Menu
Projetos e Obras
Busca

Obra de Fabio Viale no centro de Pietrasanta (Imagem: Luciano Vilela)

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Pietrasanta, a cidade do mármore e das artes

23/12/2020

No post a seguir, um tour pela pequena cidade cheia de lindas galerias de arte, bons restaurantes e oficinas artísticas, situada no litoral da Toscana. Confira com a gente!

Pietrasanta é uma cidade localizada em Versília, litoral da Toscana, na Itália. Mundialmente conhecida pela sua ligação com a arte, já que é um dos mais importantes centros internacionais de transformação do mármore e do bronze. Um ponto de referência que ao longo dos anos tem atraído renomados artistas italianos e internacionais.

Pietrasanta
A praça principal de Pietrasanta  (Imagem: Pixabay)
Pietrasanta
Muita arte em todos os cantos da cidade (Imagem: Luiza Vegini)

Entre eles podemos citar Igor Mitoraj, escultor polonês de renome internacional, e Fernando Botero, artista, escultor, pintor e desenhista colombiano que ao longo do tempo estabeleceu uma verdadeira relação de amor com Pietrasanta. Ambos abriram seus estúdios de arte na cidade em 1983 e nunca mais a abandonaram.

Pietrasanta
Igreja principal da cidade (Imagem: Unokorno)

A cidade foi fundada por volta de 1255, quando um nobre milanês, Guiscardo da Pietrasanta, senhor da província de Lucca, trouxe o nome e o brasão nobre conferindo aos seus cidadãos os mesmos direitos e privilégios dos cidadãos de Lucca. Pietrasanta é considerada o primeiro exemplo de desenvolvimento urbano planejado na Toscana, e desde o início foi importante por sua posição estratégica e proximidade com o porto de Motrone.

Pietrasanta
As pequenas ruas cheias de galerias e história (Imagen: Luiza Vegini)

Capital histórica e artística de Versilia, Pietrasanta permanece fiel à sua tradição, mostrando exemplos de arquitetura e artes. A esplêndida Piazza Duomo é, sem dúvida, o valor indiscutível da cidade. No coração do centro histórico, a praça está rodeada pela Catedral de San Martino com a sua torre sineira de tijolo vermelho, a igreja de Sant’Agostino, e edifícios sóbrios incluindo o Palazzo Pretorio, Palazzo Panichi (ou Carli), a Rocchetta Arrighina e o Palazzo Moroni.

Pietrasanta
Por onde passamos, pequenas portas cheias de arte dentro (Imagem: Luiza Vegini)
Pietrasanta
Por onde passamos, pequenas portas cheias de arte dentro (Imagem: Luiza Vegini)

O trabalho com o mármore em Pietrasanta tem origens muito antigas, a inauguração da primeira escola de esculturas foi fundada em 1842 e se deve à proximidade geográfica com as pedreiras de mármore da província de Carrara, nos Alpes Apuanos. Tornou-se um ponto de referência cada vez mais importante e um encontro para escultores de todo o mundo.

Pietrasanta
Por onde passamos, pequenas portas cheias de arte dentro (Imagem: Luiza Vegini)

Mas não é para menos, Michelangelo, por exemplo, negociou a compra do mármore para a fachada de San Lorenzo em Florença em Pietrasanta. É uma experiência incrível se perder nas pequenas ruas da cidade, que além de nos contar muita história, possui uma arquitetura de tirar o fôlego e diversas galerias e escolas de arte. Pietrasanta também é conhecida pela sua gastronomia, onde os pratos tradicionais tem como base frutos do mar, típico de cidade litorâneas, e seus belíssimos restaurantes entram no clima da arte nos proporcionando espaços incríveis e atmosferas inspiradoras.

Pietrasanta
A cidade é um charme e as galerias trazem um pouco da sua identidade também para as ruas (Imagem: Luiza Vegini)
Pietrasanta
Restaurantes charmosos espalhados por toda a cidade (Imagem: Luiza Vegini)

Para que a nossa visita na cidade se tornasse ainda mais especial, tivemos a honra de conferir de perto o trabalho do artista italiano Fabio Viale. Uma exposição temporária na praça principal de Pietrasanta, do artista e escultor conhecido pela sua abordagem refinada, culta, excêntrica e extraordinariamente contemporânea, que traz para as esculturas históricas uma linguagem muito pessoal. Provocativo quando necessário, seu trabalho expressa a poética do deslocamento.

Pietrasanta
Obra de Fabio Viale no centro de Pietrasanta (Imagem: Luciano Vilela)

A poesia de Viale se concentra na qualidade do mármore e dos materiais. No panorama da escultura contemporânea caracteriza-se por um olhar constante para a história da arte e a sensibilidade de trazer a ela uma série de símbolos e imagens, também pertencentes ao cotidiano, que ela reformula, ampliando-os e aplicando em forma de tatuagem nas suas obras.

Gostaram do post? Nossa visita em Pietrasanta foi extremamente inspiradora, não vemos a hora de voltar! 

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *