Menu
Projetos e Obras
Busca

Me is We é a tendência de 2022 que traz uma sociedade mais inclusiva e respeitosa com o meio ambiente e a situação econômica global (Foto: Rawpixel)

Conteúdo Matérias

Me is We: a tendência inclusiva de 2022 em 6 indicações culturais

20/12/2021

Conheça a tendência Me is We e veja dicas de livros, documentários e podcasts que retratam essa nova forma de se relacionar com o mundo.

A pandemia de covid-19 trouxe profundas transformações na nossa sociedade. O isolamento social modificou a forma como nos relacionamos com tudo à nossa volta: as pessoas, o ambiente, as marcas. Essa mudança fez surgir novas tendências de comportamento, e um dos destaques é a Me is We.

O termo foi mapeado pela Portobello em um vasto estudo e pode ser traduzido como “somos um e somos todos” e reflete justamente essa evolução de valores e a busca por uma sociedade mais justa e com propósito. Quer entender melhor? Siga conosco!

O que é a tendência Me is We?

A tendência Me is We mostra que todos estamos conectados. Por isso, a coerência no discurso e nas ações é esperado. E isso vale para marcas, empresas e pessoas com as quais nos relacionamos e pelas quais somos inspirados.

Os comportamentos individualistas e baseados em exploração deixam de ser destaque e passam a ser substituídos por sentimentos de contribuição e mutualidade. As questões ambientais ganham destaque, bem como as sociais, com uma maior representatividade das minorias.

As culturas de inclusão, igualdade e mudança duradoura se tornam ainda mais fortes, convidando as pessoas a se engajarem nessas causas. As marcas, principalmente, precisam ter um propósito forte e transparente, trabalhando com responsabilidade ambiental e social, de forma a construir o futuro de maneira inclusiva e consciente.

Indicações culturais para se aprofundar nessa tendência 2022

Por ser uma tendência comportamental, ela acaba sendo refletida nas produções culturais, que visam, justamente, retratar nossas crenças e o modo como lidamos com o mundo. Assim, para você mergulhar de vez na tendência Me is We, separamos algumas produções culturais bem interessantes. Confira.

1. Broken, Desserviço ao consumidor (Netflix)

me is we
Broken é o documentário da Neflix que retrata a expressão “o barato sai caro”, mostrando como os consumidores estão cada vez mais atentos (Divulgação Netflix)

Essa é uma série documental que mostra como a propaganda enganosa e a negligência na criação de produtos populares podem trazer graves consequências.

Ao longo de quatro episódios, entendemos melhor o conceito de que o “barato sai caro”, com produtos que contam com substâncias tóxicas, materiais frágeis e matérias-primas que acabam sendo descartadas de qualquer maneira, lotando lixões e trazendo muito mais problemas para toda a sociedade.

A série descobre a verdade por trás do preço baixo ao consumidor, abordando a indústria dos falsificados, vaping, entre outros.

A série se encaixa na tendência Me is We justamente por mostrar que cada vez mais os consumidores estão atentos e buscando marcas com discurso coerente com suas ações.

2. O perigo de uma história única (Chimamanda Ngozi Adichie)

me is we
Livro da escritora feminista que mostra o poder de ouvir todos os lados da história (Divulgação Companhia das Letras)

Como criamos a imagem que temos de cada povo? Normalmente, nosso conhecimento é construído por meio das histórias que escutamos. Quanto mais diversas são essas narrativas, mais completa será a nossa compreensão sobre um assunto.

O perigo de uma história única, inicialmente, foi uma palestra feita por Chimamanda no TED Talk em 2009. Dez anos depois, o vídeo se tornou um dos mais acessados da plataforma.

A partir de então, Chimamanda resolveu expandir esse diálogo, criando o livro de mesmo nome em que a proposta principal é debater sobre a importância de expandirmos e diversificarmos nossas fontes de conhecimento, evitando ouvir apenas uma parte da história. Afinal, escutar outros pontos de vista com atenção e respeito é, também, um ato de responsabilidade social.

Chimamanda é responsável por encantar o mundo com suas narrativas ficcionais e com este livro, a escritora e feminista nigeriana também demonstra sua habilidade como pensadora do mundo contemporâneo, ajudando a edificar um conhecimento mais profundo entre as culturas.

3. Como salvar o futuro (André Carvalhal)

me is we
Leitura essencial para quem pensa no futuro do mundo, se preocupando com questões relacionadas à sustentabilidade (Divulgação Companhia das Letras)

André Carvalhal é um nome conhecido quando o assunto é sustentabilidade na moda. O escritor, consultor e facilitador nas áreas de marketing, branding e design para a sustentabilidade nos traz inúmeras propostas para abordar os novos desafios comerciais ao mesmo tempo em que se pensa o futuro do mundo.

O livro é dividido em capítulos que abordam diferentes faces dos desafios que estão presentes em nossas vidas. É, sem dúvida, uma leitura essencial para quem, assim como o autor, tem a esperança de salvar o futuro começando hoje.

4. Trago boas notícias (Ecoa)

me is we
Podcast com notícias positivas que nos fazem crer em um mundo melhor e uma sociedade mais justa (Divulgação Spotify)

Esse podcast é apresentado por Edgard Piccoli e traz histórias de pessoas que tornam o mundo um lugar melhor e nos faz termos razões para acreditar que podemos criar uma sociedade mais justa.

Está cansado das notícias ruins e pesadas de sempre? O podcast, produzido pela Ecoa, plataforma da UOL por um mundo melhor, traz histórias positivas e inspiradoras, contadas em um tom tranquilo, com episódios novos de segunda à sexta a partir das 18 horas.

5. Economia Donut (Kate Raworth)

me is we
Um novo modelo econômico para superar os desafios da nossa sociedade moderna é proposto pela economista e autora dessa obra (Divulgação: Companhia das Letras)

Kate Raworth é economista da Universidade Oxford e foi a responsável por cunhar o termo “economia donut”, um modelo econômico original e ousado para responder aos desafios do século XXI.

Crise financeira permanente, desigualdade social extrema, pressão implacável sobre o meio ambiente. Como superar essas questões? Para Kate, por meio de uma mudança drástica de paradigma, que é a economia donut.

Para chegar a ela, a economista analisou os sete pontos críticos que fizeram com que o modelo econômico atual nos trouxesse à ruína. Kate propõe, então, um sistema no qual as necessidades de todos serão satisfeitas sem esgotar os recursos do planeta – como forma de ilustrar esse equilíbrio, a autora desenhou um gráfico icônico e similar a um donut.

O livro foi vencedor do Prêmio Transmission, dedicado às obras inspiradoras comunicadas de forma inteligente. Com uma linguagem clara, Economia Donut traz as coordenadas para guiar políticas governamentais, o desenvolvimento global e as estratégias corporativas, estabelecendo padrões sobre o que significa, atualmente, sucesso econômico.

6. Uma vida sem lixo (Cristal Muniz)

me is we
Projeto mostra como reduzir a produção de lixo no dia a dia (Reprodução Uma Vida Sem Lixo)

Cristal Muniz é uma influenciadora de Florianópolis que, ao ir morar sozinha, se deparou com o problema do lixo. Ao buscar por soluções, ela encontrou o blog da ambientalista Lauren Singer e, assim, Cristal resolveu assumir o desafio de viver um ano sem lixo.

Do projeto nasceu o blog, o podcast e também o livro. Nele, Cristal Muniz compartilha todas as dicas que aprendeu nesse período para gerar menos lixo dentro e fora de casa.

Ela ensina a comprar comida sem embalagem, formas de reaproveitar as cascas dos alimentos, como construir uma composteira para acabar com o lixo orgânico, formas de limpar a casa usando apenas 3 ingredientes, dicas para montar um guarda-roupa sustentável e várias dicas para reduzir o consumo de plástico. É, sem dúvida, um guia para quem deseja ter uma vida mais sustentável, saudável, simples e barata.

Gostou de conhecer mais a tendência Me is We? Aproveite e baixe o Trendbook da Portobello para conhecer outras tendências para 2022!

Imagem principal: Me is We é a tendência de 2022 que traz uma sociedade mais inclusiva e respeitosa com o meio ambiente e a situação econômica global (Foto: Rawpixel)

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *