Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Liderança com propósito: como se adaptar a novos cenários

27/07/2020

Liderança com propósito foi o tema abordado em uma live com o jornalista Pedro Andrade e o empresário Cesar Gomes Junior. Veja os pontos debatidos!

Adaptar-se a novos cenários como a atual necessidade de ficar em casa é importante para as empresas, de modo a garantir a sobrevivência mesmo em tempos de adversidades. Entre outros pontos, é necessário desenvolver uma liderança com propósito.

Esse foi o tema de uma live que promovemos no Instagram, que contou com a participação do jornalista e apresentador Pedro Andrade, que é nosso parceiro, e do presidente do conselho de administração da Portobello, Cesar Gomes Junior.

A seguir, destacaremos os principais pontos que foram abordados no encontro. Acompanhe!

O atual momento em termos pessoais

O presidente do conselho administrativo da Portobello, Cesar Gomes Junior, falou sobre as suas perspectivas para o meio empresarial na pandemia (Foto: Portobello)

O presidente do conselho administrativo da Portobello, Cesar Gomes Junior, falou sobre as suas perspectivas para o meio empresarial na pandemia (Foto: Portobello)

Cesar Junior começou a live comentando sobre o atual momento em termos pessoais. O executivo entende que, inicialmente, ninguém imaginava que a pandemia tomaria tamanha proporção.

Porém, com o passar do tempo e a disseminação do coronavírus pelo mundo, as pessoas começaram a ficar alarmadas e os impactos foram sentidos em todos os setores da sociedade.

O jornalista Pedro Andrade intermediou a conversa (Foto: arquivo pessoal)

O jornalista Pedro Andrade intermediou a conversa (Foto: arquivo pessoal)

Pedro Andrade, por sua vez, comentou que, no jornalismo, não houve muitas mudanças, tendo em vista que as pessoas ainda têm aflorado o desejo por informação.

Ele lembrou, inclusive, de uma publicação que fez aqui no Archtrends, em que analisa que a vida é uma onda. O artigo fala sobre como a pandemia nos fez ter uma visão diferente do mundo em que vivemos.

Mudanças na Portobello para a liderança com propósito

A Portobello intensificou a liderança com propósito na pandemia (Foto: Portobello)

A Portobello intensificou a liderança com propósito na pandemia (Foto: Portobello)

A Portobello intensificou a liderança com propósito na pandemia (Foto: Portobello)

Sobre mudanças na Portobello, Cesar Junior explicou que, assim que a pandemia chegou no Brasil, a primeira providência tomada pela empresa foi cuidar das pessoas, como os funcionários, os seus familiares, a comunidade etc. A preocupação foi passar segurança para todos.

Em seguida, foi criado um comitê para estudar os impactos da pandemia e as medidas que seriam tomadas a partir de então. O grau de solidariedade foi elevado, para que se desenvolvesse uma liderança com propósito nesse período.

A valorização da casa

Ficar mais em casa é uma necessidade na pandemia; isso faz com que o lar seja valorizado (Foto: cottonbro)

Ficar mais em casa é uma necessidade na pandemia; isso faz com que o lar seja valorizado (Foto: cottonbro)

A casa virou sinônimo de proteção e, por isso, as pessoas investem mais no lar. Cesar Junior analisou que o choque fez com que os valores das pessoas mudassem e, agora, as prioridades foram modificadas.

Para o empresário, não há dúvida de que cuidar da casa será um novo aspecto importante para todos. Além da necessidade de ficar mais tempo no lar para garantir a saúde, as empresas atestaram o sucesso do home office, que deve continuar sendo adotado quando a pandemia for totalmente superada.

Cesar Junior também comentou que desponta uma tendência de as pessoas migrarem de apartamentos para casas, bem como de saírem dos grandes centros urbanos para as cidades menores, que proporcionam mais qualidade de vida e proximidade com a natureza.

A campanha “O bom de ficar em casa” e a coerência empresarial

A campanha "O bom de ficar em casa" faz parte das medidas de liderança com propósito da Portobello (Foto: Ekaterina Bolovtsova)

A campanha “O bom de ficar em casa” faz parte das medidas de liderança com propósito da Portobello (Foto: Ekaterina Bolovtsova)

Ao falar sobre liderança com propósito, o presidente do conselho administrativo da Portobello destacou a campanha “O bom de ficar em casa“. Ele explicou que, no contexto empresarial, é preciso ter coerência com o que o mercado e os clientes vivem.

“O design e a estética vão passar por momentos muito especiais”, disse o empresário. As pessoas viram uma necessidade de ficar em casa e valorizar mais os seus imóveis. Para a Portobello, estar alinhada a isso é uma forma de acompanhar os novos anseios dos seus clientes.

Oportunidades e transformações em tempos de crise

Ao ser questionado sobre as oportunidades e transformações em tempos de crise, Cesar Junior respondeu que a pandemia é uma tragédia para a saúde e para a economia. No entanto, é preciso saber enxergar as transformações de mercado para se renovar e se destacar, conquistando, dessa maneira, o sucesso.

Para ele, como estamos em meio a uma pandemia, ainda não se pode ter certeza da intensidade como as mudanças trazidas impactarão, de fato, o nosso futuro. Entretanto, é importante ficar sempre atento para a forma como os fatos decorrem e se adaptar a cada cenário por meio projeções.

A importância do digital

O atendimento ao cliente por canais digitais, como o WhatsApp, precisa ser potencializado (Foto: Anton)

O atendimento ao cliente por canais digitais, como o WhatsApp, precisa ser potencializado (Foto: Anton)

A pandemia acelerou mudanças que eram inevitáveis, como o aumento do e-commerce. Para o presidente do conselho administrativo da Portobello, a transformação digital passou por uma evolução brutal, de modo que as vendas digitais devem dar um salto grande.

Ele acredita que, para a Portobello, em um cenário pós-pandemia, haverá uma evolução do omnichannel, com o mundo digital influenciando o físico e vice-versa. Além do virtual, o lado humano também cresceu, e a combinação dos dois gera uma boa experiência.

O empresário enfatizou que todas as lojas da Portobello foram fechadas na quarentena, algumas por mais e outras por menos tempo, de acordo com os protocolos das autoridades de cada região.

Mesmo de portas fechadas, algumas registraram recordes de vendas nesse período. Ao ouvir os gerentes das lojas, Cesar Junior concluiu que esse aumento vem justamente da possibilidade de potencializar os relacionamentos pelo digital, por meio de recursos como as redes sociais e o WhatsApp.

O processo criativo da Portobello em tempos de pandemia

Atualmente, as lastras são um dos maiores projetos da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

Atualmente, as lastras são um dos maiores projetos da Portobello (Projeto: Portobello S.A.)

A interação que transcende o lado comercial e a necessidade das pessoas é o que norteia o processo criativo da Portobello em tempos de pandemia. Foi isso o que destacou o presidente do conselho administrativo da nossa empresa.

Junto à credibilidade já conquistada, o processo criativo se desenvolve para que sejam tomadas ações. Vivemos um momento em que todos têm graus de incerteza e, portanto, é preciso potencializar os relacionamentos humanos, por meio do digital e da liderança com propósito.

A Portobello também fez lançamentos nesse período, como as lastras, que são grandes superfícies de porcelanato. Elas exigem pouco rejunte, por exemplo, dando impressão de continuidade e valorizando os ambientes.

Apostas para o futuro no pós-quarentena

As percepções de mercado trazidas pelos arquitetos é o que norteia as ações da Portobello (Foto: Pixabay)

As percepções de mercado trazidas pelos arquitetos é o que norteia as ações da Portobello (Foto: Pixabay)

Ao falar sobre o pós-quarentena, Cesar Junior afirmou que o exemplo vem da Europa, que está dando os primeiros passos para uma retomada dos negócios e mostrando os caminhos para o resto do mundo.

A liderança com propósito deve estar atenta, portanto, ao que está acontecendo nos países do Velho Mundo, onde a pandemia chegou antes.

Com esse pequeno histórico, temos a possibilidade de fazer um planejamento mais acentuado, sem as interferências políticas e os jogos de interesses que surgiram com a pandemia.

O empresário se mostrou confiante pelo fato da arquitetura representar as mudanças na sociedade. Conceitos como o de sustentabilidade, por exemplo, vão amadurecer e crescer, sendo necessários para esse setor se reinventar e acompanhar os novos desejos e as necessidades dos clientes.

Cesar Junior também explicou que a Portobello sempre esteve um passo à frente, com os estudos e planejamentos de novos produtos levando tempo para serem amadurecidos. Uma nova linha de peças não é lançada de um mês para outro, por exemplo.

A empresa busca trabalhar com menos quantidade e com mais qualidade, valorizando os feedbacks dos arquitetos. A capacidade de inovação vem daí, já que os profissionais da arquitetura trazem a sua visão do mercado para a companhia, bem como as necessidades que despontam entre os clientes.

Isso é importante para compreender a evolução do design e as tendências que crescerão nos próximos anos, bem como a forma como isso será relacionado aos produtos que serão desenvolvidos.

A liderança com propósito ganha forma nas empresas brasileiras! Para administrar um negócio, mais do que nunca, é necessário pensar na comunidade em que ele está inserido e na forma como as pessoas se relacionam com as marcas.

Gostou do nosso artigo? Então, convidamos a acessar o nosso Instagram e assistir à live na íntegra. Certamente, você gostará de acompanhar toda essa conversa, que foi muito produtiva!

 

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *