Menu
Projetos e Obras
Busca
creche_projeto

Conteúdo Portobello

Creche incendiada em MG usa a arquitetura para acolher e transformar vidas

29/12/2017

Isabella Rebello, arquiteta que integra obra de reforma da escola, comenta como foi invadida pelo sentimento de solidariedade e como o apoio da Portobello contribuiu para o projeto.

No sábado, 07/10/17, com o local ainda quente e com as marcas do terror ainda muito visíveis, alguns profissionais visitaram pela primeira vez a Creche Gente Inocente e ouviram relatos de pessoas ainda em estado de choque. Apenas dois dias antes, a escola tinha passado por uma tragédia, quando um ex-funcionário invadiu o espaço, ateou fogo em professores, alunos e no próprio corpo, comovendo não só a cidade de Janaúba, no Norte de Minas Gerais, mas também todo o Brasil.

creche_incendio

Marcas do incêndio na creche Gente Inocente (Foto: cedida por Isabella Rebello)

creche_area_externa

Área do refeitório também vai ganhar cara nova (Foto: cedida por Isabella Rebello)

Segundo a arquiteta Isabella Rebello, na trágica manhã de quinta-feira, 05/10, as notícias chegavam em tempo real e muitos amigos, boa parte médicos, pegaram seus carros e equipamentos para ir até o local. “A energia de comoção e solidariedade estava só começando e, nesse momento, eu não sabia que entraria nessa corrente mais ativamente”, conta ela que, logo no dia seguinte, recebeu o convite para integrar o Grupo Amor Solidário, formado por Marcelo Torres, Mariana Romio, Guilherme Rodrigues, Jason Neto e Janice Gomes, responsável pela reforma da creche.

As tomadas de decisões iniciais deveriam ser imediatas, pois o tempo era curto para a intenção da equipe: mobilizar autoridades para dar a eles a permissão de, através da arquitetura, transformar totalmente o espaço para as crianças daquele lugar. “A arquitetura, inclusive, é capaz de educar, e isso é uma coisa maravilhosa. O que mais me orgulhou foi perceber que o bem ainda está dentro da grande maioria, muitas pessoas engrossaram o nosso coro ao aderirem quase que espontaneamente às demandas e aos pedidos de ajuda”, afirma Isabella.

isabella_equipe

As arquitetas Isabella Rebello e Mariana Romio trabalham no novo projeto da creche (Foto: cedida por Isabella Rebello)

Com a planta em mãos e aprovada, após ajustes aos termos de responsabilidade e às normas técnicas, o projeto previa, além de um novo nome, CEMEI Heley de Abreu, em homenagem a professora que sacrificou a própria vida para salvar boa parte das crianças, a mudança da entrada principal e a demolição total da sala onde aconteceu o incêndio. Isabella Rebello explica que o intuito foi transformá-la em um espaço aberto e amplo para restabelecer a parte emocional das crianças e dos funcionários com o ambiente. Cada detalhe fez a diferença, assim como os revestimentos que contribuíram para uma estrutura mais alegre, verde, rústica e funcional, ou seja, mais acolhedora.

projeto2

Planta foi pensada conforme as necessidades diárias da creche (Foto: cedida por Isabella Rebello)

projeto3

Uma nova visão do projeto da creche Gente Inocente (Foto: cedida por Isabella Rebello)

A arquiteta comenta que eles optaram por revestimentos coloridos na tentativa de resgatar a confiança de todos com o novo e completa: “A Portobello é, sem sombra de dúvida, a nossa grande parceira, o nosso grande orgulho nesse projeto. Eu não vou me esquecer das palavras que chegaram até mim no instante da minha solicitação: ‘A Portobello participará com 100% dos revestimentos da creche que vocês solicitarem’. Sendo assim, escolhemos os porcelanatos e os revestimentos cerâmicos que precisávamos e tudo foi doado à creche, inclusive argamassas e rejuntes“. A ação foi realizada através da Portobello Shop Montes Claros.

 

Apesar das fortes chuvas na região terem atrasado um pouco a reforma, a obra está a todo vapor e com previsão de entrega para o início do ano letivo de 2018. Em breve, as crianças poderão usufruir do espaço com direito a “duchódromo”, para refrescar, e “escovódromo”, para auxiliar na higiene antes e depois das refeições. Além disso, o projeto contempla quatro salas para crianças de 0 a 5 anos, sendo uma sala para berçário, um pequeno pátio descoberto para playground, banheiros infantis (masculino e feminino), refeitório, sala administrativa, sala multiuso para professores, banheiro para funcionários, lavanderia, depósitos de material gráfico, depósito de material perecível e de limpeza.

“A emoção de poder colaborar ativamente é forte, ainda mais colocando em prática todas as premissas que a arquitetura genuína pode proporcionar, que é mudar, alterar, melhorar, impactar e, acima de tudo, transformar positivamente a vida das pessoas. Então, a grande expectativa com a reconstrução da creche Gente Inocente é mostrar para as crianças que sempre existirá o milagre de um dia após o outro”, resume Isabella que aproveita o início de um novo ano para deixar uma mensagem: “O exemplo do amor e da solidariedade é transformador, e a mesma casa transformada poderá abrigar novos sonhos e novas esperanças de uma vida melhor”.

Isabella Rebello, ao centro, com os integrantes do Grupo Amor Solidário: Guilherme, Mariana, Jason e Marcelo (Foto: cedida por Isabella Rebello)

Se você quer saber mais sobre como a arquitetura pode transformar vidas, confira outras matérias aqui! E siga as nossas redes sociais: estamos no FacebookLinkedInTwitter e Instagram.