Menu
Projetos e Obras
Busca
Borough Market, em Londres

Borough Market, em Londres

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Mercados centrais europeus: conheça os mais incríveis e imperdíveis

26/12/2017

Diversas cidades da Europa são marcadas por seus mercados, que reúnem em um só lugar gastronomia, cultura, lazer e — por que não? — inspirações arquitetônicas e de design. Separei para vocês uma seleção dos que merecem destaque. Venha conferir!

Quando programo visitar uma cidade, uma das primeiras coisas que pesquiso é se ela tem um mercado de rua, um mercado central ou uma grande feira. Na minha opinião, não existe maneira mais fácil e simples de mergulhar na cultura e na culinária local.

Surpreendentemente, em geral esses lugares apresentam uma arquitetura que me cativa e inspira, muitas vezes histórica ou com design moderno e soluções incríveis — desde a fachada até o posicionamento das gôndolas, expositores e layout.

Mercados centrais europeus:

Borough Market

Borough Market, em Londres

Mercados centrais europeus: tendas verdes marcam o Borough Market em Londres

Começamos com o Borough Market, o mercado mais antigo de Londres, fonte de produtos excepcionais e com um layout que reflete sua rica história.

Ele tem passagens e espaços abertos que oferecem uma atmosfera cheia de emoções. Na Three Crown Square encontra-se a área do comércio, onde estão localizados os produtos para compra. Na sua periferia, estão os expositores ecléticos com comidas do mundo inteiro.

Borough Market, em Londres

Detalhes da parte interna do Borough Market

Mercato Centrale de Florença

Escola de gastronomia, um mercado do Eataly, restaurantes, cervejaria, padaria, cafeteria, açougue, frutas, verduras, trufas, pasta — muita pasta — sorvetes, peixes e vinhos, tudo isso e muito mais está disponível no Mercato Centrale de Florença, também conhecido como Il Mercato di San Lorenzo.

Praça de alimentação do Mercato Centrale Firenze

Praça de alimentação do Mercato Centrale Firenze

Fachada Mercato Centrale Firenze

Fachada Mercato Centrale Firenze

O projeto, criado por Giuseppe Mengoni (o mesmo arquiteto que projetou a galeria Vittorio Emanuele II em Milão), começou a ser construído em 1870 e foi inspirado em um mercado de Paris. Com três mil metros quadrados, divididos em dois pavimentos mais mezanino, é com certeza parada obrigatória para quem visita a capital da Toscana.

Escola de gastronomia no Mercato Centrale Firenze

Escola de gastronomia no Mercato Centrale Firenze

Mercado da Ribeira

Mercados centrais europeus

Visão geral mostra como o Mercado da Ribeira em Lisboa é amplo

Se você está de passagem por Lisboa, this is the place! Culinária espetacular na certa. Com um projeto de revitalização realizado em 2014, os mais de cinco mil metros quadrados do térreo foram transformados em uma praça de alimentação com diversos tipos de comida, desde restaurantes de chefs renomados até comida orgânica.

A curadoria fica por conta da edição local da revista Time Out. Você também poderá encontrar algumas lojinhas que oferecem produtos típicos portugueses.

Design moderno dos restaurantes localizados no Mercado da Ribeira em Lisboa

Design moderno dos restaurantes localizados no Mercado da Ribeira em Lisboa

Mercado San Miguel

Mercados centrais europeus

Fachada do Mercado San Miguel (Foto: reprodução site In Madrid)

A arquitetura do Mercado San Miguel em Madri, assinada por Alfonso Dubé, encanta e é um convite para desbravar os seus corredores. Com uma fachada em vidro e estrutura de ferro, ele foi revitalizado em 2009 e tornou-se ainda mais incrível, trazendo um conceito gourmet e virando uma atração no coração da capital da Espanha.

São cerca de 30 bancas nas quais você pode encontrar e degustar comidas maravilhosas — mas o enfoque aqui fica para as tapas espanholas.

Mercados centrais europeus

Parte interna do mercado San Miguel (Foto: reprodução site In Madrid)

Mercados centrais europeusi

A organização do Mercado San Miguel (Foto: reprodução site Coveted Places)

Mercado Municipal de Santa Caterina

mercado_santa_caterina

O famoso teto que foi parte da reforma do Mercado Municipal de Santa Caterina (Foto: reprodução site Ajuntament Barcelona)

Com sua inauguração em 1845, o Mercado Municipal de Santa Caterina, localizado na cidade de Barcelona, foi reformado em 2015 com projeto dos arquitetos Enric Miralles e Benedetta Tagliabue.

Com uma proposta arquitetônica inovadora, a construção foi feita para ser vista do alto, contrastando perfeitamente com os edifícios do seu entorno — em especial por causa do telhado, que merece destaque.

Bancas recheadas de produtos frescos atendem os moradores da cidade e os turistas que passam por ali.

mercados centrais europeus

Parte interna do Mercado Municipal de Santa Caterina (Foto: reprodução site Barcelona Turisme)

mercados centrais europeus

Exterior da construção do Mercado Municipal de Santa Caterina em Barcelona (Foto: reprodução site Architettura Ecosostenibile)

Mercado Central de Budapest

Um dos edifícios mais significativos de Budapest é o Mercado Central, que nos conta muitas histórias. Ele foi construído no século XIX para controlar a qualidade dos alimentos após uma crise sanitária na cidade.

Foi praticamente destruído durante a Segunda Guerra Mundial, sendo reerguido em 1994. Hoje, é um dos lugares mais frequentados da capital húngara.

mercados centrais europeus

Parte interna do Mercado Central de Budapest

mercados centrais europeus

O histórico Mercado Central de Budapest

mercados centrais europeus

Mercados centrais europeus: parte interna do Mercado Central de Budapest

Seja para nos contar histórias, trazer diversas opções de refeições ou para um simples passeio por seus corredores, os mercados centrais são sempre uma ótima opção para visitantes ou moradores locais.

Não é de hoje que os europeus têm o hábito de frequentá-los. E, com a modernização da arquitetura, as possibilidades de requalificação e adaptação criando contrastes de antigo e novo, eles prometem nunca sair de cena.

Você também é um grande fã desse tipo de passeio? Compartilhe com a gente seus mercados centrais favoritos!

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Fabio says:

    Boa noite

    Gosto muito da experiência de mercados centrais. Quais sugestões para Vienna e Praga? Essa semana estarei visitando as duas cidades

    • Portobello says:

      Olá Fábio,

      Tudo bem?

      Temos duas sugestões legais: Naschmarkt em Vienna e Havelska em Praga!

      Boa viagem, aproveite muito e continue nos acompanhando.

      Abraços,
      Equipe Archtrends