Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Arquitetura

5 ideias incríveis para montar uma brinquedoteca em casa

06/02/2019

Veja neste texto como ter uma própria, desde espaços simples até os mais rebuscados e eficientes!

Quem tem criança pequena na família sabe que é preciso ter um espaço para que elas possam se divertir. Por causa disso, é cada vez maior a procura por uma brinquedoteca em casa. Os pais e responsáveis buscam uma solução funcional e que não deixe o entretenimento de lado.

Na hora de criar um projeto do tipo, é essencial conhecer as necessidades do local. É preciso pensar nos elementos que não podem faltar e em como o lugar será usado. Assim, os clientes ficam muito mais satisfeitos.

Para saber como criar o cômodo do jeito certo, veja cinco dicas incríveis e prepare-se para elaborar algo surpreendente!

Por que montar uma brinquedoteca?

5 ideias incríveis para montar uma brinquedoteca em casa

Espaço gera autonomia nas crianças

Antes de começar a planejar o projeto, é essencial entender a importância de uma brinquedoteca em casa. Esse já não é o “espaço da bagunça” e nem uma área destinada, exclusivamente, para imóveis com metragem de sobra.

É possível criar o ambiente em lares menores e obter os seus benefícios. A seguir, entenda as vantagens de montar uma área para brincar.

Aumenta a organização dos brinquedos (e da casa!)

Uma das reclamações das famílias com crianças é a bagunça. A presença de objetos divertidos de todos os tamanhos pela casa gera desorganização e até compromete a decoração.

Com uma brinquedoteca, é possível concentrar os itens. Com os acessórios certos para manter a organização, o restante do lar fica livre da bagunça causada pelos elementos espalhados.

Cria um ambiente só das crianças

Elaborar uma área do tipo também é essencial para criar um lugar que é só das crianças. Além do quarto infantil, elas passam a ter outro espaço dedicado às suas atividades.

Na hora que o pequeno recebe os amigos ou primos, todos podem seguir para o local específico. Dessa forma, eles se divertem à vontade e os adultos não precisam se preocupar.

Oferece uma nova opção de entretenimento

Elaborar uma brinquedoteca em casa é, também, um jeito de criar mais uma possibilidade de entretenimento. Já que o cômodo não serve apenas para deixar os brinquedos jogados, há um novo espaço que é pensado de maneira exclusiva para os pequenos.

Com a escolha dos elementos certos, eles se sentem atraídos pelo local e sabem que podem se divertir de forma livre. Isso favorece o desenvolvimento, fortalece o senso de individualidade e maximiza a diversão.

Dicas para montar uma brinquedoteca incrível

Para oferecer um projeto de brinquedoteca, algumas dicas podem deixar a sua elaboração perfeita. E isso, claro, resulta em muita satisfação por parte dos pais e dos pequenos e em um bom desempenho na carreira.

Mesmo que você nunca tenha criado uma, a tarefa é menos complexa do que parece. A seguir, veja cinco dicas imperdíveis para acertar na elaboração do projeto.

1. Pense em um ambiente lúdico

Brinquedoteca decorada com parede de giz para despertar a criatividade da criançada

Uma brinquedoteca em casa serve, justamente, para o entretenimento e diversão. Então, é essencial que o ambiente tenha uma abordagem lúdica, voltada para o estímulo da criatividade e da imaginação.

É recomendado usar cores que chamem a atenção, assim como elementos, como desenhos e estampas. Algumas pesquisas, como da Universidade de Harvard, mostram que as cores certas atuam em partes do cérebro e estimulam o aprendizado. Então, é importante que o projeto voltado para esse ambiente seja criativo e cheio de possibilidades.

2. Deixe os brinquedos à disposição das crianças

Brinquedoteca com brinquedos à disposição das crianças

O posicionamento dos itens também tem que ser considerado. A autonomia é bem-vinda em uma brinquedoteca em casa, então, vale a pena deixar os brinquedos à disposição dos pequenos.

Utilizar grandes cestos e mesas de altura diferenciada são algumas soluções. A ideia é fazer com que os usuários do ambiente possam escolher os brinquedos com facilidade, sem necessitar do apoio constante de um responsável.

3. Pense no piso e na iluminação

Do ponto de vista técnico, a iluminação e o piso têm grande influência. Quanto à luz, o melhor é favorecer a passagem da luz natural. Explorar as janelas e utilizar cortinas adaptáveis é recomendado. Também é preciso ter uma iluminação artificial adequada. Um plafon oferece um bom nível de luz indireta, enquanto os pendentes e spots garantem a harmonização.

Quanto ao piso, tome cuidado com a segurança e com a praticidade, sem deixar o lúdico de lado. É possível adotar um porcelanato ou cerâmica e, por cima, usar uma versão emborrachada. No futuro, o ambiente pode ser transformado de maneira versátil.

4. Invista em prateleiras

Espaço acolhedor para crianças | USOS arqdesign

Para otimizar o espaço, é muito importante verticalizar a decoração. Então, um dos jeitos de fazer isso é investir em prateleiras e nichos. Elas servem para armazenar brinquedos e itens básicos, como livros, lápis e outros acessórios.

As mais altas trazem a segurança necessária e permitem que certos itens sejam dispostos de forma adequada. Nesses pontos, podem ficar os elementos que não devem ser acessados pelas crianças.

5. Não se esqueça da organização

Além de tudo, é fundamental que a elaboração preze pela organização. Afinal, um dos objetivos de ter esse espaço é garantir que cada elemento fique em seu devido lugar.

Para obter tal efeito, planeje ambientes para guardar os brinquedos e facilite a tarefa. Criar pequenos cabides para pendurar roupas e fantasias e abusar de gavetas e recursos de armazenamento são boas ações. Dessa forma, é possível favorecer o cômodo.

Cuidados com a segurança dos pequenos

Para que a diversão seja completa e garantida, é fundamental tomar cuidado com a segurança. O planejamento deve considerar a preocupação com a integridade dos pequenos e a prevenção de acidentes. Para não falhar nesse aspecto, descubra o que avaliar.

Fique de olho nas quinas

Todos os móveis selecionados para a brinquedoteca em casa devem ter quinas arredondadas. Acidentes acontecem e as quinas tradicionais aumentam os riscos de machucados e outros impactos.

Cuide para que cadeiras, mesas, nichos, prateleiras e estantes sejam voltados para o público-mirim, sem que percam a funcionalidade.

Proteja as tomadas

Também é essencial garantir que todas as tomadas fiquem isoladas. Sem a devida supervisão, os pequenos podem tomar choques e sofrer diversas consequências. Portanto, a disposição e a exibição desses elementos exigem cuidado.

Faça com que alguns móveis estejam posicionados à frente das tomadas e não se esqueça de recomendar o uso de protetores especiais.

Favoreça a manutenção

A segurança da brinquedoteca em casa não tem a ver apenas com a proteção contra acidentes. Também é preciso garantir a limpeza e o uso adequado do espaço e, portanto, a manutenção deve ser uma preocupação.

Na hora de escolher o piso, por exemplo, selecione um material fácil de ser limpo. Também opte por revestimentos laváveis nas paredes, além de evitar elementos que acumulem poeira.

Projetos inspiradores

Para elaborar a sua proposta, nada melhor do que se inspirar. Ao conhecer as referências de criações de outros arquitetos, fica mais fácil atender às exigências de seus clientes.

Uma inspiração é o projeto da Elevate Architecture. Com um estilo rústico, transforma a brinquedoteca em casa em uma biblioteca infantil, acessível e muito iluminada. Já a proposta da Chango & Co. envolve a combinação de preto e branco, balanços suspensos e um visual moderno e divertido.

Enquanto isso, a brinquedoteca em casa do escritório Lucy Interior Design aproveita ao máximo a área. A parede colorida dá um ar alegre e o espaço de armazenamento garante a organização. Com grande quantidade de madeira, a brinquedoteca idealizada por Carl Wooley envolve muita aventura, com atividades como a escalada infantil.

Elaborar uma brinquedoteca em casa que seja útil para pais e filhos é um processo que exige criatividade e funcionalidade. Com essas dicas, os resultados serão favoráveis!

Que tal conseguir máxima visibilidade para o seu projeto e se transformar em inspiração? Cadastre o seu projeto no Archtrends e não perca essa chance!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *