Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Vida contemporânea

A importância do design de interiores no nosso lifestyle

04/05/2018

Repense os seus ambientes para ter o estilo de vida que você sonha.

Você já parou para pensar como o design de interiores molda a nossa vida e reflete nossas decisões e atividades diárias?

Imagine uma sala de estar, onde no seu centro, está um sofá baixo, com formato em L, que convida a deitar, em frente a uma televisão de cinquenta polegadas. Esse ambiente convida os habitantes desse espaço a estarem sempre deitados em casa, a criar uma rotina de relaxamento total e pouca atividade.

lifestyle

Lifestyle: ambientes integrados estimulam interação (Foto: Selby)

Agora, se você repensar o centro da sala com poltronas e sofás mais rígidos, organizados de maneira que estimulem a convivência e a conversa, o seu lifestyle muda completamente. Os momentos em casa vão trazer conversas e relações mais saudáveis e menos tempo deitado em frente à televisão.

Ao repensar o apartamento onde vivo, tenho refletido muito sobre como o design interfere totalmente nos nossos hábitos e como podemos criar soluções para viver melhor começando com a decoração.

Para quem deseja cozinhar e ter uma relação mais saudável com a  comida, que tal planejar um ambiente que motive você a convidar pessoas para compartilhar refeições, com espaço para cozinhar e conversar, como uma sala integrada com a cozinha, e uma banca própria para o preparo dos alimentos.

Se você é daqueles que ama livros e revistas, deixe-os visíveis e em local acessível. Organize cantinhos de leitura confortáveis, com a luz adequada e mesinha lateral para chás ou café.

Às vezes, seguir tendências de design não bastam. Nossa casa deve refletir quem queremos ser e como queremos viver nossas vidas. Com a quantidade de informações que temos hoje, usar o design e interiores como uma ferramenta que possuímos para viver melhor pode fazer toda a diferença na sua vida e de sua família. Pense nisso.

lifestyle

Um quadro no lugar da televisão muda a dinâmica da sala (Fonte: Selby)

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *