Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Eventos

Open House NY: evento abre portas de projetos marcantes da big apple para visitação

11/10/2018

Já imaginou poder fazer um tour completo por dentro de locais normalmente fechados ao público? Para amantes da arquitetura e do design, essa é uma ótima oportunidade de experimentar uma das cidades mais cosmopolitas do mundo de uma forma bem diferente.

Como diz uma famosa canção do pop internacional, Nova York é uma selva de pedra onde não há nada que você não possa fazer. Isso inclui entrar em mais de 250 construções emblemáticas, históricas e contemporâneas ao redor dos cinco distritos da cidade: Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e State Island. Em sua 16ª edição, o Open House New York Weekend abrirá as portas de prédios e projetos da big apple, entre os dias 12 e 14 de outubro, para visitação.

Pier 17 visto do alto (Foto: C.-Taylor-Crothers)

A OHNY é uma organização sem fins lucrativos que, desde 2003, defende uma cidade mais aberta e inclusiva a partir do momento que permite o envolvimento mais profundo dos cidadãos com o meio em que vivem. Como forma de promover a compreensão e celebrar a arquitetura e o design fora da profissão, o maior evento do segmento na América engloba uma grande variedade de locais, inclusive, residências particulares e edifícios governamentais.

Casas de campo construídas nos primeiros anos de Nova York, teatros de art déco que representam toda a exuberância da Era do Jazz até obras da vanguarda tecnológica estão na lista. “O diferencial é que as nossas visitas ainda são acompanhadas de palestras lideradas por historiadores, preservacionistas, engenheiros, arquitetos, paisagistas e outros profissionais. Ou seja, centenas de lugares são abertos todo ano com passeios, talks e apresentações que já levaram muita informação para mais de um milhão de nova-iorquinos e visitantes em geral”, orgulha-se Linda Miller, integrante da organização do evento.

Fachada do Community Arts Center (Foto: divulgação)

Por dentro do Brooklyn Navy Yard (Foto: Daniel Byrne)

Nevelson Chapel at Saint Peters (Foto: Thomas Magno)

Miller ressalta que a maioria dos locais é de acesso aberto e pode ser visitado durante o horário de funcionamento sem custos e sem reservas, enquanto outros, porém, exigem marcações antecipadas por razões de espaço e segurança: “Nesses casos, uma taxa de cinco dólares é cobrada para prevenir desistências”. Ela ainda indica uma navegação prévia no site do Open House New York para criação de itinerário, com a possibilidade de marcar seus pontos favoritos, gerando uma lista personalizada que você pode compartilhar com amigos.

Toda imponência do 3 World Trade Center (Foto: Joe Woolhead)

Com cerca de 1.400 voluntários atuando nesta edição e uma expectativa de público de 80 mil pessoas, o OHNY traz locais inéditos, como o 3 World Trade Center e o Mother Clara Bus Depot, no Harlem, além de novas séries temáticas. A “Factory Friday”, por exemplo, oferece um olhar nos bastidores de mais de uma dúzia de indústrias e fábricas da cidade, incluindo uma destilaria e um laboratório fitoterápico. Já a “Works by Women” mostra projetos criados por designers mulheres, entre eles o greenpoint da Biblioteca Pública do Brooklyn e o seu Centro de Educação Ambiental.

Destilaria Breuckelen (Foto: Matt Shapiro)

Grand Central Terminal (Foto: Linda Visser)

Apesar do OHNY Weekend durar três dias, o Open House New York atua com ações ao longo de todo o ano. “Nós somos conhecidos por abrir prédios, mas o que realmente fazemos é usar prédios para contar histórias e envolver comunidades em torno do planejamento e da preservação do local onde vivemos”, define Gregory Wessner, diretor executivo da iniciativa, que completa: “A abertura da cidade é vital para a nossa saúde cívica”.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *