Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Uma inspiração concretíssima para inovar

29/06/2011

Concreto e cimento são os principais materiais usados na construção civil. O arquiteto Ricardo Bofill resolveu morar numa fábrica de cimento.

O concreto e o cimento são os principais materiais usados na construção civil e sua história é muito mais antiga do que muitos imaginam.

O arquiteto espanhol Ricardo Bofill levou a sério essa história dos principais materiais de construção e resolveu morar em uma fábrica de cimento! Isso mesmo!

A fábrica, descoberta em 1973 em Barcelona, estava abandonada, parcialmente em ruínas e era composta por 30 silos, galerias subterrâneas e enormes salas de máquinas. Ricardo Bofill comprou a fábrica e iniciou os trabalhos de renovação, que foram concluídos somente em 2010.

Hoje a fábrica abriga o escritório do arquiteto, arquivos, um laboratório modelo, um espaço de exibição, a casa dele junto com sua mulher e dois filhos além de quartos de hóspedes e jardins.

Lá acontecem festas de família, concertos e até eventos oficiais, já que ele dispõe de 5.000 metros quadrados distribuídos entre a casa e os jardins.

Os espaços internos foram definidos através da demolição de algumas estruturas, da limpeza do cimento e a renovação do jardim foi feita com o plantio de eucaliptos, palmeiras, oliveiras e ciprestes. Essa renovação levou aproximadamente dois anos.

O vídeo abaixo mostra Ricardo Bofill Júnior, também arquiteto, mostrando a casa e revelando detalhes encantadores da antiga fábrica.

Incrível, não é mesmo? Sabia que você pode conseguir o mesmo efeito em sua casa usando a linha Concretissyma da Portobello?

Ela foi desenvolvida em conjunto com o mestre do concreto, Ruy Ohtake.

Concretissyma introduz o concreto em uma interpretação contemporânea. Resultado da fusão de materiais simples com a sabedoria na execução, Concretissyma é puro design.

Linha Concretissyma, tecnologia Portobello e a sabedoria de Ruy Ohtake
Ricardo Bofill
Concretissyma Argento line em fachada de prédio com sacada

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Achei muito legal essa linha concretíssyma, sou fanático por concreto aparente, só acho que a dimensão das peças, poderia ser como dos amadeirados, em diversos tamanhos, 10x60cm : 20x120cm, etc. Acho que dariam composições bem semelhantes as paredes feitas realmente com as formas de concreto. Que tal desenvolver essas peças nas dimensões citadas? Fica aí uma dica, acho que fariam o maior sucesso.

    Abraços,

    Arquiteto José Luiz Leone