Menu
Projetos e Obras
Busca

A criação da paleta de cores é o ponto de partida para a decoração de ambientes (Foto: Kaboompics.com)

Conteúdo Matérias

Paleta de cores: como valorizar a decoração de diferentes ambientes?

04/12/2020

O uso da paleta de cores permite que o arquiteto ou decorador explore a sua criatividade ao compor ambientes. Saiba mais!

Um dos momentos em que arquitetos e designers de interiores mais podem exercer a criatividade é na definição da paleta de cores dos projetos. Afinal, podem ser feitas combinações diversas, pensando no que cada tom “estimula” e para o que cada cômodo é usado.

São diversos os estudos que apontam que as várias tonalidades causam diferentes sensações em nosso cérebro. A chamada psicologia das cores é muito utilizada, por exemplo, na publicidade, para que as pessoas tenham mais vontade de adquirir determinado produto ou serviço.

Já na arquitetura e na decoração de interiores, a paleta de cores pode fazer com que as pessoas se sintam mais relaxadas em um ambiente de descanso, como o quarto e a sala, ou mais motivadas em espaços de trabalho, como o home office e os escritórios corporativos.

Para saber como escolher as melhores tonalidades para cada ambiente, siga a leitura!

Como criar uma paleta de cores

Para que você possa criar uma paleta de cores bem interessante para os ambientes que está projetando ou decorando, reunimos algumas dicas.

Busque inspiração na psicologia das cores

Eva Heller publicou um livro em que fala sobre a psicologia das cores (Foto: Lojinha dos sonhos)

No livro A psicologia das cores: como as cores afetam a emoção e a razão, a pesquisadora Eva Heller explica sobre a relação das tonalidades com os nossos sentimentos e mostra como as duas coisas não se combinam por acaso.

De acordo com a psicologia das cores, as tonalidades causam sensações ao serem visualizadas, não por uma questão de gosto pessoal, mas sim por experiências universais profundamente enraizadas na nossa linguagem e no nosso pensamento.

Veja alguns exemplos de cores e os seus respectivos significados:

  • roxo: espiritualidade, erotismo, transformação e sabedoria;
  • vermelho: paixão, raiva, velocidade, força e poder;
  • amarelo: sabedoria, alegria, otimismo e felicidade;
  • verde: calma, autoconsciência e perseverança;
  • rosa: inocência, amor, charme e romantismo;
  • preto: luxo, elegância, sofisticação e poder;
  • branco: paz, segurança, pureza e limpeza;
  • azul: tranquilidade, fé, calma e confiança;
  • laranja: energia, humor e entusiasmo.

Logo, para escolher as cores mais indicadas para cada ambiente, convém buscar inspiração na psicologia das cores.

Entenda o círculo cromático

O círculo cromático possibilita analisar as combinações de cores ideais (Foto: Freepik)

O círculo cromático faz parte do dia a dia de diversos profissionais que trabalham com cores, como publicitários, designers, desenhistas, maquiadores e, obviamente, arquitetos e decoradores. Afinal, ele é a peça-chave para harmonizar tonalidades.

Com o círculo cromático, fica mais fácil compor ambientes visualmente equilibrados e agradáveis, pelo fato de que, ao selecionar uma cor específica, você poderá ver quais combinações podem ser realizadas.

Para decorar um projeto, portanto, uma boa dica é escolher uma cor para ser a principal e depois observar no círculo cromático quais são as tonalidades que mais combinam com ela.

Uma das maneiras de fazer isso é usando as cores complementares, que são tons que estão em lados opostos uns dos outros no círculo cromático. Por isso, o vermelho combina com o verde, por exemplo.

Outro esquema bastante utilizado é o de cores análogas. Nesse caso, podem ser combinadas entre duas e cinco cores que são adjacentes uma das outras, passando uma impressão de calma e simpatia. Dessa forma, pode ser feita uma combinação entre laranja, amarelo e verde, por exemplo.

Fique de olho nas novidades da Pantone

A cor do ano de 2020 é o Classic Blue (Imagem: Pantone)


É bem provável que você conheça a Pantone, não é mesmo?

A empresa é referência quando se fala em cores e é mundialmente reconhecida pelo seu sistema de códigos para tonalidades, muito usado na indústria gráfica, na moda e na arquitetura.

Todos os anos, a Pantone faz uma análise das tendências e escolhe uma cor que estará em alta no período. Em 2020, por exemplo, a tonalidade escolhida foi o Classic Blue.

Portanto, ficar de olho nas novidades e tendências da Pantone pode servir de inspiração para a composição dos seus projetos.

Siga um estilo decorativo

O estilo escandinavo aposta no uso das cores mais claras, como o branco (Projeto: Portobello S.A.)

As cores também podem ser escolhidas de acordo com o estilo decorativo do projeto. De tal maneira, devem ser analisadas as características de cada um, para que as tonalidades sigam um padrão.

No estilo escandinavo, por exemplo, se apostam nas cores mais claras, como o branco, trazendo destaque para outras tonalidades nos detalhes, como o verde das plantas.

Já no estilo industrial, as cores são mais austeras, em tons de preto, marrom e cinza, que podem ser usados em diversas combinações. 

Enfim, são diversos os estilos que podem ser escolhidos. Cada um deles tem as suas características, que devem ser analisadas para encontrar as melhores cores para os ambientes.

Avalie a iluminação do local

Em locais mais escuros, o uso do branco e de outras cores claras ajuda a deixar o ambiente mais iluminado (Projeto: Portobello S.A.)

A montagem da paleta de cores que vai compor um ambiente também pode ser feita de acordo com a iluminação do local.

Em espaços onde há pouca entrada de luz, os tornando bastante escuros, o mais indicado é fazer uma decoração com tonalidades mais claras, como o branco e as candy colors.

Isso porque as cores claras refletem a luz e fazem com que os espaços fiquem mais iluminados, sem que seja necessário instalar muitas lâmpadas, por exemplo.

Use a técnica de moodboard

O uso de um moodboard pode inspirar na criação de uma paleta de cores (Projeto: Portobello)

O moodboard é uma técnica em que se cria um painel a partir de um elemento que é usado como principal. A partir daí, são feitas composições, que servem para inspirar na criação e decoração de ambientes.

No IGTV da Portobello, você pode conferir uma live com a designer de produto Caroline Guedes, que explica detalhadamente sobre como aplicar essa técnica em seus projetos.

Como aplicar a paleta de cores em ambientes específicos

Gostou das nossas dicas para criar uma paleta de cores? Agora, vamos falar sobre a utilização em ambientes específicos.

Quartos

Tranquilidade e sofisticação podem ser unidos na paleta de cores dos quartos (Projeto: Portobello S.A.)

Os quartos são ambientes onde as pessoas buscam tranquilidade e descanso. Por isso, é uma boa ideia escolher cores que passem essas sensações. 

O branco, por exemplo, é uma cor que transmite certa calma e possibilita diferentes composições, como com o preto, quando o objetivo é ter um ambiente mais sofisticado.

Salas 

As cores que representam a harmonia são ideais para a sala de estar (Projeto: Portobello S.A.)

A sala de estar também é um local onde as pessoas ficam um pouco mais relaxadas e querem aproveitar os momentos de lazer para conversar com familiares, receber amigos ou ficar sozinhas, assistindo a um filme ou lendo um bom livro.

Nesse contexto, convém escolher cores que representam a harmonia para compor esse tipo de ambiente. Um exemplo disso é o azul, que causa uma sensação de equilíbrio.

Cozinhas

Cores claras e escuras podem ser escolhidas para compor uma cozinha (Projeto: Portobello S.A.)

Ao criar uma paleta de cores para a cozinha é possível fazer escolhas criativas.

Não existe certo ou errado para decorar esse ambiente. Portanto, você pode apostar em diferentes alternativas, de acordo com o estilo adotado.

O branco pode ser utilizado na azulejaria, por exemplo, com os móveis sendo compostos por cores mais fortes, como as tonalidades escuras do azul.

Banheiros

As cores claras transmitem a sensação de limpeza para os banheiros (Projeto: Portobello S.A.)

O banheiro é um ambiente onde se faz necessário transmitir a sensação de limpeza.

É por isso que, quase sempre, o ponto de partida da paleta de cores é o branco. Isso não quer dizer, no entanto, que outros tons não podem ser usados.

Cores mais claras, como os tons pastel e as candy colors, são bem interessantes para os banheiros, já que ajudam a compor um espaço que representa ser mais clean.

Lavanderias

As lavanderias, assim como os banheiros, devem representar a limpeza (Projeto: Ana Claudia Barbieri)

As lavanderias seguem a mesma lógica dos banheiros, já que também são ambientes onde se deve passar a ideia de limpeza.

Logo, convém apostar nas cores mais claras, que transmitem essa sensação para quem se encontra no local. O branco deve ser o ponto de partida e os demais tons podem ser escolhidos de acordo com o gosto de cada pessoa.

Escritórios 

Em escritórios, a paleta de cores deve se basear no tipo de trabalho realizado pela empresa (Projeto: Studio do Arquiteto)

A escolha da cor de um escritório depende muito do tipo de empresa que ele abriga.

Um escritório de advocacia, por exemplo, pode apostar em tons mais escuros, que representam a seriedade do negócio.

Já para as profissões que exigem mais criatividade, como uma agência de comunicação ou um estúdio de arquitetura, as cores vivas, como o laranja e os tons amadeirados, podem ser a melhor escolha.

A paleta de cores é de extrema importância no momento de decorar ambientes. Por isso, sempre tenha muita atenção ao criar as suas! Esperamos que o nosso artigo tenha trazido boas dicas, para que você possa encantar os seus clientes com projetos maravilhosos.

Além de residências e escritórios, você também pode usar as cores certas para dar o tom ideal a clínicas, consultórios e hospitais.

Entenda mais sobre o assunto em nosso artigo que fala sobre o potencial de usabilidade do porcelanato em hospitais e outros ambientes de saúde.

Foto de destaque: A criação da paleta de cores é o ponto de partida para a decoração de ambientes (Foto: Kaboompics.com)

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *