Menu
Projetos e Obras
Busca

Arquiteta Deborah Nazareth é um dos maiores nomes da arquitetura contemporânea de Campo Grande

Conteúdo Entrevistas

O olhar criativo da arquiteta sul-mato-grossense Deborah Nazareth

19/11/2021

Profissional é conhecida na região de Campo Grande por realizar projetos inovadores com conceito minimalista. Ela apresenta quatro diferentes trabalhos autorais, um deles é capa do anuário CASACOR MS 2021; veja a seguir.

A arquiteta e urbanista sul-mato-grossense Deborah Nazareth formou-se na PUC Paraná em 2018. Também tem formação em Artes Visuais pela UFMS e pós-graduação em Design de Mobiliários e Arquitetura Hospitalar. Com esse portfólio plural, é reconhecida na região como uma profissional completa para atender os mais variados desejos de projetos arquitetônicos e de interiores.

Filha de uma arquiteta e de um engenheiro, e neta de uma artista, Deborah despertou seu olhar criativo desde a infância. Para idealizar projetos, hoje ela também se inspira na arquitetura modernista de Oscar Niemeyer e Paulo Mendes da Rocha, como também no minimalismo, e nas artes conceituais e concretistas.

A arquiteta conta que sempre busca realizar trabalhos autorais e inéditos, mas que também atendam às personalidades de seus clientes. “Também penso no conforto ambiental, uma das características mais importantes da arquitetura. É isso que prezo, que as pessoas se sintam bem no ambiente”, ressalta Deborah. 

A arquiteta já foi destaque em algumas edições da mostra de decoração CASACOR, como o melhor projeto, com o mais original, além de ter sido capa das revistas do setor e ainda ter recebido o prêmio PIC MS, de jovens talentos da arquitetura hospitalar.

Em sua trajetória, a profissional já realizou inúmeros projetos, dos mais variados tipos. Para o Archtrends, ela seleciona quatro ambientes para contar um pouco dos seus conceitos: uma pizzaria com vibe industrial, a reforma de uma casa antiga para uma família de músicos, a decoração minimalista de um apartamento e, sua mais nova criação, que encontra-se disponível para o público na CASACOR MS 2021 até o dia 28 de novembro: Mar de Xaraés e Átrio Bodoquena. E ela começa por estes, que estão instalados em um casarão emblemático da década de 1970.

Deborah Nazareth
Mar de Xaraés e Átrio Bodoquena foram premiados com a capa do anuário da CASACOR MS 2021 (CASACOR MS 2021 / Projeto: Deborah Nazareth; foto: Alessandro Gruetzmacher)

Segundo a arquiteta, Átrio Bodoquena, também assinado pela paisagista Gisele Viana, manteve no pátio os arcos de estilo grego, já que é a principal identidade da casa. Eles abraçam o espaço externo integrado ao restaurante Mar de Xaraés. O destaque no pátio são as formas orgânicas de monolitos, pedras gigantescas da Serra de Bodoquena.

No projeto, o branco foi seu ponto de partida para manter a essência mediterrânea e a origem dos arcos. O branco foi quebrado com o uso de alguns elementos naturais, como a madeira dos móveis, feita por Renata Tavares com troncos que caem naturalmente; dos veios das sustentáveis lastras Bianco di Lucca; e das obras de arte criadas pela artista plástica Isabê e quadros do Simão.

Mar de Xaraés, primeiro nome dado pelos europeus ao Pantanal, foi premiado com a capa do anuário da CASACOR MS 2021. Nele há destaque para o revestimento espelhado Vedononvedo, assinado pela designer italiana Paola Navone, e para a bancada com Gouache Nuage. Na área externa, Posto 10, assinado pelo designer Oskar Metsavaht, reveste o piso.

Arte e minimalismo

Um segundo projeto de destaque citado por Deborah Nazareth é a reforma de um apartamento de 116 m² em Campo Grande. A arquiteta explica que a sala foi separada em três ambientes apenas com a disposição dos móveis. Eles possuem paredes brancas, poucos móveis e objetos em cores discretas para ganhar ares minimalistas.

Em uma das paredes da sala de jantar, Deborah optou pelo revestimento 3D Lab da Portobello, versão Spot Sea Cru, para dar um movimento ao espaço. Uma mesa oval e pendentes sabiás assinados por Cristiana Bertolucci ajudaram a compor a decoração.  

O design de Jader Almeida está presente na cadeira palha, nas banquetas e nas poltronas. Como especialista em Artes Visuais, obras artísticas da região não poderiam deixar de integrar o décor assinado por Deborah Nazareth. A arquiteta convidou a artista Ana Ruas para criar aquarelas especialmente para o apartamento.

Reforma de uma casa antiga 

Uma família compositora decidiu reformar sua casa de quatro décadas. O objetivo era transformá-la em lugar calmo, ampliar ambientes para compor música e trazer um clima de praia na decoração, para um frescor e aconchego. Mais uma vez, os tons neutros e contemporâneos surgiram como uma solução para os moradores, segundo Déborah Nazareth. “É uma casa antiga, mas com grande valor afetivo porque pertenceu à família deles”, explica.

Materiais naturais foram aplicados nos ambientes integrados, como o piso e paredes de porcelanato que interpretam o concreto, da Linha Brasilia, e na madeira clara dos móveis. Os tijolinhos de tom bege, Westminster, deram o destaque que a sala e a área gourmet precisavas, deixando o ambiente ainda com mais “cara de casa brasileira”, como define Deborah.

Pizzaria com vibe industrial

Mas o portfólio de Deborah Nazareth não se restringe a residências de estilos clean e minimalista. Projetos comerciais e arrojados também fazem parte da criatividade cotidiana da arquiteta, como a pizzaria Receita 00, também localizada em Campo Grande. A inspiração partiu dos restaurantes do bairro nova-iorquino de Brooklyn. A pedra Pietra Lombarda, uma interpretação em porcelanato da Portobello, deu um charme à parte, ajudando no décor industrial e moderno da pizzaria que, aliás, faz bastante sucesso por lá!


Quer conferir mais imagens e outros projetos da arquiteta? Acesse seu perfil aqui no Archtrends.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *