanto o Masp, funcionam com capacidade reduzida de público, para evitar aglomerações. É preciso comprar ou reservar ingressos com horário marcado pelo site. 

Serviço

Período: até 30 de maio

Masp

Horários: terça, das 10h às 20h; quarta, quinta e sexta, das 13h às 19h; sábado e domingo, das 10h às 18h

Localização: Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

Entrada: gratuita às terças e quartas; R$ 45 e R$ 22 (meia-entrada) nos outros dias

Ingressos e agendamentos: clique aqui.

Itaú Cultural

Horários: terça a sexta, das 13h às 19h; sábado e domingo, das 10h às 16h

Localização: Avenida Paulista, 149, Bela Vista

Entrada: gratuita 

Agendamentos apenas pelo site: https://www.sympla.com.br/agendamentoic 

Dica: Masp e Itaú Cultural ficam próximos, na mesma avenida. Assim, é possível visitar as duas partes da exposição no mesmo dia, com uma caminhada entre elas. Porém, lembre que ambas as instituições exigem agendamento de horário pelo site. Agendar em uma não garante a entrada na outra. Ainda, ambas liberam as opções de agendamento aos poucos, apenas para os próximos dias. Principalmente no Itaú Cultural, que é menor, o agendamento para a exposição de Beatriz Milhazes tem esgotado rapidamente.

3 | Infinito Vão: 90 Anos de Arquitetura Brasileira

Exposição Infinito Vão no Sesc 24 de Maio (Foto: Vitor Penteado / divulgação Sesc)

Um local que é pura arquitetura contando a história da arquitetura brasileira. O Sesc 24 de Maio, projeto de Paulo Mendes da Rocha com MMBB Arquitetos, recebe exposição com curadoria de Fernando Serapião e Guilherme Wisnik. Fotos, documentos, maquetes e peças de mobiliário relembram a trajetória da arquitetura no Brasil, da década de 1920 até hoje. São retratados desde o projeto da primeira Casa Modernista de Gregori Warchavchik, em São Paulo, até as ocupações que discutem habitação atualmente. Faz parte da exposição, inclusive, o projeto do próprio edifício do Sesc 24 de Maio, de 2017. Localizado no centro histórico da cidade, é composto por 13 andares interligados por rampas. Segundo Mendes da Rocha, procura “agradar ninguém, mas a todos de uma vez só”. O Sesc não está aberto ao público geral. Para visitar a exposição, é preciso fazer agendamento prévio no site. As visitas têm duração máxima de uma hora.

Serviço

Período: até 27 de junho

Horários: terça a sexta, das 15h às 21h; sábados, das 10h às 14h

Localização: Rua 24 de Maio, 109, Centro

Entrada: gratuita

Agendamentos apenas pelo site: https://www.sescsp.org.br/programacao/223414_EXPOSICAO+INFINITO+VAO+90+ANOS+DE+ARQUITETURA+BRASILEIRA 

Dica: Apesar do Sesc 24 de Maio ser bem próximo do metrô, nesses tempos é melhor evitar transporte público. Há opções de estacionamento em volta e chamar um motorista por aplicativo também é uma opção mais segura.

4 | Theatro Municipal

Programas em São Paulo
Theatro Municipal terá Temporada de 2021, com início em janeiro (Foto: Stig / divulgação)

Depois de nove meses fechado para o público, o Theatro Municipal de São Paulo reabriu em dezembro para espetáculos de Natal. Em 15 de janeiro, começa a Temporada de 2021. Até abril, serão 25 concertos e quatro apresentações do Balé da Cidade. A programação foi pensada para respeitar os protocolos sanitários, com a orquestra em formação reduzida. A capacidade da plateia também é reduzida, com assentos distanciados definidos previamente na bilheteria online. Um ótimo programa em São Paulo para respirar cultura, arte, música e arquitetura. Em janeiro, são apenas dois espetáculos, com o cuidado que o momento pede.

Serviço

Localização: Praça Ramos de Azevedo, s/n, Sé

Orquestra Sinfônica Municipal apresenta Haydn/Debussy/Mozart

Data: 15 de janeiro, 20h

Entrada R$ 40 e R$ 20 (meia-entrada)

Orquestra Experimental de Repertório apresenta Grieg/Beethoven

Data: 23 de janeiro, 17h

Entrada: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

Dica: Em janeiro, também serão retomadas as visitas educativas, para conhecer a arquitetura do Theatro Municipal. Com grupos menores, as visitas são gratuitas e precisam ser agendadas previamente.

Ingressos e agendamentos apenas pelo site: https://theatromunicipal.org.br/pt-br/ 

5 | Restaurantes do Cidade Jardim

Programas em São Paulo
Opera Matcha, sobremesa do badalado restaurante japonês Makoto (Foto: divulgação)

Dos programas em São Paulo durante a pandemia, as visitas a restaurantes inspiram atenção extra. Afinal, será preciso retirar a máscara para comer. Por isso, é bom limitar a estabelecimentos que realmente respeitam os protocolos de segurança e garantem um bom afastamento entre as mesas. O Shopping Cidade Jardim reúne excelentes opções de gastronomia e passa a sensação de segurança, sem acesso direto da rua, com áreas ao ar livre, sem aglomerações, permitindo que os visitantes fiquem bem distantes uns dos outros. 

Serviço

Localização: Avenida Magalhães de Castro, 12.000, Butantã

Bistrot Parigi

Culinária francesa do grupo Fasano.

Horário: segunda a quinta, das 12h às 15h; sexta, das 12h às 16h e das 19h às 22h; sábado, das 12h às 17h e das 19h às 22h; domingo, das 12h às 18h.

Kouzina

Culinária grega.

Horário: segunda a quinta, das 12h às 16h e das 18h às 22h; sexta e sábado, das 12h às 22h; domingo, das 12h às 19h.

Makoto

Filial do badalado restaurante japonês de Miami.

Horário: segunda a quinta, das 12h às 15h e das 18h às 22h; sexta a domingo, das 12h às 16h e das 18h às 22h.

Pobre Juan

Carnes na parrilla argentina.

Horário: segunda a quinta, das 12h às 15h e das 18h às 22h; sexta a domingo, das 12h às 16h e das 18h às 22h.

Sal Gastronomia

Restaurante do chef Henrique Fogaça.

Horário: segunda a quarta, das 12h às 16h e das 18h às 21h; quinta a domingo, das 12h às 21h.

Palavra-chave: Programas em São Paulo

(volume de buscas 140)

Título SEO (55 e 60): Os melhores programas para fazer em São Paulo em janeiro

Meta description (120 a 156): Confira programas para fazer em São Paulo em janeiro, entre exposições de arte e arquitetura, espetáculos musicais e restaurantes

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *