Menu
Projetos e Obras
Busca
estacao_trem_abertura

Conteúdo Matérias

Estações ferroviárias na Europa: uma viagem arquitetônica sobre trilhos

31/01/2018

Uma jornada de trem com destino à inspiração. Embarque nesse olhar com paradas nas estações mais fascinantes!

São diversas as estações de trem que nos fazem viajar em tempo real e nos inspiram. A Europa, por ter uma história e uma cultura relacionadas às viagens de trem, abriga grande parte desses projetos. Separei uma seleção de obras que são dignas de uma “parada”, então, acomode-se confortavelmente na sua poltrona e boa viagem!

Estações ferroviárias na Europa

1. Kings Cross Station

Em Londres, o projeto do escritório John McAslan+Partners é uma junção de três intervenções arquitetônicas: requalificação, ampliação e restauro. A obra de expansão é formada a partir de um pátio coberto por uma estrutura semicircular metálica, feita para vencer um vão de 150 metros de largura e 20 de altura.

Estações ferroviárias na Europa

Integração da nova estrutura com os edifícios antigos da estação (Foto: Luiza Vegini)

Em harmonia com o edifício antigo, o novo saguão de 7,5 mil metros quadrados é diretamente conectado com a parte oeste da estação, que mantém a arquitetura original.

Estações ferroviárias na Europa

O novo pátio da Kings Cross Station (Foto: Luiza Vegini)

2. Mediopadana

Vamos falar um pouco sobre o mestre do aço e das curvas orgânicas, um dos maiores nomes do campo da arquitetura e engenharia: Santiago Calatrava. E por que falamos nele? O espanhol já espalhou seu dom e conhecimento por diversas estações de trem europeias.

Estações ferroviárias na Europa

Detalhes arquitetônicos da Estação Mediopadana (Foto: Luiza Vegini)

A belíssima Mediopadana, na região da Emília Romana, Itália, é uma delas. Julgada por estar posicionada no “meio do nada”, é um projeto que quebra o paradigma das tradicionais estações de trem normalmente situadas em uma área central.

Dividida em dois níveis, é uma obra que carrega as características do arquiteto — estrutura em cor branca e formas escultóricas, apesar de ter uma planta simples. Ela impacta tanto os viajantes que embarcam nela, quanto aqueles que passam pela rodovia. A sensação é de atravessar um mar de ondas claras que flutuam na imensidão do horizonte.

Estações ferroviárias na Europa

Fachada com materiais característicos do arquiteto Santiago Calatrava (Foto: luiza Vegini)

3. Gare Oriente

Com pilares, arcos e lajes de concreto que possibilitam uma volumetria neutra e simples, a Gare Oriente está localizada em Lisboa. O marcante da obra são suas estruturas elegantes feitas em aço que descansam sobre os pavimentos de concreto, lembrando inúmeras árvores de ferro quando se ramificam no decorrer da estação a partir de um pilar central.

O mix dos materiais escolhidos por Calatrava cria um edifício moderno e intrigante, com o seu ar futurista e alto valor estético, devido aos elementos aparentes.

estacao_gare_externa

Estação Gare Oriente em Lisboa, Portugal (Foto: Luiza Vegini)

Os terminais de ônibus funcionam nos pavimentos subterrâneo e térreo, onde o concreto aparente ganha formatos e curvas que, atrelados a detalhes de iluminação natural, formam um ambiente com design diferenciado.

estacao_gare_arcos

Detalhes construtivos da estação Gare Oriente (Foto: Luiza Vegini)

4. Estação Central da Antuérpia

estacao_antuerpia

Estação de trem em Antuérpia, Bélgica (Foto: Luiza Vegini)

Agora vamos falar um pouco de história. A segunda maior cidade da Bélgica, Antuérpia, conta com uma estação central de trens que está entre as cinco mais bonitas do mundo. Com uma beleza inesperada e uma arquitetura que impressiona, ao entrar no local você entende por que ela recebeu essa qualificação.

Construída pelo arquiteto Louis Delacenserie entre 1895 e 1905, ela é formada por edifícios revestidos em pedra e uma grande cúpula posicionada acima do salão de espera. É um forte exemplo de arquitetura ferroviária, com um estilo particular devido ao seu extraordinário ecletismo.

estacao_antuerpia_telhado

Estações ferroviárias na Europa: os detalhes arquitetônicos internos na estação de Antuérpia (Foto: Luiza Vegini)

5. Estação de Trem de São Bento

Já imaginou deparar-se com 551 metros quadrados de azulejo português? Uma verdadeira obra de arte dentro da Estação de Trem de São Bento, na cidade do Porto. Inaugurada em 1915, foi projetada pelo arquiteto Marques da Silva e tem paredes de pedra inspiradas na arquitetura parisiense do século XIX. Uma aula de história e arte, por dentro e por fora!

estacao_sao_bento

Detalhes dos azulejos portugueses na estação São Bento, no Porto (Foto: Luiza Vegini)

Estações ferroviárias na Europa

Visão panorâmica da Estação São Bento (Foto: Luiza Vegini)

Viajar de trem pela Europa é um método fácil e eficiente de se locomover entre países, atravessando diferentes culturas e inúmeras paisagens. Além dessa troca com os lugares pelos quais passamos, a arquitetura de qualidade que encontramos pelo caminho nos inspira e provoca diferentes sensações, podendo vincular um projeto ao seu local de inserção, identificando a linguagem que aquele lugar tem para nos transmitir.

Você também aproveita para usufruir das estações ferroviárias na Europa? Conhece alguma outra estação de trem que chamou sua atenção? Compartilhe com a gente!

9 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Beatriz Amorim says:

    Parabéns querida! Viajei nas tuas descrições e desejei estar em cada uma dessas estações de trem! Simplesmente lindas!!!

  • Rosângela Moares Mezadri says:

    Que linda viagem!!!
    Trabalho maravilhoso, apaixonante!!
    Como segurar a vontade de conhecer e desfrutar desses detalhes, verdadeiras obras de arte, de perto?!
    Encantou com mais essa amostra das maravilhas arquitetônicas espalhadas pelos cantos do mundo, amei, parabéns!!!

    • Portobello says:

      Olá Rosangela, tudo bem? 😍

      Realmente, a vontade de querer conhecer e se apaixonar é inevitável!
      Agradecemos imensamente o seu carinho. Volte sempre!

      – Equipe Archtrends Portobello

  • Luiza Goedert says:

    Ótima a matéria! Eu morei em Antuérpia e realmente toda vez que entrava na estação eram varias suspiros!

    • Portobello says:

      Olá Luiza, tudo bem? 😍

      Realmente, é maravilhoso e encanta qualquer pessoa que passa por lá!

      Obrigada pela visita, volte sempre!

      – Equipe Archtrends Portobello

  • André says:

    As estações de trem em Moscou, assim como as estações de metrô, também vale checar. Até hoje, não vi estações mais belas que em Moscou.

    • Portobello says:

      Olá André, tudo bem? 😁

      Elas são encantadoras, não é mesmo?!
      Vale super a pena conhecer!

      Obrigada pela visita, volte sempre!

      – Equipe Archtrends Portobello

  • Luana Pascuetto says:

    Maravilhoso! Já tive oportunidade de conhecer algumas estações da reportagem, são realmente de tirar o fôlego!

    • Portobello says:

      Olá Luana, tudo bem? 😁

      Ficamos felizes que você tenha gostado, essas Estações Ferroviárias são extraordinárias mesmo!
      Obrigada pela visita, volte sempre!

      – Equipe Archtrends Portobello