Menu
Projetos e Obras
Busca
Espaço multiuso

O espaço multiuso cria espaços extras para as suas atividades (Projeto: Vasconcelos Mota Arquitetura)

Conteúdo Matérias

Espaço multiuso: chegou a hora de ter o seu em casa

22/01/2021

Descubra as vantagens do espaço multiuso e veja dicas importantes para aproveitar melhor os espaços disponíveis na sua casa!

A pandemia do novo coronavírus provocou muitas transformações. E, sem dúvida, uma bem importante foi a relação com o lar.

Sem tempo para ler? Que tal OUVIR esse texto? Clique no play:

Passamos a ficar mais tempo em casa e, justamente por isso, a desejar ambientes mais aconchegantes, personalizados e seguros.

O espaço multiuso surge nesse sentido, ajudando a reinventar a casa, criando áreas que podem ter mais de uma função e aproveitando melhor espaços ociosos.

Quer montar o seu, mas não sabe como? Siga conosco!

O que é um espaço multiuso?

Um espaço multiuso, como o próprio nome sugere, é aquele que oferece mais de uma função. Seja em ambientes integrados ou cômodos extras, essa é uma excelente maneira de aproveitar melhor a área disponível na sua casa.

“Funcionalidade” e “personalização” são as palavras que definem o espaço multiuso, criando áreas que permitem trabalhar, estudar e praticar hobbies (Projeto: Portobello Shop Criciúma)

Com alguns truques, um mesmo espaço pode se tornar quarto e home office; sala de leitura e espaço de meditação; varanda e brinquedoteca; e assim por diante.

A ideia é ter uma visão mais criativa sobre a sua casa, pensando em maneiras de aproveitar melhor os espaços e criando áreas que comportem as suas paixões, necessidades e atividades.

Quais são as vantagens de um espaço multiuso?

A principal vantagem, sem dúvida, é a otimização. Afinal, mesmo quem mora em casas ou apartamentos pequenos consegue ter mais cômodos ou áreas para diferentes atividades, fazendo com que o espaço pareça maior.

Um cantinho na sala de jantar pode receber o espaço de adega e bar, transformando e ampliando o uso do ambiente  (Projeto: Madi Arquitetura & Design)

Além disso, um espaço multiuso é muito mais funcional e transforma a relação com o seu lar. Ao invés de sair para trabalhar, brincar com as crianças ou produzir a sua arte, por exemplo, é possível fazer tudo isso na segurança da sua casa, com a comodidade e o conforto que só ela tem.

Por fim, os espaços multifuncionais ajudam a trazer mais fluidez. Em vez das tradicionais divisões entre os cômodos, temos plantas mais amplas, sem paredes. Quem manda é a sua criatividade, permitindo deixar a sua casa ainda mais personalizada.

Assim, conseguimos transformar os nossos lares em verdadeiros refúgios!

Uma vantagem do espaço multiuso é poder criar áreas em casa destinadas a diferentes funções, como a sua nova empresa (Projeto: Fernanda Triches)

Como projetar o seu espaço multiuso?

Está convencido a criar um espaço multiuso aí na sua casa? Veja as dicas importantes que reunimos!

Escolha do local

O primeiro passo é avaliar a disponibilidade da sua casa. Analise quais áreas podem ser melhor aproveitadas ou otimizadas para as suas necessidades e os seus desejos.

Ao invés de sair quebrando paredes e investindo pesado em uma reforma, pense como é possível fazer pequenas alterações e integrar os ambientes.

As múltiplas funcionalidades permitem transformar os ambientes de acordo com a rotina e as paixões dos moradores, como esse ateliê de pintura em meio à varanda (Projeto: Nicole Finkel)

Você poderá usar a sala de estar, um living, a varanda ou área externa, o quarto de hóspedes, um corredor, o cantinho debaixo da escada e assim por diante.

Na hora de escolher o local, só tome alguns cuidados, verificando questões como luminosidade (natural e artificial), ventilação, formato do ambiente e metragens.

Funcionalidades

Depois de definir o local, pense nas funcionalidades que ele terá. Por exemplo, se você precisa montar um home office, analise se há a possibilidade de integrá-lo à área escolhida.

A sala de estar pode ser transformada em home office apenas com alguns detalhes simples, como a inclusão de uma bancada (Projeto: Go Up Arquitetura)

Não é preciso dispor de uma área grande para ter um espaço multiuso em casa. O mais importante é a criatividade e o uso das ferramentas certas.

Por exemplo, até mesmo um cantinho embaixo da escada ou no closet pode ser transformado em um belo home office, se você usar móveis multifuncionais e garantir boa iluminação.

Outras possibilidades são:

  • sala de leitura, música, TV e home office em um quarto vago ou na sala de estar;
  • espaço para meditação e atividades físicas na varanda ou em um quarto vago;
  • cantinho do café na sala de jantar, no home office ou na varanda;
  • espaço kids ou sala de jogos no living ou em um quarto vago;
  • espaço pet em um cantinho da sala de estar ou na varanda;
  • área de churrasco, cantinho gourmet e adega na varanda;
  • cantinho verde na varanda ou mini horta na cozinha;
  • galeria de arte aproveitando hall, corredor ou sala;
  • ateliê, oficina ou closet em um quarto vago.

Piso e paredes

O cuidado com o piso e as paredes é fundamental em um espaço multiuso.

Como essas são áreas integradas, optar por pisos e paredes de materiais ou cores diferentes ajuda a delimitar a função de cada espaço.

Também é possível usar o mesmo revestimento em todo o cômodo, criando uma sensação de continuidade e amplitude. Nesse caso, a diferenciação dos espaços ficará por conta dos móveis.

Se a área é pequena, lembre-se que menos é mais. Prefira tons neutros, que ajudem a ampliar visualmente. Por exemplo, um porcelanato que recrie a textura da madeira.

A área externa também pode ser valorizada ganhando múltiplas funções. Para isso, cores e texturas diferentes ajudam a delimitar os espaços (Projeto: Portobello Shop Campinas)

O mesmo vale para as paredes. Opte por apenas alguns detalhes em cores claras e tome cuidado com as estampas. O excesso pode deixar o ambiente sobrecarregado e fazê-lo parecer menor.

Além disso, sempre considere a função que a área terá.

Caso a ideia seja, por exemplo, criar uma sala de leitura e brinquedoteca, pense em pisos que não sejam escorregadios ou invista em superfícies emborrachadas, permitindo que as crianças brinquem tranquilamente.

Móveis

Os móveis são peças-chave do espaço multiuso, porque são eles os responsáveis por proporcionarem multifuncionalidade.

O ideal é optar por itens que tenham mais de uma função, como bancos com espaços internos para armazenamento, estantes que se transformam em escrivaninhas, mesinhas de apoio com rodízios, pufes, sofás-cama e assim por diante.

Além disso, é muito importante que eles otimizem adequadamente o espaço. Nesse sentido, os móveis planejados ou modulados são mais interessantes, já que permitem pensar em soluções sob medida para as suas necessidades.

Os móveis ainda podem fazer a função de divisória. Em uma sala integrada com quarto — algo muito comum em studios —, você poderá usar uma bela estante para dividir as áreas e conquistar mais privacidade.

Se essa estante tiver rodízios, ainda permite a criação de espaços diferentes, dependendo da sua necessidade.

Móveis multifuncionais são a base para criar espaços com usos múltiplos, solucionando as áreas de maneira criativa (Projeto: Casa Sua)

No caso do home office, qualquer cantinho pode ser transformado em um escritório charmoso e aconchegante, como já mencionamos. 

Um corredor pode ganhar uma prateleira maior e mais ampla na parede, que, ao ser unida a uma cadeira, se transforma em uma linda bancada para o trabalho. Quando não estiver sendo usada, é só guardar a cadeira e dispor dessa área para decoração. 

Para quem busca praticidade, a dica é apostar em poucos e bons móveis, com peças que tenham diferentes funções e alguns detalhes decorativos para favorecer o aconchego.

Decoração

A decoração é a responsável por dar unidade ao espaço e conforto na hora de usá-lo. O projeto de iluminação, por exemplo, é indispensável para uma sala de leitura, estudos ou trabalho, tornando a área nova mais propícia a essas funções.

Você também poderá usar a decoração para deixar os novos cantinhos mais personalizados. A escolha das cores ajuda a delimitar espaços e indicar a função de cada área, como o ambiente para descansar ou trabalhar, o espaço interno e o externo (no caso das varandas) e assim por diante.

Espaço multiuso
O espaço multiuso ainda pode ajudar a desenvolver hobbies ou novos projetos, como esse espaço funcional voltado à gastronomia (Projeto: Leonardo Maia)

Tente usar a decoração para trazer a personalidade dos moradores ao espaço, afinal, a ideia é que a sua casa seja um verdadeiro refúgio para todas as suas atividades.

Isso significa, por exemplo, usar objetos pessoais, itens artesanais, lembranças de viagens, quadros com fotos de família ou frases inspiradoras, livros que sejam importantes para vocês, as cores favoritas dos moradores etc.

Neste conteúdo, você viu que o espaço multiuso é uma excelente maneira de transformar a sua casa, criando mais ambientes sem que isso signifique a expansão da planta.

É possível reaproveitar áreas e dar a elas múltiplas funções, apenas com uma visão criativa e os móveis certos, as cores adequadas e alguns truques decorativos.

Dessa forma, a casa passa a ser um verdadeiro refúgio, podendo transparecer a sua personalidade e comportar todas as suas atividades, independentemente da metragem dela.

Gostou das nossas dicas? Então, aprenda mais sobre o tema: leia o nosso artigo sobre ambientes integrados!

Foto de destaque: O espaço multiuso é uma maneira de transformar a relação com a sua casa, aproveitando melhor os ambientes e criando espaços extras para as suas atividades (Projeto: Vasconcelos Mota Arquitetura)

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *