Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Arquitetura com opinião

Fenômeno no Instagram

30/11/2018

O medo de não dar certo não estava nos planos do jovem arquiteto e urbanista catarinense Otávio Mendes. O profissional apostou nas redes sociais como seu cartão de visitas e não é que deu certo?

Com apenas 25 anos de idade e dois anos e meio de formação acadêmica, Otávio Mendes é referência na internet. Com mais de 25 mil seguidores e projetos repostados nos maiores sites de decoração do país, o jovem profissional catarinense atua nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, além de outras cidades do país. São 52 obras realizadas, entre arquitetônicas e reformas comerciais (interiores), mas, segundo ele, o foco principal, são os apartamentos com até 75 m².

De família simples , Otávio lembra que o início da carreira foi difícil. Por isso, viu na internet a possibilidade de divulgar seu trabalho. O arquiteto começou divulgando alguns projetos e inspirações no perfil do Instagram com o objetivo de captar clientes de outras cidades. “Aos poucos comecei a compartilhar dicas simples e logo com a criação do Stories, passei a mostrar mais o meu dia a dia, levando os meus seguidores nas obras por meio do celular. Hoje, faço das redes sociais a minha maior vitrine”, esclarece.

Otávio apresenta o passo a passo dos seus projetos e inspirações aos seguidores

A influência da mídia digital para Otávio é tão grande, que 90% dos clientes que o contrataram foi por meio da internet. Ele esclarece que faz parte de uma nova geração que está disposta a compartilhar o máximo de conhecimento através da ferramenta. No entanto, reforça que, para que todo o processo dê certo, é preciso muita dedicação. “Os resultados demoram um pouco a aparecer e é por isso que muitos acabam desistindo da ideia de captar clientes pela internet. Fui persistente. Sabia o que queria e onde queria chegar. Mesmo muito jovem, hoje me tornei uma referência para outros profissionais”, pontua.

Programas que servem de inspiração fazem parte do roteiro de viagens do arquiteto

Otávio durante viagem ao Peru

Por desenvolver inúmeros projetos de forma online – quando são realizados em cidades distantes-, Otávio explica que não consegue trabalhar apenas em horário comercial. O cotidiano é realmente muito movimentado, entre atendimento ao cliente, fornecedores e obras. Por isso, destaca a importância de se ter um bom equilíbrio entre o corpo e mente, para manter o pique. E é claro, um bom planejamento diário, com metas a serem cumpridas. “Acabo trabalhando praticamente o dia inteiro, mas reservo uma hora do meu dia para fazer musculação. Pedalar também é uma atividade que gosto muito. No meu planejamento anual já deixo uma data reservada para viagens, pode ser de longa ou curta distância, o importante é ir”, diz.

O jovem conquistou reconhecimento pelo seu talento

Especificador da Portobello SHop de Criciúma, o arquiteto destaca o projeto para um escritório de advocacia, localizado em Tubarão, Santa Catarina. O espaço com 30m², fica dentro de um prédio comercial e o intuito era criar uma nova fachada. Por ser de frente para o elevador, o desejo da cliente era algo elegante, sofisticado e que chamasse a atenção das pessoas. A inspiração foi o revestimento Nero Venato, da Linha Marmi Clássico. “Por conta dos veios marcantes com traços em dourado, criamos um painel com recorte a laser em dourado, para ter sintonia e ao mesmo tempo fazer a separação entre os ambientes interno e externo, trazendo privacidade e receptividade ao local. Tenho muito orgulho de destacar esse projeto, pois foi o primeiro a sair em uma revista. É algo que me traz muito orgulho”, conta.

 

O painel de entrada do escritório com uma fachada marcante e sofisticada

O destaque do Nero Venato na fachada

Otávio  acredita, que atualmente o arquiteto não está mais sendo visto como um artigo de luxo e que aquela velha frase “arquiteto é só para gente rica” está acabando. De acordo com ele, o profissional é essencial para um bom projeto e com a redes sociais, o público começou a se aproximar.  “Meu conselho para quem está iniciando a carreira como eu é que saia da sua zona de conforto, não fique sentado na cadeira do seu escritório esperando um cliente passar na rua e ver o seu espaço. Você precisa ser visto de alguma forma e as redes sociais estão aí. Não tenha vergonha de trabalhar em home office, (eu trabalho em home office) muitos clientes acabam não tendo muito tempo e preferem ser atendidos em casa”, finaliza.

E você? Também utiliza as redes sociais como cartão de visitas? Conte pra gente. E não se esqueça, siga o Otávio @arquitetootaviomendes e o Archtrends @archtrends no Instagram!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *