Menu
Projetos e Obras
Busca

O fogão a lenha traz aconchego a qualquer ambiente e pode estar presente em projetos rústicos, modernos ou urbanos (Projeto: Izaac Pedrosa e Savitor Justo)

Conteúdo Matérias

Fogão a lenha: 5 projetos com formato moderno e atual 

05/08/2022

Veja inspirações e muitas dicas para integrar o fogão a lenha em seus projetos, com estilo moderno e superaconchegante

Charmoso e aconchegante, o fogão a lenha está de volta à cena. Em versões repaginadas, ele aparece integrando cozinhas, áreas gourmet e diversos outros ambientes.

Se você quer trazer o clima de fazenda para sua casa, e ainda dar um toque diferente, confira as inspirações que separamos e descubra como integrar esse elemento à sua decoração.

Quais os tipos de fogão a lenha?

Basicamente, todos os fogões a lenha são compostos de uma caixa com abertura por onde se coloca a lenha e controla as chamas. Além de uma gaveta onde são armazenadas as cinzas, o forno, a chapa (que pode ser de ferro fundido ou de aço) e a chaminé para a saída de fumaça.

Há alguns anos, não existia muita variedade em termos de fogão a lenha, nem no estilo e nem no modo de funcionamento.

Hoje, contudo, a situação está diferente. E você consegue encontrar diferentes modelos que podem ser mais ou menos indicados dependendo do seu projeto.

Os principais são:

  • Fogão a lenha de metal: modelo bastante tradicional, no qual se adiciona a lenha ou o carvão vegetal na parte de baixo do fogão que aquece a chapa de metal localizada no topo;
  • Fogão a lenha de alvenaria: a estrutura é feita em alvenaria e as chapas são adicionadas posteriormente. A lenha é colocada diretamente sob os bocais do fogão por meio de um túnel;
  • Fogão a lenha moderno: é um produto com design diferenciado, com a parte externa em aço carbono e o interior em aço inoxidável. Possui sistema de dupla combustão para a queima total da lenha e dos gases tóxicos. Por isso, quase não libera gases pela chaminé e não é poluente;
  • Fogão a gás modelo a lenha: é ideal para quem não tem espaço para a instalação da chaminé, mas quer o design charmoso do fogão a lenha de metal. A estrutura é idêntica ao fogão a lenha tradicional, porém seu funcionamento é a gás.

O que eu preciso saber antes de ter um fogão a lenha moderno?

De todos esses modelos, o fogão a lenha moderno é um dos mais procurados atualmente. Justamente pelo seu design diferenciado e também pelo modo como ele funciona, agredindo menos o meio ambiente e trazendo mais eficiência no controle das chamas.

Para incorporar essa opção no seu projeto, contudo, é preciso ter alguns cuidados. Veja quais são.

Fogão único ou complemento

O primeiro ponto é pensar se o fogão a lenha irá substituir totalmente o fogão tradicional, se haverá outro modelo de fogão ou se ele será instalado em uma área adicional, como no espaço gourmet ou da churrasqueira.

Qualquer casa pode receber um fogão a lenha. Mas é preciso que haja espaço para a chaminé. Ela precisa passar pelo ponto mais alto da casa e com menos curva possível.

Instalação

Os fogões a lenha modernos trabalham com a chamada dupla combustão. Esse é um processo que acontece dentro da caixa de queima, e ocorre de forma limpa e com menos fuligem.

Ela acontece quando a temperatura interior ultrapassa os 350ºC. Nesse momento, o templador absorve os gases gerados pela queima da lenha, entrando em combustão novamente e queimando também esses gases.

A instalação é um dos pontos que requer atenção, para assegurar a tranquilidade no uso do fogão a lenha
(Projeto: Andréa Gonzaga)

Como há uma maior concentração de calor, é preciso atenção redobrada com a instalação da chaminé. Para as casas, essa instalação é mais simples. Mas em apartamentos, pode ser inviável, a não ser em uma cobertura ou em unidades nas quais a construtora já prevê a instalação no projeto de construção.

Mesmo no caso dos modelos tradicionais, que resgatam o charme dos antigos fogões a lenha, é preciso cuidado com a instalação da chaminé. Ela evita que os gases da queima da madeira retornem para o ambiente. Cada modelo de fogão a lenha pode ter exigências diferentes em relação à chaminé.

Em geral, é preciso respeitar uma distância mínima de 30 a 50 cm de materiais e equipamentos não resistentes, para que eles não deformem devido ao calor.

Piso

Outro ponto superimportante na hora de projetar o espaço com o fogão a lenha é pensar no piso do local. Afinal, ele precisa suportar o calor gerado pelo aparelho.

O porcelanato, nesse sentido, é o mais recomendado, porque ele consegue suportar bem altas temperaturas. Pisos de madeira, PVC ou carpetes podem não suportar o aquecimento. Para esses casos, é preciso instalar uma chapa de metal ou de outro material cerâmico debaixo do fogão.

Como decorar usando o fogão a lenha?

Agora que você já sabe tudo sobre fogão a lenha, que tal algumas inspirações para incorporar esse item charmoso na sua decoração? Confira!

1. Integrado à cozinha moderna

O fogão a lenha também pode aparecer em uma cozinha moderna, trazendo charme e estilo (Projeto: Vit Bianchini)

O fogão a lenha pode ser um destaque da sua cozinha moderna, adicionando charme e aconchego, mas sem ficar destoante.

Nessa inspiração, ele foi integrado à bancada principal, com o uso de revestimentos semelhantes para trazer a sensação de continuidade. O modelo ficou embutido e bem discreto, garantindo o visual clean e moderno.

2. Ambiente integrado

Quando a chaminé é bem instalada, o fogão a lenha pode aparecer até mesmo em espaços integrados
(Projeto: Ana Carolina Milanez)

O fogão a lenha também pode brilhar em ambientes abertos e integrados. Para isso, a chave deve ser a correta instalação da chaminé. Pois é ela que garantirá que nenhuma fumaça será liberada para os demais espaços, trazendo conforto no uso.

A ilha ficou muito mais charmosa com o fogão a lenha, que compartilha espaço com outros eletrodomésticos modernos.

3. Estilo rústico moderno

Mesclar o estilo rústico e o contemporâneo é ótimo para quem deseja criar um espaço aconchegante, mas atual
(Projeto: Ana Wolf Arquitetura e Interiores)

O fogão a lenha está muito atrelado a ambientes rústicos, como a tradicional casa de fazenda. Mas você pode modernizar essa ideia, sem perder sua essência.

Por exemplo, criando um espaço com detalhes que tragam a sensação da decoração rústica, porém com toques contemporâneos. Como nessa ideia, com aplicação de tijolinhos e metais, destacando a churrasqueira e o fogão a lenha.

4. Cinza e madeira

O fogão a lenha pode aparecer em um conceito mais industrial, sem perder seu toque aconchegante
(Projeto: Frederico Bicalho)

Outra ideia para quem deseja dar uma atualizada na área gourmet com fogão a lenha é investir na combinação de cinza com a madeira. 

O resultado é um espaço urbano e industrial, mas que não deixa de ser aconchegante, justamente pelo toque amadeirado. Uma mesa rústica com pés em metal pode ser o destaque do espaço, criando união entre os dois estilos.

5. Em uma parede de destaque

Destaque seu fogão a lenha criando uma parede com revestimentos diferenciados e trabalhados
(Projeto: Monet Design de Interiores)

Na área gourmet, que tal criar um destaque especial para seu fogão a lenha? Nesse caso, invista em uma parede com revestimentos especiais e crie um ponto focal para a área de preparo dos alimentos.

Os revestimentos que recriam ladrilho hidráulico combinam muito bem com uma proposta mais rústica e aconchegante.

Depois dessas dicas e inspirações, ficou mais fácil pensar em como usar o fogão a lenha nos seus projetos. Aproveite e confira nossas dicas para montar uma área gourmet rústica!

Imagem principal: O fogão a lenha traz aconchego a qualquer ambiente e pode estar presente em projetos rústicos, modernos ou urbanos (Projeto: Izaac Pedrosa e Savitor Justo)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *