Menu
Projetos e Obras
Busca

Portobello Tendências

Novos porcelanatos que reproduzem madeira exploram veios gráficos naturais e expressivos

03/07/2019

Os porcelanatos que reproduzem madeira são uma das principais tendências para pisos internos e externos. Veja mais sobre os novos lançamentos!

Porcelanatos que reproduzem madeira são uma das principais tendências para pisos internos e externos, capturando a beleza da madeira natural e combinando-a com a durabilidade do porcelanato.

A escolha do porcelanato para o piso deve ser feita de acordo com o resultado final desejado, e também de acordo com o aspecto de cada tipo de madeira, que deve, tanto quanto possível,  criar um efeito uniforme e harmonioso.

Ao substituir um piso em um projeto de renovação ou ao colocar um novo piso em um imóvel, há uma vasta gama de revestimentos para escolher, permitindo que você crie seu próprio estilo.

Nesse cenário, surgem os novos porcelanatos que exploram veios gráficos naturais e cores realistas, como a coleção “In Your Dreams. In Your Home”, da Portobello.

A técnica Yakisugi: forte expressão gráfica

técnica yakisugi porcelanatos que reproduzem madeira
Técnica Yakisugi / Reprodução Blog Inusual

Para criar novos efeitos nos porcelanatos que reproduzem madeira, é utilizada a técnica japonesa Yakisugi, que preserva e finaliza a madeira queimando-a com fogo. O tratamento — que deixa para trás uma camada densa e carbonizada de negrume — existe desde o século XVIII, embora existam até exemplos anteriores.

A técnica começou como um processo prático,  utilizado principalmente em fachadas de casas e armazéns rurais, que guardavam objetos de valor, como o arroz, que as famílias esperavam proteger das chamas. Curiosamente, embora não seja mais tão popular no Japão, essa prática  tornou-se uma técnica de design para dar um aspecto sóbrio e elegante ao piso no Ocidente.

Para conseguir o efeito, as tábuas de madeira são tratadas apenas com calor em suas faces exteriores: Tradicionalmente, três tábuas são amarradas longitudinalmente para formar um túnel triangular. Então, o interior é incendiado e a superfície queimada é resfriada com água, para revelar um contraste de claro e escuro, conforme a dureza do material

Porcelanatos que reproduzem madeira: Khaya

Khaya caramel porcelanato madeiraRevestimento cor de madeira mais clara da linha Khaya: Caramel / Foto: Portobello

Dos porcelanatos que reproduzem madeira, a linha Ecollection explora esse elemento de forma ainda mais impressionante em sua nova coleção:

Khaya, madeira nativa das florestas tropicais da África, com veios, ora lineares, ora com alguns pequenos nós, que com a aplicação da técnica Yakisugi, se transforma em uma superfície com forte expressão gráfica.

Porcelanato reprodução de madeiraLinha Khaya: revestimento com mood rústico e lindo grafismo da madeira  / Foto: Portobello

A Khaya, quando tratada com Yakisugi, foi reproduzida em porcelanato com diferentes nuances:

  • Thunder, uma proposta mais sóbria e urbana;
  • Caramel, um convite ao aconchego;
  • Design, com mood mais ousado.

Um material com personalidade intensa para marcar presença em pisos, paredes e fachadas de projetos residenciais e comerciais. Pode atuar como superfície única ou em composição com alternativas mais neutras ou homogêneas como concretos, limestones, metais e tecidos.

É indiscutivelmente a beleza elegante da madeira carbonizada — elemental, enigmática e moderna em sua essência — que é o maior apelo da Khaya tratada com o Yakisygi. Superfície preta impenetrável que dá à casa uma imponente aura de intriga e profundidade.

A qualidade naturalista e não polida dos novos porcelanatos que reproduzem madeira atrai arquitetos que procuram evocar uma sensação orgânica em sintonia com a paisagem circundante. Além, claro, de oferecer todos os benefícios que os revestimentos de porcelanato proporcionam para o projeto.

Agora que você conhece os novos porcelanatos que reproduzem madeira, conheça 5 tipos de madeiras brasileiras que podem ser fielmente representadas pelo porcelanato!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *