Menu
Projetos e Obras
Busca

Ter uma piscina em casa é contar com o seu próprio paraíso particular (Projeto: Portobello S.A.)

Conteúdo Técnica

Piscina em casa: tudo que você precisa saber para ter uma

23/08/2021

Ter uma piscina em casa não é tão complicado quanto parece. Explicamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Todo mundo já sonhou um dia em ter uma piscina em casa, não é mesmo? Parece incrível poder acordar em um dia de verão e ter seu próprio paraíso molhado particular.  

Porém, até a realização deste sonho, são muitos os detalhes para ter atenção. A boa notícia é que resolvemos descomplicar esse assunto para você. Confira a seguir tudo o que você precisa saber para ter uma piscina em casa. 

É muito caro construir uma piscina em casa?  

Não há como dizer com exatidão quanto pode custar a construção de uma piscina em casa. Isso irá depender de vários fatores que influenciam diretamente no orçamento da obra, como o projeto, tamanho e tipo da piscina, materiais, entre outros. Tem ainda o acabamento da área, que pode tornar a sua piscina mais barata ou extremamente cara.  

Outro fator que deve ser levado em consideração ao ter uma piscina em casa são os equipamentos de limpeza e manutenção. Afinal, todos possuem um custo e a piscina exige um cuidado contínuo.  

Serviços como limpeza e manutenção dos níveis de pH e cloro da água, cuidado com os filtros e maquinários, entre outros, são itens que podem ser terceirizados, inclusive. 

O projeto 

Antes de alterar o terreno para ter uma piscina em casa, é necessário fazer uma série de estudos e análises. Para construí-la você precisa ter um projeto para que tudo ocorra da melhor forma possível, respeitando sempre o orçamento.  

Aliás, é por meio do projeto que o terreno passará por análise para a escolha do melhor tipo, modelo, medidas e formato da piscina. Tudo para aproveitar o espaço da melhor maneira, observando as regras e também os horários de sol, além de garantir a segurança da obra.  

piscina em casa
O projeto vai determinar qual o melhor tipo, modelo, medidas e formato da piscina em casa (Projeto: Portobello S.A.

Outra vantagem é que o projeto para uma piscina em casa sempre considera outros fatores importantes, referentes à instalação de equipamentos.  

Sem falar no projeto paisagístico da área, no qual serão definidos os móveis, plantas, iluminação e acabamento. Essa fase é essencial para evitar erros de construção ou futuros problemas para o dono.   

Tipos de Piscina 

Fibra de Vidro  

Fibra de vidro ou fiberglass é uma ótima opção com bom custo-benefício para uma piscina em casa, pois é um material barato, que exige baixo custo de manutenção.  

Piscinas de fibra de vidro são pré-fabricadas, portanto não necessitam de nenhum tipo de impermeabilizante. Basta apenas cavar e instalar.  

Este tipo de piscina, por ser de superfície lisa, gruda pouco limo e afeta em quase nada o pH da água, consequentemente, exige a utilização de poucos produtos. 

Apesar de ser mais barata, é necessário ter atenção quanto à quantidade de produtos químicos que são usados para a manutenção da água, já que eles podem manchar a pintura da piscina.  

Concreto ou alvenaria 

piscina em casa
As piscinas de alvenaria possuem um padrão visual de alto requinte (Projeto: Aercio Santiago)

As piscinas de alvenaria são feitas em concreto e podem ser revestidas com pastilhas ou revestimentos cerâmicos, como o porcelanato.   

Essas piscinas costumam ser mais caras que as de fibra de vidro, mas têm duração muito maior, podendo chegar a 30 anos de uso. Elas também podem receber diversos tipos de acabamentos para personalização, aumentando ainda mais o leque de opções em termos de combinação.  

Um fator que deve ser levado em consideração é se a obra necessita de uma camada de impermeabilizante, que normalmente pode ser manta asfáltica ou argamassa.  

Vinil  

A piscina em casa feita em vinil é o tipo menos escolhido pelos consumidores. Isso porque o material é mais sensível a objetos cortantes ou perfurantes. Este tipo de piscina é, basicamente, construído sobre a mesma estrutura da de concreto.  

O vinil já serve como acabamento, o que dispensa revestimento e impermeabilização. Porém, é necessário que o preenchimento ocorra rapidamente para evitar rugas no fundo. Geralmente, o uso de caminhões pipa se faz necessário para encher com água.  

Em suma, as piscinas de alvenaria são bem mais resistentes e podem ser personalizadas de inúmeras formas, de acordo com a sua escolha. Agora, se a opção for praticidade, a fibra é a melhor opção.  

Tamanho e Profundidade 

Tamanhos 

Quanto aos tamanhos de piscinas, é indiferente qual o tipo você prefere, seja fibra, alvenaria ou vinil. Afinal, todos os tipos são produzidos no formato e medida apropriados para o espaço em que ela será instalada.  

O projeto ajuda na escolha de um modelo que seja adequado ao terreno e que aproveite melhor a área como um todo. Mas a recomendação geral é que haja no mínimo 30m² livres para a construção e que fique na área mais alta do terreno, proporcionando uma vista panorâmica e espetacular.  

Profundidade 

Escolher a profundidade de uma piscina é extremamente importante, já que há fatores que devem ser levados em consideração. Em primeiro lugar, é necessário saber para qual fim será utilizada a piscina: lazer ou algum esporte, por exemplo, ou se ela será usada por adultos e/ou crianças. 

piscina em casa
Todos os tipos são produzidos no formato e medida que o cliente precisar (Projeto: Bruno Brandini)

Através destes questionamentos, são apresentados os padrões de profundidade. Entre os mais comuns estão:   

  • Lava-pés: 30cm;  
  • Prainha: 50cm; 
  • Infantil: 90cm; 
  • Família: 120cm; 
  • Convencional: 150cm. 

Tipos de pisos para o deck da piscina em casa 

O deck para a piscina é um local que, eventualmente, terá a presença de água. Portanto, é necessário pensar sempre na segurança combinando com o ambiente e, claro, na durabilidade e qualidade do material.  

Madeira 

Apesar de ser muito utilizada para decks, a madeira não é o melhor material para este fim, já que a água entrará em contato frequente e irá estragar a madeira, que também é suscetível ao ataque de cupins e outras pragas.  

Portanto, se você quer manter o charme da madeira sem correr os riscos citados acima, pode optar por um porcelanato que reproduz o material.  

piscina em casa
O porcelanato que reproduz madeira é perfeito para o acabamento do deck da piscina (Projeto: Portobello S.A.

Pedra 

Uma outra escolha muito comum para pisos na área de piscina em casa são as pedras. Os dois tipos mais comuns são a Mineira e a São Thomé, e ambas se encaixam nas normas de segurança necessárias para este tipo de aplicação.  

Geralmente, é possível combinar pedras no entorno da piscina e aplicar ladrilhos no interior, gerando um ambiente muito ‘clean’ e moderno. Há ainda outros tipos de pedras. Porém, elas não seguem as normas de segurança e, por isso, não são indicadas para este tipo de utilização. 

Assim como no caso da madeira, o porcelanato que reproduz pedra é uma alternativa para obter o mesmo efeito com mais segurança e durabilidade. 

Porcelanato  

Como você pode perceber, entre todos os tipos de piso, o porcelanato é o mais indicado para se utilizar na área da piscina. De baixa manutenção e resistente à água, ele combina muito com esse tipo de ambiente.  

Devido à sua composição, que é argila e rochas, o revestimento é extremamente resistente.  

A fabricação do porcelanato também permite a impressão de diversos tipos de designs, podendo se encaixar perfeitamente com o projeto de paisagismo desejado.  

Da mesma forma, como mencionado anteriormente, é possível até mesmo utilizar porcelanato que reproduz madeira ou pedra, garantindo a qualidade e seguindo as normas de segurança necessárias para este tipo de ambiente.  

Ou seja, ao escolher usar porcelanato para piscina, é necessário seguir alguns critérios técnicos como a NBR 9818, que diz que tanques com menos de 60cm de profundidade necessitam ter revestimentos antiderrapantes, como o natural e EXT.  

Outra norma importante é a NBR 11239, que fala sobre os degraus da piscina e que também precisam de atenção.  

Melhor tipo de acabamento 

Existem duas situações diferentes para escolher o produto da piscina: o deck e o tanque.  

No primeiro caso, qualquer produto do portfólio da Portobello que tenha a terminologia EXT pode ser usado para revestir o espaço. Para as bordas, existem opções de borda filetadas, que possuem acabamento para fazer a virada da piscina.  

No caso do tanque, não são somente pastilhas que podem ser utilizadas. Aliás, qualquer porcelanato pode ser aplicado no local para fazer o revestimento.  

O mais indicado é optar por porcelanato com acabamento polido. No entanto, é necessário que a profundidade da piscina seja de pelo menos 60 centímetros. 

Outro produto muito indicado é o da linha Barlavento, que foi produzido exclusivamente para piscinas, pensando na segurança. O produto tem uma textura com acabamento EXT, que garante muito mais segurança para o usuário. 

Outra boa opção é aplicar porcelanato em formato de lastras. As peças proporcionam o menor uso de rejunte dentro da piscina e apresentam maior continuidade no desenho. 

Quer saber mais sobre o melhor tipo porcelanato para piscina? Veja o vídeo a seguir: 

Estilos para se inspirar  

Atualmente, os estilos de piscina mais utilizados para projetos em casa são o minimalista e moderno, natural, contemporâneo e tradicional. Saiba mais detalhes sobre eles e escolha o seu favorito. 

Minimalista e Moderno 

piscina em casa
O estilo moderno e minimalista deixa o espaço mais clean e sofisticado (Projeto: Portobello S.A.

Esta é uma forma interessante de criar composições com vários materiais. Você pode utilizar, por exemplo, cores vibrantes e azulejarias com bordas irregulares para deixar o ambiente estiloso e envolvente.   

Natural 

Nesse estilo, tanto o deck quanto a piscina costumam seguir os mesmos padrões de cores, quase sempre em porcelanato que reproduz pedra ou rocha com peças transparentes ou opacas.  

piscina em casa
A mesma padronagem de cores confere aspecto natural à piscina Projeto: (Portobello S.A.

Contemporâneo  

No estilo contemporâneo, é possível usar uma coleção de pastilhas de resina de vidro que são feitas artesanalmente com várias opções para decoração de interiores.  

Tradicional  

Se você prefere um estilo mais tradicional, pode contar com as clássicas linhas internas no interior das piscinas. Pastilhas são as melhores opções, e quase sempre são uma alternativa elegante e segura.  

Piscina em casa: um bom projeto é fundamental 

piscina em casa
Um bom projeto arquitetônico é a chave para ter uma piscina funcional, relaxante e segura (Projeto: Portobello S.A.

Como você viu, não há muito segredo ao se planejar ter uma piscina em casa. Apesar dos vários detalhes, um bom projeto arquitetônico pode tornar tudo simples e seguro.  

Por fim, com tudo organizado, a área de piscina vai se tornar o ambiente ideal para eventos com a família e amigos, e ainda será o centro das atenções dentro de casa.  

Quer ainda mais inspiração de piscinas? Então veja projetos de arquitetos convidados que foram convidados pela Portobello para criar os primeiros ambientes com o lançamento Sunset. 

Imagem de destaque com lançamento Sunset, da Portobello

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *