Menu
Projetos e Obras
Busca
Divisórias transparentes: sofisticação e sustentabilidade no mesmo ambiente

Conteúdo Tendências

Divisórias transparentes: sofisticação e sustentabilidade no mesmo ambiente

21/11/2018

A transparência, seja com o vidro ou elementos vazados, sempre adicionou elegância às obras arquitetônicas. Hoje a solução surpreende ao sair de pequenas superfícies para compor divisórias e até o mobiliário. Você conhece ou já apostou nessa combinação? Venha descobrir as principais vantagens!

Quem trabalha com arquitetura jamais se cansa de acompanhar as tendências para incorporar em projetos. Afinal, ficar de olho no que está em alta é a melhor maneira de descobrir novas técnicas, soluções e diferenciais para encantar a clientela.

As divisórias transparentes são opções para compor ambientes modernos, sustentáveis e com um toque de sofisticação. Tem curiosidade em saber como aplicar esses elementos em diferentes áreas? Fique conosco e descubra as possibilidades!

Versatilidade das divisórias

Divisórias em metal vasadas.

Elas deixam tudo à vista enquanto separam ambientes distintos. Quer algo melhor para compor um visual ousado e contemporâneo? Confira abaixo os principais benefícios de apostar nesse tipo de divisória.

Amplitude visual

Divisórias transparentes: sofisticação e sustentabilidade no mesmo ambiente

Divisória em vidro transparente com acabamento de inox nas bordas.

A transparência com o vidro, por exemplo, dá a impressão de que o material não está no ambiente, mas as pessoas percebem sua presença. Com isso, é possível delimitar áreas sem criar barreiras fixas. O efeito gera continuidade e proporciona amplitude visual — o que é interessante para residências ou espaços comerciais enxutos.

Integração de ambientes

O único jeito de separar ambientes sem perder a integração é utilizar divisórias transparentes. Dessa maneira, as pessoas conseguem visualizar outras áreas mesmo sabendo que estão distantes. Isso é valioso para melhorar a relação interior/exterior, já que diversos espaços internos passam a ter visuais para o lado de fora.

Em empresas e grandes escritórios, por exemplo, uma divisória de vidro com elementos vazados é útil porque permite manter diferentes salas integradas sem perder a privacidade que cada local necessita. Afinal, dependendo da espessura do vidro, é possível garantir isolamento acústico.

Sustentabilidade

Uma divisória transparente também pode ser uma opção sustentável em seu projeto. Isso porque a luz consegue atravessar e chegar a diferentes ambientes, o que elimina a necessidade de ter lâmpadas extras para clarear um cômodo por vez.

Também é possível aproveitar melhor a luz natural que vem de fora quando se tem apenas divisórias transparentes. O resultado dessa escolha vem na forma de iluminação de qualidade e de economia na energia elétrica.

Cobogós

Material criado por engenheiros que trabalhavam em Recife no final dos anos 20 e consagrado em seu uso na arquitetura modernista brasileira, os cobogós proporcionam um olhar através dos cheios e vazios do material, onde a luz ganha efeitos belíssimos ao atravessá-los. Uma ótima opção para servir como divisória de ambientes e também refrescar o local.

O projeto em 3D feito pela Portobello Shop Sinop utiliza o Planalto Argento para dividir a banheira e a pia do banheiro

O charme da sala com o Studio Craft

Maneiras de usar em diferentes projetos

A transparência em divisórias é uma solução discreta e fácil de incorporar em diferentes espaços residenciais, áreas comerciais e corporativas. Para que você comece a se inspirar, separamos algumas das melhores maneiras de usar.

Como paredes ou portas deslizantes

As divisórias transparentes podem ter função de paredes (fixas) ou apresentar divisões em diversas folhas para compor portas deslizantes. Essa opção é interessante para delimitar a área de passagem entre ambientes.

Para clientes que não querem tanta transparência, o vidro pode aparecer apenas em metade de uma divisória composta por painéis de madeira, intercalando com um painel vazado ou até mesmo ao lado de um muro de cobogós.

Como aliadas da decoração atemporal

Divisória em madeira com recortes retangulares verticais.

As divisórias transparentes são excelentes para criar espaços atemporais. Discretas e com aparência leve, aceitam inúmeras combinações de cores, estampas e texturas para conceber ambientes que seguem vários estilos.

Para tirar proveito máximo da delicadeza da transparência, a dica é investir nos tons neutros e revestimentos de cores claras. Cortinas leves também são interessantes porque permitem a entrada da luz natural que vai refletir sobre as superfícies brancas.

Toques pontuais de cor podem adicionar informações e trazer destaque para áreas específicas do ambiente. Pode ser um vaso com folhagem verde-escura, uma poltrona de veludo vermelho, uma luminária amarela etc.

Com vidros em diferentes acabamentos

Para sair um pouco da transparência, a saída é investir nos vidros com diferentes acabamentos. O mais básico é o liso, como é possível ver no escritório projetado por Denise Perez.

Outras alternativas incluem vidro impresso (fantasia), jateado (opaco) e acidado (levemente opaco). Também há o tradicional vidro fosco, que foi a escolha da equipe do escritório Studio C Arquitetura e Interiores ao fazer um projeto comercial.

Enfim, há inúmeras possibilidades para variar o acabamento comum. Inclusive, até materiais diferenciados ou que trazem texturas e volumes são bem-vindos, como o famoso tijolinho de vidro.

Cuidados necessários na instalação

Por questão de segurança, o vidro escolhido para fazer as divisórias transparentes deverá ser temperado ou laminado. O primeiro é altamente resistente a choque térmico, flexão, flambagem e torção, e quando quebrado se fragmenta em pequenos pedaços com bordas pouco cortantes.

Já o vidro laminado é composto por duas ou mais lâminas de vidro interligadas por camadas de resina ou polivinil butiral (PVB). Ele não gera estilhaços quando quebrado porque os cacos ficam todos grudados na película aplicada ao material.

A fixação das placas de vidro exige uma estrutura apropriada para garantir a total sustentação do material. Geralmente a instalação é feita em módulos compostos por perfis (guia superior e inferior, montante, leito e baguete), que podem ser de MDF, madeira ou alumínio.

Para garantir bons resultados no projeto, é essencial adquirir produtos de qualidade e contratar mão de obra especializada nesse tipo de execução. Também cabe ao arquiteto a responsabilidade de acompanhar a obra para evitar falhas durante a instalação.

Solução que virou tendência

Divisória contemporânea feita com cabos ordenados de maneira assimétrica.

A transparência estará em alta nos próximos anos. É o que aponta a macrotendência Minimals, observada pela equipe Portobello na Semana de Design de Milão 2018. Ela representa a busca de uma essência a partir de objetos que se integram para criar uma simplicidade visual.

O uso da transparência permite gerar espaços modernos e sem excessos, mas isso não significa tirar a riqueza dos detalhes. Para valorizar a decoração de um ambiente tão simples, é interessante empregar materiais nobres, como pedras, tecidos e texturas.

Esse novo pensamento também se manifesta no espaço, com elementos que se relacionam virtual ou fisicamente. Veja outras características da macrotendência Minimals que podem ser usadas em conjunto com a transparência:

  • atmosfera minimalista: marcada pelo uso de poucos elementos, presença de cores neutras e pela busca em manter apenas o que é essencial;
  • ambientes flexíveis: uso de mobiliário que se esconde ou que se transforma (multifuncional) e também de itens portáteis;
  • superfícies contínuas: podem ser obtidas com a aplicação da mesma estampa em diferentes superfícies (piso, teto, paredes) ou com o uso de revestimentos em grandes formatos.

E então? O que achou da possibilidade de trabalhar com divisórias transparentes? Esperamos que as dicas e orientações tenham sanado suas dúvidas e sirvam de incentivo para apostar na ideia. Os clientes certamente aprovarão as vantagens que esse tipo de solução oferece.

Agora, se deseja saber mais sobre transparência e outras tendências, acesse o nosso Trend Book Salone del Mobile Milano 2018. Elaboramos o arquivo em conjunto com arquitetos parceiros para trazer as principais novidades para você. Aproveite para explorar o material e usar como inspiração em seus projetos!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *