Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Entrevistas

O bem viver de uma arquiteta

21/10/2020

Paula Sizinando abre as portas do seu apê em Santa Cruz do Sul e convida os leitores do Archtrends para conhecer seu cotidiano e apreciar seus projetos com revestimentos da Portobello.

Passados os dias de quarentena devido à pandemia do novo coronavírus, a rotina de trabalho é retomada na vida da arquiteta Paula Sizinando, com as idas diárias ao seu escritório em Santa Cruz do Sul (RS). Em seu apartamento, ela desfruta o máximo possível do seu espaço, decorado constantemente por ela mesma.

Antes de iniciar as atividades profissionais, a arquiteta faz questão que seu café da manhã seja prazeroso e tranquilo, feito em sua cafeteira italiana, com direito a um delicioso pão de queijo e omelete. “Preciso desse ritual nas manhãs. Então para tudo dar tempo, antes de sair de casa vou renderizando imagens dos projetos e concluo o restante do trabalho no escritório”, conta.

 

Cotidiano de Paula Sizinando em seu apartamento aconchegante (Foto: André Sheffer)

Cotidiano de Paula Sizinando em seu apartamento aconchegante (Foto: André Sheffer)

 

À tardinha, Paula volta ao seu apartamento e aproveita para descansar e curtir a paisagem em sua varanda, o ponto alto da decoração, como ela elege. “Como a vista é no sentido Oeste, aqui tem um pôr do sol lindíssimo. Aproveito para abrir um vinho e apreciar o céu alaranjado no meu canto favorito”.

 

Piso geométrico, da Portobello, ressalta décor na varanda da arquiteta (Foto: André Sheffer)

Piso geométrico, da Portobello, ressalta décor na varanda da arquiteta (Foto: André Sheffer)

 

O décor do apartamento de Paula foi construindo-se aos poucos, com as garimpagens de objetos em viagens feitas junto ao seu marido, o fotógrafo André Sheffer, como o quadro comprado em Peru, com um coração de máscara. “Achei impressionante, compramos em 2019 e logo veio toda essa onda de usar máscara devido à pandemia. É um quadro que nos deixa bastante sensíveis”, diz.

 

Quadro garimpado no Peru decora a parede da cozinha (Foto: André Sheffer)

Quadro garimpado no Peru decora a parede da cozinha (Foto: André Sheffer)


A “baguncinha” na decoração, como a arquiteta define, também deve-se aos objetos garimpados em lugares inusitados, a exemplo da prateleira de ferro na cozinha, que fez questão de adquirir ainda enferrujada de um serralheiro. “A casa é a nossa cara. Também ganhamos presentes de pessoas que conhecem nosso estilo e vamos compondo esse espaço aconchegante e cheio de histórias. É uma bela mistura”, enfatiza.

 

Prateleira de ferro e tijolos Liverpool são os queridinhos de Paula (Foto: André Scheffer)

Prateleira de ferro e tijolos Liverpool são os queridinhos de Paula (Foto: André Scheffer)


A base neutra do projeto atemporal, com os desenhos retos dos móveis e revestimentos sóbrios da Portobello em branco, preto e cinza, permitiram a decoração urban jungle na varanda, a valorização de artes e de objetos mais coloridos nos ambientes. “É um projeto contemporâneo, e com essas bases neutras dos revestimentos, posso mudar a cara dele o tempo todo, com novas decorações”, destaca a arquiteta.

 


Estilo dos projetos e de vida

Na Galeria Fina, Paula projetou móvel revestido em porcelanato da Portobello  

Na Galeria Fina, Paula projetou móvel revestido em porcelanato da Portobello

 

“Desde criança eu amava observar banheiros (risos). Isso mesmo! Eu observava detalhes que impressionavam minha mãe na época. Também acredito que meu tio, florista e artista, me influenciou indiretamente a ver o belo!”, conta Paula, como um dos motivos que a levaram a escolher sua profissão. Ela formou-se em 2007, na Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). Hoje, atua em seu escritório Paula Sizinando IN. “O IN vem do meu segundo nome (INes) que também se comunica totalmente com o que faço: INteriores. O trocadilho virou o símbolo da minha marca”, explica.

Arquiteta Paula Sizinando (Foto: André Sheffer)

Arquiteta Paula Sizinando (Foto: André Sheffer)

Para criar seus projetos, Paula se inspira na natureza, nos materiais naturais, como madeira, fibra, algodão, linho, argila. “Pessoas também me inspiram. Sou fã (e sigo) muitas pessoas inspiradoras. Posso citar algumas: Patricia Urquiola, Starck, Ilse Crawford, Zaha Hadid, Bernards Jacobsen. Na arquitetura nacional, Jader Almeida, Marcio Kogan… É muita referência pra mim”. 

Mas seus trabalhos, claro, têm sua identidade própria. São pensados para cada morador, a exemplo de como projetou sua casa mostrada acima. “Meu trabalho entra na alma. As pessoas me procuram pelo diferente, pelo uso da cor, pelas pesquisas que faço. É que gosto de trabalhar mais “solto”, sem tanto “sob medida”. Projeto casas que tenham um pano de fundo atemporal. Quando a gente troca peças de lugar, mexe em um móvel, pinta uma parede, tá tudo mudado! E a arte tem sido fundamental no meu trabalho. Isso faz toda diferença”, afirma Paula.

A arquiteta possui duas filhas de quatro patas e ama viajar. “Sem dúvida meu hobby é pesquisar tudo para uma viagem. Também adoro dançar! Não vejo a hora de a pandemia passar, estou louca para retomar as aulas!”.

O estilo de vida e o trabalho de Paula Sizinando são realmente instigantes para esses dias atuais. Continue se inspirando com a arquiteta, conheça mais projetos seus com o uso de revestimentos da Portobello. E não deixe de visitar seu perfil, aqui no Archtrends.

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *