Menu
Projetos e Obras
Busca
Estudo-do-layout-do-Pitti-Uomo

Conteúdo Matérias

A conexão das tendências do Pitti Uomo 92 com o mundo do design

04/10/2017

Afinal, o que é Pitti Uomo? O evento é conhecido por ser a maior e mais importante feira de moda masculina do mundo.

O Pitti Uomo é um encontro que acontece duas vezes ao ano, em janeiro e em junho, na cidade de Florença, na Itália. A edição 92, de junho, teve como tema “Boom, Pitti Blooms” com os homens ditadores de tendência se espalhando pelos corredores do evento e pelas ruas da capital toscana.

A influência global do evento, a energia criativa, a integridade e a variedade de inovações chamam a atenção de buyers do mundo inteiro, valorizando o prestígio indescritível do design italiano.

evento_Pitti_Uomo

Fortezza da Basso em Firenze, espaço dedicado ao evento Pitti Uomo (Foto: reprodução site Pitti Immagine Uomo)

Como o mundo do design se conecta

A moda e os seus eventos não estão restritos apenas ao vestuário, eles se estendem para diversos ramos, incluindo arquitetura e design, conectados pela busca permanente por novidades.

No Pitti Uomo 92, além da atmosfera criativa por conta dos desfiles, exposições e inovações, o ambiente por si só já inspirava. Com um projeto realizado pelo arquiteto Nicolò Bernardini e pelo lifestyler Sergio Colantuoni, o design ao longo da exposição foi executado a partir do tema da edição e “floresceu’” criatividade com espaços inspiratórios que respiravam a energia da moda internacional.

Tendência 2018: tributo à cor

Como foi visto nas passarelas, nos expositores das marcas e ao longo de todo o evento, pode-se considerar que as próximas tendências estão fazendo um tributo à cor. A confirmação de que o colorido estará presente no design em 2018 foi constatada também durante a semana de design em Milão, em abril deste ano. A grande propensão é ir cada vez mais em direção a tons fortes e brilhantes.

Apesar de a cor de 2018 ainda não ter sido definida, a diretora executiva da Pantone Color Institute, Leatrice Eiseman, compartilhou algumas tendências para o próximo ano. Com base nessas informações divulgadas e no que está sendo visto no âmbito do design, as apostas ficam nas seguintes cores e tons:

  • rosa, que vem ganhando cada vez mais espaço, principalmente no tom rose quartz e mixado com burgundy red;
  • tons terrosos, com a valorização da cor laranja. Eles poderão também ser mixados com as cores primárias — amarelo, azul e vermelho —, que voltarão com força;
  • o lilás e as variações de roxo, surpreendentemente, começarão a aparecer mais, também em tons brilhosos e reflexivos;
  • o verde continua, mas com diferentes colorações, tons de abacate, aipo e sálvia.
moda_masculina

Moda masculina com muita cor (Foto: reprodução site Men Style)

moda

Moda de rua pela Pitti Uomo (Foto: reprodução site Fashion Forward)

moda de rua

O colorido dos paletós (Foto: reprodução Instagram @fabriziodipaoloph)

Veja abaixo alguns exemplos de quando as cores, estampas e tendências de um evento de fashion design se conectam com as tendências do design de interiores e mobiliário:

Cores em destaque na Semana de Design de Milão

mobiliario_rosa

mobiliario_verde_musgo

Mais tendência 2018: genderless

Outra inclinação vista nas passarelas do Pitti Uomo 92, que também se estende para o design de mobiliário, é o estilo genderless, que significa a adesão ao “não gênero”.

O novo termo foi adotado por diversas marcas renomadas e teve início nas passarelas. Ele propõe coleções de roupas que podem ser usadas tanto por homens quanto por mulheres. A nova ideia está vinculada à praticidade, conforto e sustentabilidade.

desfile_moda

Desfile de moda genderless (Foto: reprodução site Pitti Immagine Uomo)

desfile_moda1

Desfile (Foto: reprodução site Pitti Immagine Uomo)

desfile_moda2

Desfile (Foto: reprodução site Pitti Immagine Uomo)

No design de móveis, o estilo é visto como uma possibilidade de diversidade de cores, texturas, formas e símbolos, com uma estética neutra que permite a interpretação de diferentes maneiras. A designer de móveis Chris Liljenberg Hallstrom, por exemplo, valoriza a materialidade e a funcionalidade das suas criações, gerando uma neutralização nos seus projetos.

Móveis feitos pela designer Chris Liljenberg Hallstrom com anulação de gênero e neutralidade

poltrona_cinza

Poltrona de Chris Liljenberg Hallstrom (Foto: reprodução site oficial da artista)

sofa_cinza

Móveis priorizam materiais orgânicos (Foto: © Henrik Nielsen e Andreas Omvik)

A moda e o design desenvolvem-se a partir dos mesmos princípios, compreendem as novidades, estilos de vida, valores, atitudes do ser humano, materiais e formas. Ao mesmo tempo que um inspira no outro, eles refletem a busca pela criação de um produto crucial, o que acaba gerando conectividade entre ambos e similaridade entre as tendências, conceitos e usos.

Um evento de fashion design com influência global, como o Pitti Uomo 92, é uma fonte de inspiração para as inovações no âmbito do design em geral, a partir das novidades sobre  cores, texturas e estilos ditados nas passarelas, expositores de marcas e street style.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *