Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Decoração com veludo: criando um ambiente sofisticado sem exagero

26/02/2018

O tecido é tendência e prova que pode ser aplicado em qualquer estilo de projeto, tipo de ambiente ou época do ano!

Muito macio e visualmente elegante, o veludo é um tecido que atrai olhares. Sua presença nos antigos ambientes aristocráticos tinha como objetivo transmitir poder e glamour às composições da arquitetura clássica.

É fácil identificar um tecido de veludo: o material compõe uma trama densa, feita com fibras naturais — algodão, linho, seda — ou sintéticas. O resultado é um pano que apresenta lado avesso liso e lado externo coberto por pelos curtos.

Apesar de antiga, a decoração com veludo ressurge como uma tendência nos espaços contemporâneos, podendo ser usada até nos meses mais quentes do ano — foi-se o tempo em que o veludo era considerado apenas tecido de inverno.

Para ficar por dentro das possibilidades, acompanhe as nossas dicas e saiba de que forma trabalhar o estilo sem exagero!

Use com texturas contrastantes

O veludo aceita combinações com vários tipos de texturas para criar contrastes e compor um ambiente único. Nessa proposta, vale usar um mix de materiais naturais ou industrializados e que são característicos de diferentes estilos decorativos.

Em um cômodo minimalista, por exemplo, experimente somar um jogo de poltronas de veludo e um lustre clássico, um quadro urbano e uma mesa de madeira rústica. Pode ter certeza de que esses elementos, juntos, não vão deixar a composição pesada.

O segredo é equilibrar a quantidade de cada material para que nenhum se sobreponha aos demais. Desse modo, você consegue um visual harmonioso e, ao mesmo tempo, flexível para substituir elementos quando desejar novas texturas no local.

Outra possibilidade é criar contrastes usando peças revestidas com veludos de diferentes tramas e texturas. Isso porque o tecido costuma apresentar uma infinidade de acabamentos, como os modelos liso, cristal, molhado, cotelê e devorê.

Acompanhe com elementos metálicos

Os materiais brilhantes e o metal também aparecem cada vez mais nos projetos de arquitetura de interiores. Da mesma forma que o veludo, eles chamam bastante atenção, por isso costumam ser aplicados em detalhes e acessórios.

Peças grandes com acabamento metálico podem vir acompanhadas de paredes revestidas com veludo. Um exemplo é montar um home office com papel de parede (que traz o efeito do tecido) e com uma escrivaninha em aço inox e vidro — esse material também é interessante porque reflete e dá brilho.

No caso de optar por veludo nos móveis, o ideal é complementar o visual com pequenos acessórios e/ou instalações de metal. Aposte em abajures ou molduras com ornamentos dourados, luminárias de alumínio cromado e esculturas em ferro oxidado.

Por falar em ferro, ele é perfeito para compor um ambiente com veludo inspirado no estilo industrial. Nesse caso, o tecido entra para agregar conforto e quebrar o tom sóbrio de pisos, divisórias, escadas e mezaninos feitos de aço ou concreto.

Transforme a decoração com veludo em destaque

Muitas pessoas são atraídas pela beleza e toque agradável do veludo. E, para aquelas que têm maior apego ao tecido, uma solução interessante é transformá-lo em ponto de destaque na decoração. Veja abaixo duas maneiras de fazer isso:

Veludo total

Nessa proposta, você deve concentrar diversos itens de veludo em uma mesma área do ambiente. Um bom exemplo é compor uma sala de TV com um jogo de sofás ou de poltronas revestidas com o tecido.

Para completar, inclua modelos de almofadas com capas de veludo em diferentes cores e estampas ou um grande quadro feito com retalhos de veludo. Só tome o cuidado de manter os demais acessórios, pisos e paredes em tons neutros.

Veludo em um lugar inesperado

Outra forma de chamar a atenção com o veludo é aplicá-lo em um lugar inesperado, que pode ser uma peça ou uma grande superfície. No primeiro exemplo, experimente usar o veludo para revestir um móvel com design moderno, de linhas puras e retilíneas.

O resultado causa impacto, visto que o veludo é tradicionalmente usado em modelos mais clássicos — trabalhados em linhas sinuosas e repletos de ornamentos.

Por fim, uma superfície inesperada seria um painel de TV completamente forrado com o tecido. A vantagem é que a solução pode ficar discreta ou mais chamativa, conforme o tipo de veludo escolhido.

Aplique em diferentes locais da casa

Por ser encorpado, o veludo consegue revestir móveis, objetos e detalhes construtivos perfeitamente, sem sofrer deformação. Sua textura também é capaz de disfarçar as imperfeições presentes no acabamento de diferentes peças.

Ainda assim, a vantagem mais valorizada pelos apaixonados por veludo é o toque aconchegante do material. Devido a essa característica, o tecido costuma ser um dos preferidos para cobrir assentos e encostos de cadeiras, bancos, pufes e poltronas.

Nos cômodos trabalhados com pisos frios e paredes de alvenaria, o veludo pode aparecer em tapetes, passadeiras e cortinas pesadas. A solução aquece visualmente e gera um clima intimista na hora de personalizar a casa.

Veja onde mais ele pode aparecer em cada área da residência:

  • sala de estar: molduras, capas de livros, caixas organizadoras e biombos;
  • sala de jantar: toalha de mesa, luminária de piso (cúpula);
  • quarto: mantas, roupa de cama, cabeceira, abajur, brinquedos, calçadeira;
  • banheiro: toalhas de banho e de rosto, jogo de banheiro;
  • cozinha: trilhos, jogo americano.

Combine com revestimentos claros

Como qualquer tecido, o veludo pode ser encontrado em várias cores e apresentar inúmeras opções de estampas. Independentemente de você escolher um modelo mais escuro ou em tons pastel, procure sempre combiná-lo com revestimentos claros.

Esse cuidado diminui as chances de erro na composição, já que cores suaves — branco, cinza-claro e bege — criam uma base neutra para a aplicação de qualquer tonalidade. Com elas, você consegue misturar materiais ao veludo sem gerar poluição visual.

Uma dica para deixar o ambiente sofisticado e sem excessos é aliar paredes brancas a um piso que reproduz concreto. Além de deixar o local fresco, a dupla contribui para a sensação de amplitude no local, principalmente se combinada com espelhos.

porcelanato é uma excelente opção para revestir as superfícies que formarão a base da decoração com veludo, seja ela inspirada em tons nude ou em cores mais sóbrias. Com a versatilidade desse material, você pode dar vida aos próximos projetos de arquitetura e ousar com o tecido que virou tendência.

Gostou das ideias do post? Para continuar acompanhando as nossas dicas, siga o perfil da Portobello nas principais redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook e no Instagram!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *