Menu
Projetos e Obras
Busca

As plantas dão um toque especial para a decoração de varanda, deixando-as mais aconchegantes (Projeto: Beatriz Moraes)

Conteúdo Matérias

Decoração de varanda: crie um ambiente mais convidativo

11/10/2021

Não sabe como elaborar a decoração de varanda? Confira dicas incríveis para tornar esse espaço mais bonito e funcional!

A decoração de varanda é cada vez mais comum. Afinal, esse é um ambiente em destaque em casas e apartamentos, pois é perfeito para momentos de confraternização e relaxamento.

Quando bem executada, ela consegue tornar esse espaço aconchegante e receptivo, de acordo com os usos que ele terá.

Quer dicas de como decorar sua varanda? Continue a leitura!

Como acertar na decoração de varanda?

Já está convencido de que decorar a varanda é importante? Confira, a partir de agora, os pontos mais importantes.

Avalie o uso que a varanda terá

O primeiro passo é planejar o espaço. E, para isso, nada melhor do que entender quais usos ele terá.

Por exemplo, caso você queira ampliar o living, poderá transformar a varanda em uma extensão da sua área interna.

Será preciso fechar com vidro. Verifique essa questão no regimento interno do condomínio, pois você fará uma modificação na fachada no prédio, que deve estar regulamentada em assembleia.

Também será interessante usar o mesmo revestimento do piso da sala, de modo a criar uma sensação de continuidade.

A ideia é especialmente indicada para quem conta com uma varanda pequena e deseja aproveitar melhor essa área.

Além disso, é bem bacana para quem gostaria de ter uma varanda gourmet cheia de charme e modernidade.

A varanda poderá se tornar uma extensão do living, ajudando a ampliar os espaços (Projeto: Mylena Bonfim)

Por outro lado, se você quer ter uma sensação de área externa, o mais recomendado é desenvolver um espaço separado do living, com elementos distintos.

Nessa situação, é importante considerar os usos. Por exemplo, uma varanda para cultivar um jardim, relaxar em uma rede, apreciar a vista, meditar ou receber os amigos.

Dependendo do tamanho, ela pode ter mais de uma função. Para garantir eficiência, foque em móveis multifuncionais, de forma a criar diferentes espaços em uma única área.

A varanda gourmet é uma das mais desejadas. Você pode torná-la multiuso com uma bancada que delimite os espaços (Projeto: Sala de Arquitetura)

Escolha os melhores revestimentos

Se a varanda for funcionar como área externa, revestimentos rústicos são os que mais combinam. No caso dos porcelanatos, é possível investir em versões com acabamento natural ou EXT para o piso.

Eles são pouco escorregadios e criam uma atmosfera bem interessante. Boas opções são os que reproduzem cimentícios e amadeirados.

Os porcelanatos que recriam mármore dão uma sensação de sofisticação à varanda (Projeto: Flavio Machado)

Já se a ideia é fazer uma extensão do living ou criar algo sofisticado, você pode usar um revestimento semelhante ao da sala de estar e jantar.

No caso dos porcelanatos, as versões que recriam o mármore são as mais indicadas.

Só tome cuidado com o porcelanato polido, pois ele tende a se tornar escorregadio em contato com a água e tem mais chances de riscar em áreas abertas.

Os painéis decorativos são ótimas ideias para transformar a decoração da sua varanda, adicionando um ponto de contraste e estilo (Projeto: Portobello S.A.)

Para as paredes, o que não faltam são alternativas incríveis. Uma varanda rústica ficará muito interessante com detalhes em ladrilho hidráulico, por exemplo.

Por sua vez, uma varanda com uma pegada urbana pode contar com porcelanatos que interpretam o cimento queimado em piso e parede.

As paredes ficam diferenciadas com azulejos cheios de detalhes (Projeto: Beatriz Jordão)

Contudo, o porcelanato amadeirado é um dos mais versáteis, porque combina com diferentes estilos decorativos.

Aliás, ele tem forte ligação com as áreas externas, podendo combinar perfeitamente com móveis e vasos rústicos, de madeira e cerâmica, ou com detalhes modernos e contemporâneos, em aço e vidro.

Se você quiser adicionar ainda mais requinte ou deixar sua varanda visualmente ampla, uma alternativa muito interessante é a lastra.

Trata-se de uma superfície contínua de porcelanato, em um formato muito maior que os tradicionais, que cria um efeito incrível.

As lastras trazem uma sensação de superfície contínua e podem ser usadas em pisos e paredes, como esta varanda com Bleu de Savoie (Projeto: Portobello S.A.)

Para separar os ambientes, mas sem perder ventilação e luminosidade, outra opção é o cobogó. Ele é um item tipicamente nacional que está novamente em alta, com várias releituras, desenhos e materiais.

Os cobogós são elementos tipicamente nacionais que ajudam a manter a ventilação e a luminosidade (Projeto: Portobello S.A.)

Ilumine corretamente

A iluminação é fundamental, pois permite que você aproveite esse espaço durante a noite. Um bom projeto luminotécnico também ajuda a tornar a área mais intimista.

Além do lustre tradicional, você pode investir em outras ideias, como spots direcionados para os pontos de maior destaque, como os vasos de plantas.

Ainda é possível apostar em abajures de diferentes tamanhos, com uma luz mais amarelada, que favoreça o aconchego.

Pense nos móveis

O mobiliário escolhido deve ter tamanho adequado, sempre pensando na preservação da circulação no ambiente, e oferecer muita funcionalidade.

Um ponto importante é escolher materiais que resistam à exposição solar e também à chuva e aos ventos, caso sua varanda não seja fechada com vidro.

Os móveis de madeira costumam ser os mais usados, desde que essa matéria-prima seja devidamente envernizada e tratada.

Outras boas opções são vime, fibras sintéticas, rattan, inox, concreto, polipropileno e metais, como o alumínio.
Se a sua varanda tiver um clima rústico, optar por móveis em madeira maciça é uma boa alternativa. Já para quem deseja trazer um aspecto industrial, aqueles com detalhes em metal são perfeitos.

Os móveis de madeira trazem um toque rústico interessante para as varandas (Projeto: Samuel Assunção Saze)

Se for usar móveis estofados, garanta que o tecido seja impermeável, de fácil higienização e manutenção.

Você também pode inovar, criando mobiliários de porcelanato, como a mesa ou as bancadas, se for o caso da sua varanda.

Os tipos e as quantidades de móveis dependerão do tamanho e do uso. Para uma varanda gourmet, é importante dispor de uma mesa, cadeiras e banquetas.

Uma varanda pequena pode ficar bastante relaxante e contar com poucos e bons móveis (Projeto: Paula Sizinando)

Mas se a ideia é criar apenas um espaço de relaxamento, a mesa pode ser substituída por cadeiras suspensas, cadeiras de balanço, redes, futons e outros itens.

As plantas dão um toque especial para a decoração de varanda, deixando-as mais aconchegantes (Projeto: Beatriz Moraes)

Tome cuidado no momento da escolha das espécies, sempre conferindo as características climáticas da sua varanda.

Analise quantas horas por dia o espaço recebe sol. Pense também em termos de ventilação, já que as varandas abertas podem ventar bastante e nem todas as plantas conseguem suportar esse excesso.

Por fim, não se esqueça de considerar a sua disponibilidade para cuidar das espécies, avaliando a necessidade de rega, poda e adubação.

As folhagens são as mais usadas, mas nada impede que você cultive flores e até árvores em vasos.

Não se esqueça dos objetos decorativos

Para finalizar a sua decoração de varanda, lembre-se dos objetos decorativos que fazem toda a diferença: almofadas, mantas, quadros, fotografias, neon etc.

Pense em itens que ajudem a complementar o espaço e tenham significado para você, adicionando detalhes que transmitam a personalidade dos moradores do lar.

Por exemplo, almofadas coloridas para criar um ponto de contraste em um ambiente mais neutro, quadros com fotografias de momentos especiais da sua família, um letreiro neon com uma frase de recepção aos amigos e assim por diante.

Gostou das nossas dicas de decoração? Então, aproveite para se aprofundar no assunto! Descubra como montar uma varanda gourmet aconchegante.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *