Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Entrevistas

Cenário de Garça Torta inspira projeto geométrico de João Correia Pinto

16/10/2019

Arquiteto maceioense conta como planejou casa moderna em terreno com declive de 12 metros de altura.

A praia de Garça Torta, localizada no norte da capital alagoana, Maceió, é um cenário inspirador para realizar ousados projetos arquitetônicos. Não à toa, o lugar é considerado um refúgio dentro da parte urbana da cidade. Ter uma casa circulada por uma linda vegetação litorânea, com uma vista para o azul turquesa do mar e ainda estar perto de descolados bares e restaurantes, é sinal de que conseguiu uma moradia privilegiada frente a um paraíso tropical.

Praia de Garça Torta com vista para a orla de Maceió (Foto: divulgação)

Praia de Garça Torta com vista para a orla de Maceió (Foto: divulgação)

João Eduardo Correia Pinto, arquiteto e urbanista, apaixonado pelas belezas naturais da sua cidade, teve a sorte de planejar uma casa diferenciada nessa região: uma residência unifamiliar localizada no condomínio Atlantis. E como um bom arquiteto que se preze, ele também ganhou o desafio de erguer uma estrutura localizada em um terreno que possui difícil posicionamento, com declive topográfico de 12 metros. 

Arquitetura geométrica com elementos brutos se mistura à paisagem litorânea

Arquitetura geométrica com elementos brutos se mistura à paisagem litorânea

Frontal da casa com piscina de borda infinita

Frontal da casa com piscina de borda infinita

Fundos da casa de três pavimentos, com vista para o mar

Fundo da casa de três pavimentos, com vista para o mar

“O meu diferencial como arquiteto é, sem dúvida, a capacidade de traduzir os sonhos dos clientes e recriar através da ousadia dos meus traços. Onde eu me inspiro? Em uma árvore, em uma pedra, em uma caixa de leite vazia, em um conjunto de livros empilhados, enfim, cabe a mim filtrar as ideias, abstrair os conceitos e desenvolver os projetos”, afirma João.

Foi com esse jeito peculiar de buscar inspirações que ele deixou sua imaginação fluir e o projeto foi ganhando forma, ou melhor, padrões geométricos harmônicos para que os moradores pudessem apreciar toda a vista panorâmica do mar alagoano. Veja vídeos abaixo com alguns ângulos da casa:

 


O projeto foi desenvolvido em três níveis, sendo o primeiro, o pavimento térreo com toda a área íntima dos futuros moradores (suítes, escritório, terraços). O segundo, descendo um pavimento, João planejou a área funcional da residência (sala de estar, sala de TV, sala de jantar, suíte de hóspedes, copa, cozinha gourmet, dependência de funcionários, depósitos e garagem). E o terceiro, o piso inferior, com área de lazer da edificação, como espaço grill, adega, home theater, apoio gourmet, redário e um amplo deck com integração com a piscina de bordas infinitas.

Arquiteto João Eduardo durante a limpeza do terreno da obra

Arquiteto João Eduardo durante a limpeza do terreno da obra

“Devido ao alto padrão de tecnologia que essa residência está sendo executada, não poderíamos pecar nos acabamentos. Então, quase que em sua totalidade, todos os pisos e paredes serão revestidos com o porcelanato City Cement 90×90, adquiridos na Portobello Shop Maceió, dando o toque final a essa belíssima e complexa obra”, adianta.

Além do nível de dificuldade apresentado pelo terreno, de acordo com João, o elemento-chave da concepção do projeto, de fato, foi a sua forma geométrica. “Forma essa assimétrica, mas em total equilíbrio visual, formas que irão proporcionar a essa residência uma beleza singular e dinâmica”, resume.

Confira o andamento da obra, com previsão de conclusão para maio de 2020:

Construção arquitetura geométrica

Construção arquitetura geométrica

Sobre o arquiteto e urbanista

A decisão de João ingressar na carreira de arquitetura se deu em meados do ano 2000.  Durante a infância e adolescência, ele relembra que carregava o sonho de ser advogado, apesar de sempre gostar de desenhos e pinturas. “Nunca me passou pela cabeça ser arquiteto, até que um dia, minha irmã, então estudante de arquitetura, não parava de reclamar ‘as linhas estão tortas, o desenho fora de escala, essa prancheta é pesada…’, pronto, isso me chamava a atenção, fez com que eu me apaixonasse pela profissão e tudo começou a mudar para mim”, confessa.

Hoje, João possui carreira consolidada na região do Nordeste. Formou-se há 12 anos em Arquitetura e Urbanismo e possui pós-graduação em tecnologia BIM Master Revit. Há 10 anos, possui escritório situado em Maceió, no empresarial Premium Office, bairro da Jatiúca. Foi vencedor de uma das maiores premiações do setor imobiliário alagoano, o Prêmio Master ADEMI, na 20ª Edição, com o Projeto Residencial Porto Milazzo.

Ele também já realizou inúmeros projetos arquitetônicos de referência, incluindo a casa do cantor Mano Walter. Como inspiração profissional, faz questão de destacar dois escritórios nacionais. “Primeiro o Studio MK27 e, segundo, o escritório Angeli Leão, por possuir uma maior identificação e serem de meus conterrâneos e colegas, que estão trilhando um caminho de muita identidade, qualidade e atemporalidade”, sugere.    

Casa na praia do cantor Mano Walter, projetada por João Eduardo Correia Pinto

Casa na praia do cantor Mano Walter, projetada por João Eduardo Correia Pinto

Acompanhe outros extraordinários projetos desse grande arquiteto maceioense no Archtrends Portobello!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *