Menu
Projetos e Obras
Busca
Piso de porcelanato

Piso de porcelanato traz sofisticação, versatilidade e funcionalidade para inúmeros ambientes (Projeto: Portobello S.A.)

Portobello Técnica

Piso de porcelanato: beleza e versatilidade para seu projeto

26/04/2021

Descubra o que é o piso de porcelanato, os principais tipos, as vantagens desse material e dicas para escolher o produto certo para os seus projetos!

O piso de porcelanato é uma forte tendência na arquitetura contemporânea, pois transforma os ambientes com um toque de sofisticação e oferece mais comodidade nos cuidados diários.

Se preferir, clique no play abaixo para ouvir o artigo completo:

A indústria especializada dispõe de uma enorme variedade de opções, inclusive com soluções capazes de atender diferentes demandas.

Atualmente, o porcelanato não necessariamente precisa ser aplicado no piso — ele também pode compor paredes, fachadas, decks e até móveis.

Saiba mais!

O que é o porcelanato?

O porcelanato é um tipo de revestimento com um processo de produção um pouco mais complexo e elaborado do que o da tradicional cerâmica.

No porcelanato, além de argila, são usadas rochas e outros aditivos que proporcionam maior resistência mecânica ao produto.

Durante a fabricação, a temperatura usada também é maior que a da cerâmica, atingindo até 1300 ºC.

Na produção de pisos, quanto maior a temperatura, mais durável e resistente é o produto final.

O piso de porcelanato é muito resistente, possui cores uniformes e absorve pouca água, o que permite a aplicação tanto em áreas internas quanto externas
O piso de porcelanato é muito resistente e versátil, o que permite a aplicação tanto em áreas internas quanto externas (Projeto: Portobello S.A.)

As principais características do porcelanato são:

  • resistência química e física;
  • alta resistência à abrasão;
  • baixa absorção de água;
  • facilidade de limpeza;
  • massa homogênea.

Como é bastante versátil, o piso de porcelanato pode ser usado tanto em ambientes residenciais quanto comerciais. Porém, é preciso ficar atento às características do local para encontrar o melhor produto.

Quais são os diferentes tipos de porcelanato?

Você encontrará uma grande variedade de tipos de porcelanato, cada um com as suas características e indicações. Assim, conhecer melhor as opções é de suma importância para uma escolha acertada.

Técnico

É chamado de porcelanato técnico todo aquele que não recebe uma camada de esmalte na superfície. Também são conhecidos como “toda massa”.

Esse porcelanato tem como característica o fato de contar com alta resistência mecânica. Por isso, é bastante indicado para áreas com tráfego mais intenso, como terminais rodoviários, aeroportos e outros, desde que com acabamento natural.

Esmaltado

O porcelanato esmaltado, por sua vez, é aquele que recebe uma camada de esmalte por cima da massa com a estampa desejada.

Para saber se esse porcelanato é indicado para o ambiente, a dica é avaliar a superfície — que pode ser áspera ou lisa e brilhante ou mate — e o PEI.

O PEI indica a resistência à abrasão superficial. Então, quanto maior ele for, mais resistente será o esmalte do porcelanato.

A Portobello não utiliza mais o PEI e sim a indicação de local de uso. A classificação considera a revisão da NBR 15.463 e busca trazer mais clareza para os consumidores na hora de escolher o melhor porcelanato para as suas exigências. Explicaremos essa questão de forma detalhada mais adiante neste conteúdo.

Uma característica do porcelanato polido é que, geralmente, ele é mais escorregadio. Por isso, atenção se for usá-lo em áreas úmidas.

O piso de porcelanato também pode ser usado em áreas externas, desde que você escolha o tipo certo e o acabamento adequado
O piso de porcelanato também pode ser usado em áreas externas, desde que você escolha o tipo certo e o acabamento adequado (Projeto: Portobello S.A.)

Quais são os diferentes acabamentos de porcelanato?

O porcelanato também poderá variar em relação ao acabamento.

Polido

Depois da finalização da massa, as peças são polidas e recebem uma camada de impermeabilizante. É um porcelanato mais liso; por isso, indicado para áreas secas da casa, como quartos, corredores e salas.

Natural

É o porcelanato que não recebe nenhum acabamento ao final da sua produção, sendo mais “neutro”. Tem como característica ser muito resistente e pouco escorregadio.

Por isso, pode ser usado em qualquer ambiente, desde áreas residenciais a comerciais. Além disso, tem superfície fosca.

EXT

É o porcelanato desenvolvido para ser usado em áreas externas e/ou que tenham contato frequente com a água, como terraços e rampas.

Isso porque ele conta com uma superfície mais abrasiva — um efeito que ajuda a evitar o escorregamento.

Tem como características ser altamente resistente à abrasão e bem mais durável. Porém, não deve ser usado em fachadas e paredes externas, porque é mais difícil de limpar.

Quais são as diferentes bordas de porcelanato?

Por fim, o porcelanato ainda poderá ser retificado ou bold.

Retificado

O porcelanato retificado é aquele que conta com bordas retas. Por isso, a espessura do rejunte também é menor.

Visualmente, as emendas entre um piso e outro são menores, dando ao ambiente uma bela sensação de amplitude.

Bold

O porcelanato bold é aquele que apresenta bordas arredondadas. É uma versão que não passa pelo processo de retífica, ou seja, do jeito que ele sai da fábrica é comercializado.

A continuidade do piso de porcelanato fica um pouco mais comprometida — por isso, combina melhor com decorações rústicas.

Geralmente, essa versão tem preços menores de compra e instalação.

Quais são as vantagens do piso de porcelanato?

Uma das vantagens do porcelanato é a versatilidade. Isso porque ele pode ser usado em áreas internas e externas e também como revestimento de paredes, fachadas e até móveisUma das vantagens do porcelanato é a versatilidade. Isso porque ele pode ser usado em áreas internas e externas e também como revestimento de paredes, fachadas e até móveis (Projeto: Portobello S.A.)

Não é à toa que o piso de porcelanato está tão em alta. Afinal, ele conta com uma série de vantagens, como:

  • entrega versatilidade de aplicação, já que pode ser usado em pisos, paredes, fachadas, decks, piscinas, bordas de piscinas, áreas internas e externas e também em residências, comércios, indústrias, hospitais, obras públicas, entre outros;
  • permite compor diferentes tipos de projetos, principalmente porque existem porcelanatos que recriam fidedignamente texturas como madeiras, pedras, cimento e muitas outras;
  • tem facilidade de reposição e não exige mão de obra técnica ou altamente especializada;
  • consegue transformar os ambientes, os deixando muito mais sofisticados e elegantes;
  • conta com inúmeras opções de cores, tamanhos, texturas, tipos, preços e indicações;
  • tem alta durabilidade;
  • absorve pouca água;
  • é fácil de limpar.

Quais são as principais tendências em piso de porcelanato?

A indústria do porcelanato não para de evoluir. Continuamente, ela lança inovações que oferecem sofisticação e funcionalidade. Veja as principais tendências.

Grandes formatos

Já faz algum tempo que os porcelanatos de grandes formatos conquistam o público. Eles podem ser usados para revestir pisos e paredes, trazendo muita beleza.

O principal benefício no uso dos grandes formatos está na possibilidade de expandir visualmente os espaços.

Além disso, esses materiais são mais versáteis e permitem inúmeras aplicações, inclusive com bancadas de porcelanato e móveis nesse material.

Lastras

As lastras são uma inovação no universo dos porcelanatos. O que as diferencia dos grandes formatos é o tamanho, já que elas têm medidas acima de 90×180 cm.

As lastras são uma inovação do piso de porcelanato. Com tamanhos maiores, elas permitem diferentes aplicações, como revestimentos de parede, painéis de TV, fachadas, bancadas e mais
As lastras são uma inovação do piso de porcelanato. Com tamanhos maiores, elas permitem diferentes aplicações, como revestimentos de parede, painéis de TV, fachadas, bancadas e mais (Projeto: Portobello S.A.)

Isso significa possibilidades ilimitadas em termos de aplicação.

Elas se tornam elementos construtivos visualmente integrados aos detalhes arquitetônicos, podendo ser usadas para compor fachadas e ambientes mais tradicionais, como banheiros, quartos, salas e até áreas comerciais.

Outra maneira de inovar com as lastras é criando produtos personalizados. Como esse material tem alta resistência a manchas e riscos, ele pode ser usado como revestimento para mobiliários, bancadas de cozinhas e banheiros, detalhes em painéis de TV, cabeceiras de cama e muito mais.

O seu uso é especialmente indicado para o desenvolvimento das fachadas ventiladas. Uma alternativa que, além de bela, ajuda a economizar até 20% de energia elétrica ao melhorar o conforto térmico no interior da construção, reduzindo a necessidade de ventiladores e ar condicionado.

Diferentes texturas

O porcelanato é capaz de recriar, de maneira bastante fidedigna, diferentes texturas. Assim, é possível encontrar versões muito semelhantes a vários tipos de mármore e outras pedras naturais, madeira e cimentícios.

Uma forte tendência é aplicar o porcelanato com essas texturas nos ambientes da casa. Por exemplo, no deck da piscina, que pode ganhar visualmente com um produto que recrie a madeira e oferecer mais facilidade aos moradores nas rotinas de cuidados, sem perder o toque de beleza e sofisticação do material natural.

VEJA MAIS FORMAS INOVADORAS PARA DECORAR COM PORCELANATOS

Como escolher corretamente o piso de porcelanato?

Como você pode notar, existem inúmeras opções quando falamos em piso de porcelanato. Portanto, para ter o efeito desejado, é de suma importância escolher o modelo certo. Nós reunimos dicas importantes que podem ajudar nesse processo.

Tamanho do ambiente e funcionalidade

Ambientes menores se beneficiam com porcelanatos também menores, evitando corte e desperdício das peças.

Não se esqueça de considerar a função do cômodo. Em áreas molhadas, por exemplo, prefira opções que previnam o escorregamento e com acabamento natural.

A cozinha pede por um revestimento que seja mais resistente e de fácil limpeza.

Local de uso

Como explicamos, a Portobello atualmente utiliza a indicação de local de uso para os seus porcelanatos.

O PEI, embora ainda seja bastante utilizado, costuma gerar dúvidas entre os consumidores. Isso porque muitos confundem a classificação com a qualidade geral do produto, sendo que ela se refere apenas à abrasão superficial do esmalte.

Portanto, a qualidade do porcelanato depende de outros fatores além do PEI, como a área na qual ele será aplicado.

Assim, pensando em facilitar a compreensão e a escolha do melhor produto, a Portobello utiliza a classificação a seguir.

Paredes

  • Revestimentos Internos (RI): paredes internas (não é indicado o uso em pisos);
  • Paredes Externas (PE): paredes externas com até 6 m de altura;
  • Fachadas (FA): paredes externas e fachadas. Alguns produtos FA também podem ser usados em pisos. Nesse caso, apresentam duas siglas: FA-CL.

Pisos

  • Residencial (RE): tráfego leve de pessoas (por exemplo: áreas privativas em residências e condomínios);
  • Comercial Leve (CL): tráfego mediano de pessoas sem o trânsito de equipamentos (por exemplo: áreas comuns de condomínios, lojas sem estoque, corredores de hotéis e outros);
  • Comercial Pesado (CP): tráfego intenso de pessoas com eventual trânsito de equipamentos leves (por exemplo: hall de entrada de hotel ou edifício comercial, corredores secundários de shoppings, cozinhas industriais, hospitais, escolas, museus, mercados de bairro etc);
  • Industrial e Urbano (IU): tráfego intenso de pessoas e trânsito leve de equipamentos e veículos (por exemplo: calçadas, shoppings, home centers, supermercados, metrôs, praças e outros).

Efeito desejado

Qual é o estilo do ambiente e dos moradores? E o efeito decorativo que você deseja dar? Essas são questões fundamentais, que ajudam a escolher entre os diferentes tipos de cores e texturas de porcelanato, garantindo mais personalidade aos espaços.

Diferentes texturas e estilos de porcelanato podem ser mesclados, criando um ambiente único
Diferentes texturas e estilos de porcelanato podem ser mesclados, criando um ambiente único (Projeto: Portobello S.A.)

Além disso, avalie as características técnicas do ambiente. Por exemplo, um espaço muito pequeno pode se tornar visualmente mais amplo com um porcelanato retificado e junta estreita.

Segurança na instalação

A segurança sempre deve guiar as suas decisões em termos de piso de porcelanato. Antes de pensar na beleza, confira se determinada opção é realmente indicada para o uso.

Não adianta optar por um porcelanato polido apenas porque ele é bonito, se a ideia é usá-lo em locais molhados, como no box do banheiro, especialmente se há crianças ou idosos entre os usuários.

Isso porque esse é um piso muito escorregadio e, portanto, há mais chances de acidentes. Nesses casos, o acabamento natural é mais indicado, aliando beleza, funcionalidade e segurança.

Manutenção e limpeza

Em geral, o porcelanato é um material de fácil limpeza, que exige pouca manutenção com o passar dos anos, além de ser bacteriostáticos (que evita a proliferação de micro-organismos). Porém, existem algumas opções que são mais fáceis de manter do que outras.

O porcelanato polido, por exemplo, pede cuidados em relação aos móveis e até ao uso dos usuários, porque pode riscar com mais facilidade.

Neste conteúdo, você viu que o piso de porcelanato é uma tendência. Hoje, existem diferentes tipos desse material, o que permite uma variedade de usos, inclusive produtos que podem ser instalados em paredes, fachadas, bancadas e até móveis.

Gostou de saber mais? Então, acesse o site da Portobello e encontre uma variedade de opções de piso de porcelanato para os seus projetos!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *