Menu
Projetos e Obras
Busca
LVR

Conteúdo Olhar criativo

Concept stores: conheça lojas que merecem sua visita mesmo sem ir às compras

03/10/2018

As lojas-conceito reúnem em um só lugar design, layout e produtos diferenciados com uma curadoria que ainda costuma sugerir determinado tema. Venha conferir a seleção de espaços nesse estilo direto da Europa que preparamos para você!

Nas últimas décadas, as concept stores surgiram pelos quatro cantos do mundo. Concentrado em fornecer variedade de produtos — com mercadorias selecionadas e uma experiência para o consumidor —, esse estilo de loja é cada vez mais comum.

A ideia vai muito além do comércio. Esses projetos incorporam bares, restaurantes, galerias e áreas de exposições que incentivam o cliente a fazer uma visita mesmo quando não quer ir às compras.

Confira a seguir uma lista com as boutiques mais interessantes da Europa!

10 Corso Como

corso_como

Fachada Corso Como

Localizada na capital do design — Milão —, a loja é pioneira quando falamos em concept store. A 10 Corso Como foi criada como um espaço funcional que une cultura e comércio. Visto como um ponto de encontro para pessoas com interesses diferenciados e com o conceito cool, o projeto de 1000m² comemora seu 27º aniversário em 2018.

LEIA TAMBÉM: Coleção-cápsula da Loewe combina natureza e estética punk

Quadrilátero do design é o novo Quadrilátero da moda

O espaço é fragmentado em livraria, loja, café, restaurante, bar, galeria e um pequeno hotel. E o que está disponível para os clientes? Muita arte, comida, música, design e a experiência de descansar em um jardim maravilhoso.

Café dentro da 10 Corso Como (Foto: reprodução site 10 Corso Como)

Luisa Via Roma

Também na Itália, LVR é uma renomada multimarca localizada em Florença, próxima ao ponto turístico principal da cidade, a catedral de Santa Maria del Fiore. A fascinante boutique vende produtos de célebres grifes do mundo inteiro nos seus três pisos, mas também está disponível on-line.

Loja Luisa Via Roma em Florença (Foto: Luiza Vegini)

A arquitetura da loja é limpa, os pisos em concreto contrastam com os expositores brancos e em acrílico. Os pufes em veludo distribuídos pela loja remetem ao estilo ”the new modern”, muito visto no design atualmente. Em perfeita sincronia, eles estão intercalados com a icônica cadeira do arquiteto Frank Gehry. Com uma vitrine sempre interativa, em uma das ruas mais badaladas da cidade, LVR chama a atenção de todos que caminham pela região.

Luisa, a fundadora, era uma amante de chapéus e abriu sua primeira loja no centro de Florença no final dos anos 20. Em 1968, Andrea Panconesi, sobrinho de Luisa, conhece um japonês inovador e vanguardista. E foi assim que KENZO começou a fazer parte da história da LVR, a primeira loja na Europa a apresentar a coleção Outono/Inverno 1968/69 do estilista japonês. Foi uma escolha corajosa que ainda distingue o espírito de Luisa Via Roma, que sempre se concentrou na busca constante de talentos emergentes. Naquela época, muitas das grandes marcas de hoje ainda estavam dando seus primeiros passos no mundo da moda.

Restaurante no terraço da loja (Foto: Luiza Vegini)

Mobiliário_Patricia_Urquiola

Mobiliário assinado por Patricia Urquiola (Foto: Luiza Vegini)

No terraço do projeto, um restaurante descontraído oferece uma culinária saudável e natural, com peças de mobiliário externo assinadas por Patricia Urquiola.

Dover Street Market

Em Londres, a loja distribuída em cinco andares apresenta roupas, acessórios e sapatos das grifes mais renomadas do mundo. Elas criam seus próprios espaços para expor os produtos, formando diversas “vitrines” diferenciadas que trazem a identidade de cada marca.

expositores_dover

Os diferentes expositores e instalações artísticas na loja (Foto: reprodução site Dover Street Market)

Cada espaço da loja é diferenciado conforme a marca (Foto: reprodução site Dover Street Market)

A Dover também apresenta obras de arte contemporâneas espalhadas pelos corredores. Com outras sedes pelo mundo (uma em Nova Iorque e outra em Tóquio), a loja carrega o mesmo conceito inovador e singular onde quer que se instale.

São diversos expositores pela loja (Foto: reprodução site Dover Street Market)

Fashion Clinic

São quatro lojas espalhadas por Portugal, mas falaremos aqui da principal delas. A sede da Av. Liberdade, em Lisboa, é definida como um espaço luxuoso, porém descontraído. O projeto é marcado pelos seguintes materiais: mármore, madeira e detalhes em dourado e bronze.

interior_fashion_clinic

Os materiais utilizados na loja: mármore, madeira e detalhes em dourado (Foto: reprodução site Fashion Clinic)

Contraste dos materiais com os produtos da loja (Foto: reprodução site Fashion Clinic)

O foco da Fashion Clinic são as roupas das grifes de luxo. Mas, além delas, há produtos voltados para um lifestyle cosmopolita, como CDs, velas, fragrâncias exclusivas e livros.

A concept store de Portugal da Fashion Clinic (Foto: reprodução site Fashion Clinic)

Os famosos macarons da parisiense Ladurée foram os escolhidos para quem deseja saborear algo durante as compras. Isso mesmo, a marca ganha um espaço exclusivo dentro da loja: um salão de chás.

Além dos maravilhosos doces franceses, a loja dispõe de um restaurante, bar e uma área de banheiros que remete a uma pista de dança — com cabine de DJ —, e vira um ambiente um pouco mais agitado durante os fins de semana.

As concept stores são uma afirmação de que o mundo do design está completamente interligado. Moda, arte, arquitetura e gastronomia se encontram em espaços atrativos e surpreendentes!

Gostou da seleção? Compartilhe com a gente suas experiências com esse estilo de boutique!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *